Posts Populares

Panelaço: Filmes mais esperados de 2019

2018 mal acabou e 2019 já chegou deixando a gente bastante ansiosos pros filmes que tão por vir. A equipe do Panela escolheu alguns que chamaram mais a nossa atenção e que certamente vão atrair uma multidão pros cinemas do mundo todo.

Vidro (Glass) – 17 de janeiro
Corpo Fechado é um baita filme. A história do cara meio invulnerável que foi forçado a ser herói pelo vilão que era todo quebrado tava completa, não precisava de uma continuação. Aí o Shyamalan começou a fazer uma sequência de filmes péssimos (Depois da Terra, tô falando contigo mesmo) e a quando saiu Fragmentado quase ninguém deu muita bola, num primeiro momento. E a história do cara que tinha 23 personalidades totalmente distintas também parecia meio terminada, talvez precisando de uma continuação que não teria muita reclamação se não viesse. Mas aí, na cena pós-créditos, a gente descobre que tá tudo interligado, quase um lance meio MCU, com o personagem do Bruce Willis deixando claro que tá tudo no mesmo universo. E Vidro vem aí, dia 17 de janeiro, pra mostrar qual a relação entre David Dunne, Kevin e Elijah Price, o tal Glass do título.

Capitã Marvel (Captain Marvel) – 7 de março
Por mais que tenha gente que não goste (eu particularmente amo), Hollywood virou esse lugar que é recheado de filmes de heróis. E, querendo ou não, eles tão aí pra ficar. Mas eles deixaram de ser filmes sem propósito, sem utilidade, um puro e simples blockbuster; recentemente Pantera Negra e Mulher Maravilha vieram pra provar que representatividade é necessária e muito importante. Nessa mesma onda, Capitã Marvel vem aí pra ser o primeiro filme estrelado por uma heroína na Marvel que também vai ser a personagem mais poderosa do rolê todo. Além do filme se passar nos anos 90 e mostrar um Nick Fury mais jovem, a obra vai ter que explicar por onde andou Carol Denvers por todo esse tempo e de que forma ela vai se juntar aos Vingadores.

Nós (US) – 21 de março
O mundo já conhece o Jordan Peele e sabe que ele manja desse lance todo de fazer filmes e criar roteiros incríveis; o Oscar que ele ganhou por Corra! ajuda a provar meu ponto. Aí ele resolveu fazer um filme sobre o qual não se sabe muito, mas o trailer que saiu serviu pra explicar algumas coisas e pra deixar uma sensação incrível que é um misto de desconforto e muita vontade de ver o que ele inventou dessa vez.

Vingadores: Ultimato (Avengers: Endgame) – 26 de abril
Não dá pra fazer uma lista de filmes de 2019 sem falar desse, que é o mais aguardado de todos. O que diabos aconteceu depois do estalar de dedos do Thanos? O que aconteceu com todos as pessoas que desapareceram? Quem vai morrer dos Vingadores originais? A gente sabe pouca coisa até agora (Oi, Ronin, tudo bom?) e as expectativas tão lá em cima como quase nunca tiveram na história do cinema. Todo dia surge uma teoria nova envolvendo o Homem-Formiga, viagem no tempo, joia da mente, futuros que o Doutor Estranho viu e por aí vai. Mas abril nem é tão longe assim, então vai dar tudo certo, certamente vai.

Toy Story 4 – 20 de junho
Eu não entendo qual a necessidade de um novo Toy Story. Sério, de verdade. Eu já chorei mais do que era possível no final do 3, não tem porque trazer mais tristeza pra vida das pessoas, sabe. Mas enfim, o Wood e o Buzz tão de volta, depois do Andy ter doado eles pra uma criança que iria realmente utilizar eles. E por que esse filme é um dos mais aguardados? Toy Story, né gente. E a história também parece ser bem interessante.

Homem-Aranha: Longe de Casa (Spider-Man: Far from Home – 4 de julho
Como primeiro filme depois de Vingadores 4, esse filme já vai ter um peso imenso. Somado a isso, é o Homem-Aranha, o Amigão da Vizinhança, nas mãos da Marvel, e a gente sabe que isso é sinônimo de sucesso. Pelas imagens e trailers, dá pra ver que parte da história vai se passar na Europa e o vilão Mysterio já tá confirmado, fora a presença do Nick Fury. Tá rolando uma teoria de que o filme se passa antes de Guerra Infinita, mas a gente só vai saber disso na estreia.

Rei Leão (Lion King) – 18 de julho
O texto desse filme podia ser só o título e já seria suficiente. Mas aí é live action, tem o Donald Glover (Childish Gambino <3) e a Beyoncé dublando. Tem todos os ingredientes pra dar certo e por mais que uma discussão bastante idiota sobre o conceito de live action esteja rolando, é só seguir o exemplo dos últimos filmes que a Disney resolveu lançar que vai dar tudo certo. Hakuna Matata!

Once Upon a Time in Hollywood – 15 de agosto
Quentin Tarantino. Leonardo DiCaprio. Brad Pitt. Margot Robbie. Al Pacino. Isso tudo aí junto pra contar a história dos crimes feito pelo culto do Charles Manson. Não precisa de mais nada, né?

Coringa (Joker) – outubro
Mais um filme de herói na lista. Mas, ao que tudo indica, esse parece ser diferente dos outros. A história do Coringa por si só é bastante confusa, sem uma confirmação oficial da DC de qual é a origem oficial dele. E o que esse filme vai fazer? Contar uma outra versão, sem nenhuma ligação (aparente) com o resto dos filmes e séries que eles vêm fazendo. E vai ter o Joaquin Phoenix como Coringa e o Robert de Niro dando o ar da graça.

Star Wars – Episódio IX – 19 de dezembro
O final da trilogia. Será que a Rey vai pender pro lado negro ou vai conseguir trazer o Kylo Ren de volta? E o que vai ser da resistência agora que o Luke sumiu? E vai ter alguma cena com a Leia? São só perguntas que a gente adoraria ter a resposta, mas vai ter que esperar até dezembro pra descobrir.

Menção honrosa – The Irishman – sem data definida
Filme novo do Scorsese vai adaptar a história real de um livro, O Irlandês: Os Crimes de Frank Sheeran a Serviço da Máfia, e além de ser uma história de mafiosos, vai ser lançado pela Netflix. Tem todos os ingredientes pra ser ótimo e, ao que tudo indica, vai ser mesmo. Também, com Robert De Niro, Al Pacino e Joe Pesci, tem como não dar?

gostou da matéria? deixe um comentário!

Rafael Augusto

Um hiperativo que não sabe viver sem ler, escrever, ouvir música, ver séries e filmes, geralmente tudo ao mesmo tempo. Fã de ficção científica, suspense, Stephen King e histórias em quadrinhos.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries