Posts Populares

Panela Indica #9

Indicações de Setembro no ar!

Todos os meses, nós do Panela de Séries, traremos uma série de indicações para vocês, desde séries e filmes, até livros, podcasts, músicas e jogos para celulares e video games, tentando ser o mais variado e abrangente possível.

E no Panela Indica desse mês, eu, Andy, Erik e Thais trouxemos algumas boas indicações pra todos, então bora lá!

Série: “The Boys” (Amazon Prime)

The Boys é uma série da Amazon que estreou recentemente e em pouco tempo já conquistou muita gente. A série é adaptação de uma história em quadrinhos de mesmo nome de Garth Ennis e estreou no mês de julho. Se tratando de uma história sobre heróis, a gente se pergunta se vale mesmo a pena ver ou se é perda de tempo, já que infelizmente no que diz respeito a esse gênero tem bastante coisa decepcionante. Mas The Boys é extremamente diferente, não é mostrado os heróis como personagens grandiosos, salvadores da pátria e afins, pelo menos não é esse o foco. A série traz muito uma perspectiva bem “realista” sobre a existência de super heróis, a corrupção que teria em cima disso, a representação dos heróis como figuras egocêntricas, enfim. É um cenário bem mais próximo da nossa realidade, caso tivéssemos super poderes. Tanto que, a história gira em torno de um ato muito irresponsável de um dos heróis mais famosos, e isso faz com que o protagonista, Hughie se junte a uma equipe para se vingar de todos os super heróis. Então, se você quiser uma série tecnicamente excelente, das que assiste em uma sentada só e ainda é surpreendente, pode apostar que The Boys é só sucesso.

Clique AQUI para assistir no Prime Video

Indicação por Erik

Álbum/Filme: “K-12” (Melanie Martinez)

Uma das minhas maiores alegrias de ter o prazer de indicar: Melanie! Eu acompanho essa menina desde que ela era apenas uma caloura lá na S3 do The Voice, desde então ela sempre esteve entre os meus acts preferidos. Quando ela “estourou” lá com o Cry Baby eu fui correndo garantir a minha cópia física do CD, e até hoje morro de orgulho. E por mais perfeito que o Cry Baby seja, acho que finalmente Melanie alcançou um novo patamar.

O K-12 venceu a enquete da Billboard de “lançamento mais aguardada do verão” e dai já dava pra ter uma boa noção do sucesso que estava a caminho. Com direito até a lançamento em cinemas, finalmente o segundo álbum (e filme) de Melanie tomou vida! Escutar o álbum, por si, já foi uma experiência maravilhosa! Mas dai você assiste ao filme – extremamente bem escrito e estruturado, super coeso e cheio de dedicação – e as canções, literalmente ganham vida!

A história da Cry Baby começou lá no álbum anterior e acompanhamos seu desenvolvimento pelos clipes lançados e pelo livro ilustrado. Mas agora tudo ficou mais “profissional”, tivemos a chance de acompanhar um verdadeira aventura, cheia de simbolismos e mensagens importantes (tanto pessoais da Melanie, quanto inquietações sociais). Eu não quero entregar muito, mas só posso dizer que a obra está extremamente bem feita e que todos esses anos de espera mais do que valeram a pena!

Clique AQUI para ouvir no Spotify / Clique AQUI para assistir no YouTube

Indicação por Luana Medeiros

Álbum: “Ladrão” – Djonga

 O terceiro álbum de estúdio do rapper mineiro, é sem dúvidas, um dos melhores produtos já feitos no Brasil. Não é por acaso que o também compositor, é um dos nomes mais influentes do trap/rap atual. Seu terceiro disco é tão afiado e pontual nas críticas quanto os dois últimos. O principal ponto abordado no trabalho do artista, é o racismo no Brasil. O diferencial em “Ladrão” é que encontramos um Djonga ainda mais debochado, que brinca e tenta driblar o racismo, ele levanta a autoestima da população negra e encoraja os brancos a fazer uma autocrítica, sobre seus privilégios e a branquitude, ao mesmo tempo em que faz seus irmãos e irmãs de cor a ir em busca do sucesso. como diz na última faixa do álbum, falcão “É que eu voo alto, eu sou falcão, vamos mudar o mundo, baby, quero te dar o mundo, baby”.

Clique AQUI para ouvir no Spotify

Indicação por Andy

Música: “Meu Talismã” – Iza

Não é surpresa alguma que IZA é uma das maiores surpresas da nossa música e á podemos considerá-la uma das melhores cantoras atuais do nosso país. E também é minha cantora favorita atualmente, logo eu não podia deixar de enaltecer ela aqui. Recentemente ela lançou um novo single chamado “Meu Talismã” e meus amigos… Que coisa maravilhosa. A música tem uma letra linda, o clipe é incrível e cheio de referências e começa com uma introduçãozinha maravilhosa da Iza. A fotografia do clipe não tem defeito, a voz de Iza também a gente não precisa nem comentar aqui, né? Pois é só perfeição, meu pai. Enfim, a música é incrível e eu tenho certeza que vocês vão gostar.

Indicação por Erik

Álbum: “Lover” – Taylor Swift

O sétimo álbum em estúdio da Taylor Swift chegou para mostrar que a old Taylor não apenas está viva, como também está completamente apaixonada! Apaixonada pelo boy, pela mãe, pelos amigos, pela vida e, principalmente, por ela mesma.

Vemos a ARTISTA dar um shake it off em toda a negatividade que estava rondando sua vida há anos e que foi pauta de boa parte do “reputation”. Podemos destacar o retorno das belas composições, onde podemos exaltar a capacidade de criar letras que as pessoas conseguem se identificar tão facilmente.

“Lover” chegou para conquistar o coração de todos falando de amor, de todos os tipos de amor. E era disso que a gente precisava! Podemos destacar as faixas: “Cruel Summer”, “Lover”, “The Man”, “Miss Americana and The Heartbreak Prince”, “Cornelia Street” e “Afterglow”.

Clique AQUI para ouvir no Spotify

Indicação por Thaís

Artista: Ororo

O trap é um estilo musical que só faz crescer em todo o mundo, nos Estados Unidos, um dos maiores centros da indústria musical, o estilo já domina as paradas musicais mais importantes do país. No Brasil, a vertente do rap já é uma realidade, o gênero já influencia diversos outros e não falta muito para ganhar de vez o mainstream brasileiro. No nordeste, o trap tenta se encontrar, tanto em sua raiz de origem, como em unir essas origens as influências dos estilos musicais nordestinos que são referências a esses artistas, mesmo que de forma subjetiva. Ororo está nesse cenário, sendo resistência em diversos âmbitos, hora por ser uma mulher negra num espaço ainda predominado por homens, assim como por ser uma nordestina fazendo trap. Seu nome artístico com referência a personagem fictícia dos quadrinhos da Marvel “Tempestade/Ororo”, que se auxiliam as referências estéticas da cantora recifense contribuem para reforçar a verdade em que ambas trazem ao mundo, mulheres negras são divindades da natureza em sua mais profunda essência. Além do primeiro, e maravilhoso, single “Balmain”, o qual Ororo mostra todo seu poder e potencial, contando as nota de cem, as quais ela conseguiu com o próprio trabalho, a cantora ainda nos presenteou com um remix genial de “Where Have You Been”, da nossa revendedora de maquiagens mais lendária, Rihanna. A música se transformou na voz e roupagem adotadas por Ororo, é uma experiência completamente nova, principalmente para os fãs de Riri. 

Indicação por Andy

Série: “Station 19” (ABC)

A gente fica sempre com um pé atrás quando se trata de spin-offs, mas aqui eu trago pra vocês um exemplo de um muito bem feito, que carrega as raízes da série original mas que não deixa de ter sua originalidade. Station 19 é um spin- off de Grey’s Anatomy e foca em uma equipe de bombeiros de Seattle. Assim como Grey’s, Station é eletrizante, vários episódios que nos deixam com o coração saindo pela boca. Além de personagens cativantes, com personalidade e bonitos rsrs. Além do mais, a série é bem mais curta e não possui aqueles 829293 episódios por temporada, inclusive as duas primeiras estão disponíveis na Netflix, é só assistir lá. Só tomem cuidado pra não tomarem spoiler de Grey’s que às vezes isso acontece haha. Se você ama Grey’s Anatomy assim como eu, também vai amar essa.

Indicação por Erik


Fique atento, pois o Panela Indica vai ao ar todo segundo sábado do mês. E se você tiver alguma indicação bem bacana e quiser usar esse espaço aqui também, entre em contato com o site pelo email ou pelas nossas redes sociais: FacebookInstagram Twitter.

 

Talvez Você também goste de...

09.11.2019 Panela Indica #11
12.10.2019 Panela indica #10
11.08.2019 Panela Indica #8

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luana Medeiros

Imagine só que um dia me foi perguntado quem eu era, e juro, até hoje não sei responder. Mas os fatos são: tenho 21 anos; sou de escorpião; amo meu cachorro e meu gato mais que tudo; estudo Rádio/TV/Internet, ouço Maroon 5; piro no Adam Levine; consigo colocar os pés atrás da cabeça; e - contraditoriamente - por fim, nasci de 7 meses.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries