Posts Populares

Outlander – S04E02 – Do No Harm
Estou despedaçado, dilacerado, quebrado!

É exatamente de episódios como esses que precisamos para compreender o que foi a escravidão e como isso continua afetando a vida de tantas pessoas negras em todo mundo até hoje. Em tempos que cotas para negros e racismo são vistos como mimimi por parte da população episódios como esse relembram a todos o que aconteceu não a muito tempo atrás.
Seguindo uma linha de raciocínio até chegarmos ao final onde vamos falar um pouco mais do quão maravilhoso esse episódio foi. Desde a chegada de Claire e Jamie a Carolina do Norte estamos vendo como os dois seguem resistentes a serem donos de escravos. Entretanto a sua pele branca e o fato de Jamie ser parente de Tia Jocasta acaba levando os dois para o meio de todo o caos.
Como parte da calorosa recepção em River Run, Tia Jocasta decide organizar uma festa para apresentar seus visitantes a sociedade local. Os eventos que permeiam a festividade mostraram uma relação de respeito e nervossísmo entre Josasta e Claire. Durante a prova de um vestido Claire não mede papas na língua para defender o fim da escravidão, para Jocasta aquela ideia soa um pouco absurda mas no fim ela relaciona as atitudes de Claire com a personalidade descrita nas cartas que Jenny lhe enviou.
A festividade acabou servindo para revelar algo meio que óbvio, Jocasta que não tem filhos, marido ou familiares próximos de primeira geração resolve nomear Jamie como seu herdeiro. Jamie e Claire passariam então a administrar os negócios de River Run incluindo os 152 escravos que trabalham na propriedade. E ai começou toda a tristeza, como Claire e Jamie poderiam ser donos de escravos? Principalmente Claire que teve relações fortíssimas no futuro com seu amigo Joe Abernaty um dos primeiros estudantes negros de medicina quando ela era uma das primeiras mulheres e ambos enfrentando rotulações e barreiras para mostrarem todo seu potencial.
Descobrimos então o quão dura e rígidas são as leis para os negros naquela época. Se Claire e Jamie quisessem libertar eles os negros teriam que ter feito algo sensacional como salvar uma vida branca e ainda assim a liberdade envolveria custo incalculáveis e levaria a discussões com poderosas vozes da Carolina do Norte que nas entrelinhas ficou claro para todos, mexer com essas pessoas só te levaria a morte.
O destino foi cruel e logo de cara levou Claire e Jamie para socorrem um dos capangas que foi atacado por um dos escravos. A chegada foi cruel, vimos um jovem negro pendurado pelo pescoço com um gancho afincado em sua barriga gritando de dor. A única reação possível de Claire foi socorrer o garoto, Jamie usou a arma que tinha para ajudar e ambos resgatam o garoto temporariamente.
O escravo é levado a casa grande onde Claire as pressas faz uma cirurgia e consegue salvar o jovem garoto entretanto ela é avisada que pode talvez ter salvo o garoto mas talvez tenha o entregado a um destino ainda pior. Os conflitos seguintes levam a uma das sequências mais tristes que já assisti em uma série, as cenas onde Jamie fala com Claire sobre ela matar o garoto para ele não sofrer todas as dores do que o enforcamento e toda tortura poderiam lhe causar.
Claire então prepara um chá misturado com veneno e entrega ao jovem para ele beber. Descobrimos mais de sua história, de sua irmã e de como eles costumavam se divertir. As cenas seguintes revelam Jamie e Claire ainda atormentador e fazendo uma pequena oração antes de entregar o corpo do garoto aos selvagens que ameaçavam queimar River Run. Com o coração partido e com muitas reflexões após esse HINO de episódio eu me despeço hoje. E vocês o que acharam pessoal?

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

Amado por 30 milhões de Brasileiros! Paulista, Canceriano, 25 anos, Químico e atualmente faço Doutorado em Biotecnologia e Polímeros. Me achou nerd neh? Sou mesmo! Amo uma boa banda alternativa/indie, fã número 1 de Imagine Dragons e adoro perder um bom final de semana maratonando séries! P.S. Sou bêbado também gente, me chama para uma cerveja e para falar de série!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries