Posts Populares

Panelaço: Filmes e Séries Sobre Saúde Mental

Estamos em Setembro! E é hora de falarmos um pouquinho sobre algo muito importante!

Oi gente! O Setembro Amarelo é uma campanha de prevenção ao suicídio, e sempre nesse período costumamos falar sobre a importância da escuta, da empatia e do cuidado ao próximo. Por isso, separamos uma lista de filmes e séries que se preocupam em abordar assuntos relevantes para a temática da saúde mental!

É importante lembrar que nem sempre estamos no melhor momento para assistir um filme, uma série, que toca em assuntos delicados para a gente. Então sejam carinhosos com vocês, e se preferirem assistam aquele filme ou série favorita, é sempre a melhor pedida 🙂

NISE – O Coração da Loucura

O primeiro filme da lista é um brasileiro e protagonizado por Glória Pires. Nise conta a história de uma psiquiatra que revolucionou o tratamento de pessoas com esquizofrenia, ao se recusar a aplicar determinados tratamentos, como o eletrochoque. O filme é uma baita lição pra todo mundo, ajuda a desmistificar o que conhecemos como loucura e é um dos melhores filmes da dramaturgia brasileira!
Onde assistir: Globoplay

Garota, interrompida (Girl, interrupted)

Esse é o nome mais antigo da lista, mas talvez o que possui o melhor elenco. Com nomes como Angelina Jolie, Winona Ryder, Whoopi Goldberg e Elizabeth Moss, o filme apresenta uma moça recém diagnosticada com Transtorno de Personalidade Borderline. No longa nós a acompanhamos em uma clínica psiquiátrica e lá ela conhece Lisa (personagem de Jolie) e sua vida muda completamente. Jolie recebeu muitos prêmios por sua atuação, e o filme é um relato baseado em fatos reais, ou seja, é uma experiência palpável da passagem de uma jovem por um local considerado hostil e perigoso. As atuações são muito boas e se você não conhece o Transtorno Borderline, vale a pena assistir!
Onde assistir: HBO Max

O Mínimo Para Viver (To The Bone)

O Mínimo Para Viver é um filme de 2017 da Netflix, estrelado por Lily Collins. A história segue a vida de uma jovem que lida com anorexia. Os transtornos alimentares, infelizmente, são muito comuns, e muitas vezes acarreta outros problemas, como a depressão. O filme é muito sensível e delicado, conta a história com muita propriedade dá margem pra muitos assuntos, como o motivo pelo qual a protagonista desencadeou o transtorno assim como problemas com a família. É uma das melhores produções da Netflix!
Onde assistir: Netflix

Euphoria

Com toda certeza vocês conhecem a melhor série que a HBO já fez! Forçadas de barra à parte, Euphoria é o grande nome atual das séries adolescentes e deu a Zendaya seu primeiro Emmy. A história de Rue é, pra mim, um maravilhoso exemplo de como tratar questões de saúde mental, como vícios e depressão, durante a adolescência. Ignora exageros e procura ao máximo contar a história da melhor forma possível. Além disso, também perpassa por assuntos diversos e aborda diferentes perspectivas da vida adolescente. Se você ainda não viu, corre antes que saia a segunda temporada!
Onde assistir: HBO Max

Atypical

Atypical acabou de ser finalizada e é uma das queridinhas da Netflix, e com mérito. Hoje, há muitas produções que se preocupam em tratar sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA), mas pra mim Atypical brilha ao não fazer disso seu carro-chefe. Na série vemos Sam, um jovem com a Síndrome de Asperger (um grau leve de autismo), tendo relacionamentos, problemas que sofremos durante a adolescência e ainda nos ensina muita coisa. É um grande exemplo de como não patologizar determinadas situações e demonstrar um adolescente autista sendo simplesmente um adolescente.
Onde assistir: Netflix

Objetos Cortantes (Sharp Objects)

Objetos Cortantes é uma minissérie estrelada por Amy Adams, que interpreta uma mulher que enfrenta problemas psicológicos, o que acaba fazendo com que ela fira a si mesma (fato que dá nome a série). O que acho interessante aqui é que há muito julgamento em torno da personagem, é uma boa reflexão para pensarmos como tratamos determinados assuntos no dia a dia. Mas, talvez este seja o nome da lista que eu reforce mais o que eu disse lá em cima: assista com cuidado!
Onde assistir: HBO Max

Menção Honrosa
Modern Love – S01E03 – Me aceita como Eu Sou, Quem Quer que Eu Seja

Pra mim, é o melhor nome da lista! Eu poderia facilmente ter colocado anteriormente, mas como é apenas um episódio, decidi colocar como menção honrosa. Modern Love é uma série antológica a qual conta, em cada episódio, uma história de amor diferente. É inspirada por uma coluna do The New York Times! O episódio em questão, o terceiro da primeira temporada, conta a história de Lexi (Anne Hathaway), uma mulher que sofre de Transtorno Bipolar. A história é simplesmente linda, a maneira como conseguiram abordar a bipolaridade foi genial; o episódio ao mesmo tempo que é triste, é também bonito e inspirador. Anne está impecável como sempre, e além da narrativa muito bem contada, é uma lição sobre esse assunto que ainda é muito pouco difundido da maneira correta. Como uma pessoa que convive com uma pessoa bipolar, posso dizer que há muita verdade e vale muito a pena assistir. Prepare o lenço!
Onde assistir: Prime Video


Obrigado por acompanharem a lista até aqui. E lembrem sempre de procurar ajuda quando necessário!

Centro de Valorização da Vida – 188
Disponível 24 horas por telefone e no seguinte horário por chat: Dom – 17h à 01h, Seg a Qui – 09h à 01h, Sex – 15h às 23h, Sáb – 16h à 01h

gostou da matéria? deixe um comentário!

Erik Lacerda

Paulista, 17 anos, não bebo mas rola um cantinho do vale de vez em quando (ou é cantina? não sei). Amo comentar sobre tudo o que assisto porém nenhum amigo meu tem paciência pra me ouvir falando besteira sobre GOT, Grey's e How I met Your mother, por isso estou aqui.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries