Posts Populares

Outlander – S04E11 – If Not For Hope

Eu amo um homem.

Esse episódio serviu para comprovar que por mais que eu algumas personagens além de Jamie e Claire nessa série, não tem nenhum que eu ame mais que Lord John Grey depois do meu casal, claro. Gente, que homão da p*rra! Já tive meus rancinhos com ele, até nessa temporada mesmo que ele fica doente e fala umas coisas desnecessárias pra Claire, mas no mesmo episódio eu já perdoei ele imediatamente. E eu adorei que esse episódio foi bem focado nele, mostrou até a vida sexual do rapaz, credo que delícia! 😛
Eu adorei esse episódio por conta de diversos aspectos e um deles foi justamente a presença bem marcante do meu Lord.

Por mais que eu tenha adorado o episódio, tiveram momentos que doeram mais que um tiro como, por exemplo, quando Claire e Jamie estavam ressentidos e longe um do outro, Ian me representou totalmente quando disse pra Claire que vê-los sofrendo assim era muito triste pra ele. Acho que ele representou 100% do fandom ali, porque ver a dor no olhar do meu amorzinho Jamie e a mágoa no olhar da diva Claire e ainda vê-los lutando com todos esses sentimentos “separados” foi doloroso demais. E Ian pode se orgulhar porque foi justamente por causa dele que Claire resolveu conversar com Jamie e abriu seu coração, fazendo com que ele abrisse o dele também e tudo voltasse a ser como era: parece que foram grudados com cola. Me doeu bastante ver ele falando sobre como tava se sentindo em relação à Brianna e que achou que a Claire tivesse pensando que Frank valia mesmo mais a pena que ele e eu só to a Claire nesse momento: “You fool”. Eu mal posso esperar para ver a conversa/reconciliação do Jamie e da Brianna, se eu já fiquei com meu coração pequenininho e emocionada com a do casal, avaliem de pai e filha, afffff….

E agora vamos falar dos reis do episódio: Brianna e John Grey. Eu tinha pensado desde o início sobre eles se casarem pra salvar/ajudar a Bree, mas achei que a ideia não fosse efetivamente acontecer, mas aconteceu e eu vibrei porque eu adorei essa amizade desde o primeiro minuto, principalmente porque a Bree pisou forte nos machos que ficavam querendo “um pedaço dela” na festa. Impressionante como eu não consigo gostar daquela Jocasta, ela tem seu lado bom que ajuda a família e tal, mas acho péssimo essa forma como ela quer a qualquer custo agradar a sociedade e quer enfiar suas ideias goela abaixo das pessoas, mas como Brianna é uma Fraser de carteirinha e é tão sagaz quanto a Claire e corajosa quanto Jamie, bateu o pé e resolveu as coisas do jeito dela. Rainha né mores? E olha, sei que é meio doido o que eu vou falar aqui agora, mas por mais que eu shippe Brianna e Roger, eu dei uma shippada básica nela com o John Grey. Acho que é algo que nunca vai acontecer porque ele é apaixonado pelo pai dela e ela é louca pelo Roger, aiii mas não sei, meu coração tá balançadíssimo com eles dois e como o próprio disse, ele é bissexual e sentiu uma atração “que ele não sabe explicar” por ela, seria a semelhança com o pai ou outra coisa? Sou só eu ou vocês também ficaram balançados por esses dois?
Inclusive, um comentário a parte, naquele jantar ficou bem claro que ia rolar ou tava rolando algo do John com aquele juiz né? Depois daquele comentário da Brianna então, ficou mais claro que água. A Bree me lembrou muito o jeito da Claire, como o próprio John disse: a perspicácia e sagacidade igualzinho.
Enquanto isso, o pobre Roger sofrendo com os índios moicanos, meu Deus… o pobi não pára de apanhar e de se ferrar inteirinho, eu espero que os Frasers encontrem logo ele porque o bichinho tá apanhando demais. Tudo indica que eles estão perto né? Vamos torcer!

Comentários aleatórios do episódio: toda vez que temos cenas em River Run, eles dão um jeito de bater na tecla do racismo e dessa vez foi quando Brianna resolveu desenhar a Pheadre e a mãe do juiz comentou que ela poderia desenhar algo muito mais bonito que negros, deu pra sentir daqui o impacto da indignação da Bree e do soco no estômago que o Ulysses, o escravo pessoal da Jocasta, sentiu. É muito triste pensar que apesar de tudo que passamos, isso ainda existe na nossa sociedade e fico feliz de Outlander sempre dar um jeito de combater preconceitos mesmo com uma série de época.
A outra coisa é que eu mal posso esperar pra ver o que Murtagh vai aprontar com o Bonnet, tenho certeza que ele não vai ficar preso por aqueles americanos babacas ou… espero que não fique, oremos!

Vamos ver o que o próximo episódio nos guarda, eu tô mega ansiosa pra saber o que tinha naquela carta do Jamie pra Bree que eles fizeram o favor de não mostrar e pra ver todo o desenrolar dessa gravidez dela, da história do Roger, dos reencontros, socorro! E pensar que falta tão pouco pra acabar :'(
Comentem aí embaixo o que acharam e vamos trocar figurinhas!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Caroline Azevedo

Seriadora de carteirinha. Shipper de plantão. Friendsmaníaca. Viciada em música. Feminista. Meu sonho é ser uma Sense8 e me dividir em várias partes para conhecer esse mundão afora, tudo ao mesmo tempo, agora.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu