Posts Populares

Panelaço: Melhores vencedores do BBB

21 edições, 20 campeões.

O maior reality brasileiro estreou em 2001 e já se foram 21 temporadas de programa e junto com ela diversos vencedores. Há diversos programas em que sua fórmula já é tão batida que sempre é o mesmo estilo de vencedor, mas por sempre trazer dinâmicas completamente diferentes e elencos muito diferenciados, o BBB tem um hall de vencedores bastante diverso e surpreendente. Diferente da A Fazenda que tem uma pegada mais trash, o BBB preza por boas histórias bem similares a novela e justamente esse será meu parâmetro para esse ranking, vencedores que conseguiram fazer com que sua história se sobresaísse sobre qualquer outra, afinal se bem feito, essa é a fórmula certeira para vitória.

5° Lugar – Gleici Damasceno (BBB 18)

 

Essa aqui foi uma história de superação linda de acompanhar, a acreana tímida chegou no BBB sem fazer muito alarde e sendo diminuída por muitos na casa, aos poucos foi conquistando aliados e o público com seu jeito doce. Eu não entendo muito quem chama até hoje a Gleice de planta, ela combinou voto, se comprometeu, brigou, formou casal e fez história, acho que esse título veio por ter uma personalidade um tanto passiva, mas ainda assim ela foi protagonista não só do jogo, mas também de conversar importantíssimas dentro da casa como colorismo e também foi a única pessoa que venceu um paredão falso e ganhou.

4° Lugar – Diego Alemão (BBB 7)

Foi o primeiro e único “galã” a ganhar o BBB, isso porque foi o perseguido, mas a história desse vencedor é diferente, a história contada nessa temporada foi a de amor. Um triângulo amoroso icônico foi criado aqui, Alemão, Siri e Fani protagonizaram cenas que conquistaram o Brasil, mas o casal Alemão e Siri foi o grande destaque, os dois se apaixonaram dentro da casa, mas não se beijaram, pois ela tinha alguém aqui fora e infelizmente eles acabaram indo parar em paredão juntos o que levou a eliminação de sua amada, a partir daí a vitória já era certa e Alemão derrubou um por um do quem o público havia achado que atrapalhou o casal.

3° Lugar- Emily Araujo (BBB 17)

Para muitos essa lista acaba de se tornar mais tóxica que Chernobyl, mas para qualquer um que encara o BBB como entretenimento e jogo sabe que a Emily foi uma das melhores jogadoras a já pisar ali, fez com que todos os plots girassem em torno dela (jogo muito similar ao da Juliette), isso fez com que uma parte do público pegasse ranço dela, mas adquiriu uma torcida fiel que fez ela campeã. A trajetória de Emily teve uma curva pesada através do seu relacionamento dentro da casa, ela foi vítima de inúmeras agressões psicológicas, que chegou ao ponto de seu companheiro precisar ser expulso. Emily tem um caráter um tanto duvidoso, mas bato palma para tanta inteligência que foi o seu jogo.

2° Lugar – Jean Wyllys (BBB 5)

Esse é um dos BBB’s que eu menos gosto, isso se deve apenas ao fato de como a edição entregou a temporada, Jean é gay e nordestino, sofreu muito preconceito na casa e ele e seu grupo foram atacados pelo vilão Dr. G, ou seja, uma ótima, porém batida história, o problema mesmo veio em como a edição que deixava explicito quem era os vilões e os mocinhos, chegando a fazer VT deixando bem claro de que lado o público deveria estar e que jogar não era correto. Mas isso não é o assunto daqui, a verdade é que o Jean construiu uma linda história de superação e se não me engano foi a primeira vez que o Brasil havia ficado do lado de um LGBTQIA+, sua vitória foi e é essencial até hoje.

1° Lugar – Maria Melilo (BBB 11)

 

Maria Mariou é a maior representação do que é um campeão que o BBB quer, conseguiu da maneira mais carismática possível criar uma novela com início, meio e fim. Maria começou o BBB apaixonada por MauMau e de inicio formaram um casal, mas o rapaz deixou o preconceito pela sua profissão falar mais alta e começou a esnobar a moça, Maria após muitos foras com a ajuda de Diana e seu livro começou a se empoderar e quando finalmente aprendeu que o seu amor próprio era muito mais importante, Wesley chega da casa de vidro e mostra para ela como uma mulher deve ser tratada. Só ai a história já estava completa, mas o público decidiu trazer MauMau de volta para mexer com o coração de nossa mocinha, mas provando que não iria cometer o mesmo erro duas vezes, ela opta pelo seu príncipe e os dois caminham diretamente para o top 2, com ela se consagrando como campeã. O nível do enredo dessa história se equipara com tamanha maestria que foi tour da Luiza Ambiel com raça negra, foi puro entretenimento e teve um ótimo final feliz, justamente por isso Maria Mariou é a melhor campeã do BBB.

Menção Honrosa

Gil ou Juliette (BBB 21)

O BBB 21 ainda não terminou, mas já está claro que o prêmio será disputado entre esses dois, Gil e Juliette são pessoas extremamente diferentes, mas com iguais chances de conquistar o 1,5 milhão de reais. Gil do Vigor é pura emoção, completamente intenso e descontrolado, vive todos os dias como se fosse o seu último e se entrega de corpo e alma, já Juliette é calmaria, não agride ninguém sem motivo e tenta sempre ser justa, possui o melhor jogo externo da história, ambos merecem muito.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Ives

Um carioca estudante de engenharia querendo se formar, viciado em realitys shows ao redor do mundo e que ama uma praia

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries