Opa, um episódio interessante.

Após muita relutância e eu achar que a série estava se perdendo, Outcast finalmente ressurge com um episódio interessante e respondendo algumas questões (mas claro, como não poderia deixar de ser, deixando outras em aberto).

O episódio de hoje focou nos relacionamentos e no surto de Anderson, já que no episódio passado ele foi atacado por um homem misterioso que aparentava ser o próprio diabo. Então, vamos começar falando dele. Anderson durante esse episódio se comportou de forma atordoada mas persistiu até o momento da celebração ao dia da lembrança. Em certo momento do episódio, ele vai até uma barbearia e se encontra com o misterioso homem… Mas, esse homem mesmo agindo de forma estranha, me pareceu não compreender totalmente aquela situação. Bom, Anderson após seu discurso, surta ao ver a marca do pentagrama pichada na estatua que usaram para fazer a homenagem. Anderson então começa a dizer que há um grande mal cercando todos ali, e acusa o misterioso homem, que estava ali presente, de ser o diabo, mostrando por fim a marca que ele fez em seu peito. Para mim, o mal que havia ali dentro daquele homem saiu, e possivelmente se manifestou naquele garoto que encarou o reverendo algumas vezes durante esse episódio. Seria bem compreensível pensar que por ele ser o ser mais poderoso, poderia fazer tal ato sem deixar rastros.

426380

Megan finalmente ‘descobriu’ que Mark espancou Donnie. Sua reação ao saber disso foi bem controversa, mas é algo bem delicado, pois ela foi estuprada por Donnie, mas mesmo assim algo ainda a faz se “culpar” por certa forma e simplesmente ela não aceitou a atitude de Mark. Achei uma cena bem morna, mas estou curioso para saber qual será a atitude de Megan nos próximos episódios, diante dessa revelação.

426036

Para finalizar temos Kyle, que me surpreendeu nesse episódio por se manter atento e com as reviravoltas em sua relação com Allison. Descobrimos um pouco mais sobre o incidente que Kyle viveu em seu trabalho, que ocasionou na morte de vários trabalhadores. Aparentemente, um demônio havia possuído um de seus parceiros, tanto que quando Kyle cumprimenta seu amigo, ele logo sente dor, provando estar possuído. A mesma coisa acontece durante a homenagem. Kyle toca na mão de uma mulher, que se “queima” e aponta estar possuída. Com isso, não sabemos muito bem se essas ocorrências são efeitos passageiros, ou algo do tipo, pois fica o questionamento de porque o mesmo efeito não ocorre com Mildred?

426039

Já sobre a relação de Kyle com Allison, um fato estranho me ocorreu. Allison já havia sido possuída, mas algo ou alguém conseguiu tirar o demônio de dentro dela, o que só resta a opção de ser a própria filha deles. Talvez ela tenha herdado os poderes de Kyle, mas ainda resta a duvida, de como nenhum resquício ficou em Allison? Tudo ficou um pouco confuso para mim, ainda mais com a partida de Allison, com isso não sabemos o que poderá acontecer com ela.

Bom, eu gostei bastante desse episódio, e espero que a série termine com o nível assim (para melhor). Nos vemos na próxima pessoal. Ps: Kyle é muito gato socorro hahaha

Ricardo Souza
Ricardo Souza

Hello, it's me... Rick, a pessoa que vos escreve com capricho e zelo (talvez sim, talvez não, nunca saberão). Estudante, aspirante e perseverante (esse ultimo adjetivo foi só para rimar). Ama escrever, e por consequência é estudante de Letras/Libras. Aqui no Panelas faz de tudo um pouco, séries, realitys e premiações.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: