Posts Populares

Panelaço: Motivos para assistir Doom Patrol

Tá atrás de série nova pra assistir? Corre aqui então que eu trouxe uma indicação maravilhosa.

Quem assistiu Titans, uma das séries de herói mais badaladas atualmente, percebeu a presença de uma equipe estranha que aparece no episódio 4. Inclusive, se quiser relembrar o que rolou na série é só conferir nossas reviews clicando aqui. Pois bem, após eles serem introduzidos, logo foi anunciado que teria um spin-off e, particularmente, fiquei pensando: pra quê? E a resposta veio como um tiro na cara, porque Doom Patrol é de LONGE uma das melhores produções da atualidade e por isso vamos listar aqui alguns motivos que vão te deixar morrendo de vontade de assistir. Vem comigo aqui.

 Personagens Principais

Nada mais justo do que começar nossa lista apresentando os protagonistas da série.

Começando por Cliff, um ex piloto de corrida que após um acidente teve seu cérebro implantado em uma carcaça de robô, tornando-se Robotman.

Rita Farr: uma glamourosa atriz que teve sua carreira destruída depois de entrar em contato com uma substância, a qual fez com que seu corpo ficasse instável de maneira que dependendo de suas emoções, ela pode ”derreter” e virar uma gosma gigante. É bem doido, triste também.

Larry Trainor: Ele pilotava aviões de teste na força aérea e mantinha um caso extraconjugal com um de seus colegas de trabalho, John. Em uma de suas decolagens, Larry entrou em contato com um ser de energia radioativa e sofreu um grave acidente. O avião caiu e explodiu, Larry teve seu corpo completamente desfigurado devido às queimaduras, mas conseguiu sobreviver porque o ser de energia começou a usar Larry como seu receptáculo, assim o mantendo vivo.

Crazy Jane: Ela tem transtorno de personalidade e com isso possui MUITAS e cada uma com um poder diferente. Sua mente tem um espaço chamado ”Underground” e é como uma estação de trem, a qual em cada uma das estações mora uma das personalidades.

Vic: Sim gente. O Ciborgue está em Doom Patrol, não em Titans. Talvez o mais conhecido da lista. Vic teve partes do corpo substituídas por partes mecânica e assim se tornou o Ciborgue. É o único com título de ”herói” na equipe.

Por último, mas não menos importantes, temos o Chief. Ele quem reúne todo mundo e por causa dele temos o plot principal.

Mas porque os personagens principais são um motivo essencial para assistir a série? De fato não parece lá qualquer coisa, afinal quando vamos assistir uma série e esperamos que ela seja boa, consequentemente esperamos que os personagens também sejam bons. Mas ai é que tá, os personagens de Doom Patrol não são simplesmente ”bons” eles são INCRÍVEIS, geniais, sei lá, insira aqui uma lista infinita de elogios. Vocês devem ter percebido que todos possuem uma história triste, quase sempre com uma tragédia relacionada. Isso faz com que eles tenham uma relação única. Não são uma equipe de heróis que se reúnem com o objetivo de salvar o mundo, ou criancinhas indefesas e ajudar a tirar gatinhos de cima de uma árvore. Na verdade, eles nem sequer queriam ser uma equipe. Se reuniram apenas porque foram ajudados pela mesma pessoa, foram ”salvos” pela mesma pessoa e infelizmente/felizmente tiveram que dividir o mesmo lar. Claro que com o tempo construíram uma relação de empatia e companheirismo, mas em qualquer outro cenário eles NUNCA se conheceriam e teriam amizade, eu tenho certeza. Por isso, vocês não vão encontrar uma história de herói comum e clichê, cada personagem esconde algo único que te prende e faz você se envolver, eles não vão protagonizar cenas de ação icônicas, não estão ali pra te mostrar porque podem ser heróis, pelo contrário, eles em todo tempo provam porque NÃO servem pra ser heróis, e a graça está exatamente ai.

Larry e Rita Farr

Não poderia deixar de lado meu momento fanboy e eu tenho que enaltecer meus dois personagens favoritos da série. Rita é uma mulher extremamente inteligente, linda e mesmo com o passar do tempo nunca deixou seu glamour de lado. Inclusive, é muito interessante porque existe um contraste entre ela e sua outra versão. De um lado, temos uma ex atriz que sempre foi reconhecida pela beleza e pelo talento, de outro temos uma gosma gigante. Sim, uma gosma. É bem grotesco e às vezes nojento, mas isso pra mim é um dos pontos positivos da série. Até porque, a personagem não era exatamente desse jeito, nas HQs Rita tem o poder de alterar seu tamanho. Já na série é algo muito mais monstruoso. E a gente observa isso não só nela, mas em Larry também.

Ele é outro personagem que teve um pouco da mudanças na série. Originalmente, ele não é receptáculo de nenhuma entidade, o ser de energia na verdade é seu próprio corpo coberto por energia radioativa. Essa mudança foi, pra mim, maravilhosa. Porque durante a série Larry constrói uma relação com esse ser, um ajuda o outro e até quando ele teve a oportunidade de deixar isso de lado ele optou por permanecerem juntos. Assim como também Rita, que durante a temporada ela aprende a lidar com suas emoções, e com isso seus poderes. Essa humanização é uma das qualidades da série, porque geralmente a gente costuma romantizar super poderes, mas Doom Patrol traz, não só com esses dois, mas com toda a equipe, um lado negativo disso, um lado mais próximo da realidade.

Narrativa surpreendente

A série tem uma narrativa extremamente audaciosa. Doom Patrol possui um núcleo principal, que envolve o desaparecimento do Chief, o líder da equipe. Mas durante os episódios isso é deixado de lado um pouco, vai acontecendo um monte de coisa, os personagens são desenvolvidos, temos episódios que focam em cada um deles e conhecemos mais de cada um. Aparentemente parece um defeito, mas na verdade a série consegue amarrar perfeitamente todas suas pontas soltas, tudo é construído com um intuito, a série chega até tirar onda com a nossa cara porque há uma quebra da quarta parede. Nada acontece por acaso em Doom Patrol e além disso, a série mistura elementos de humor, drama, ação, até um pouquinho de romance também. É perfeita pra dar aquela maratonada porque eu garanto a vocês, cada episódio é um tiro de qualidade.

Vilão como condutor da narrativa

Uma das melhores coisas de Doom Patrol é que o principal condutor da narrativa não é nenhum dos protagonistas, e sim o vilão. Mr. Nobody é um antagonista carismático e super sagaz. Ele age como um ”deus” porque basicamente tem noção de tudo o que está acontecendo.É responsável pela quebra da quarta parede e em diversos momentos há um diálogo com o telespectador de maneira bastante divertida. Às vezes parece até que ele é um daqueles apresentadores de talk show e a equipe tá fazendo uma participação no programa dele.

Além disso, ele protagoniza um dos meus momentos preferidos da série, que eu não vou explicar muito pra não dar spoiler obviamente, mas basicamente é quando a série te dá um ”tapa” na cara e dá o seguinte recado: achou que eu tinha algum defeito, bebê pois eu não tenho não, eu sou PERFEITA entendeu? nenhum defeito. Foi exatamente esse pensamento que eu tinha e ainda tenho da série e o vilão é uma figurinha que colabora MUITO pra isso. Logo, se você é daquelas pessoas que gosta de torcer pro personagem malvado, vai adorar isso aqui.

Consolidação do DC Universe

Por último, é muito importante a gente destacar a maneira como Doom Patrol consolida o Dc Universe como um streaming extremamente BOM. Não é surpresa alguma e eu também nem estou aqui pra botar defeito ou alfinetar outras séries, mas sempre vemos por ai inúmeras críticas às séries da DC transmitidas pela CW. Por isso havia uma enorme expectativa em cima de Titans (a primeira série do DCU), ninguém queria que a série seguisse o mesmo rumo dessas outras.

E amigos, não seguiu. Tanto que Titans por muitos é considerada a melhor série de heróis atualmente. Mas devo dizer que, pela revista Eu da editora Vozes da minha Cabeça, a melhor série de ”herói” atualmente é DOOM PATROL. Simplesmente a série bateu o martelo e disse: pode mandar qualquer coisa DCU que todo mundo vai assistir. Doom Patrol superou Titans e acho muito difícil que outra série do mesmo streaming irá superar. Um marco meus amigos, um marco. Só quem viveu sabe. E você ai que ainda não assistiu tá esperando o que, hein?

Sem sofrimentos para assistir

Nossa lista de motivos tá quase acabando, mas eu aposto que durante a leitura vocês se perguntaram: beleza, gostei, mas onde vou assistir? Não tem na Netflix! Nem precisa, bebês, porque aqui no Panelas é assim, a gente funciona na base da pirataria e do compartilhamento (brincadeira amigos, mas é verdade). POIS ENTÃO, se você leu tudo e gostou, quer assistir a série basta clicar aqui. Nosso lindo paneleiro Lindo (vulgo Lindomar) fez uma pasta no drive com todos os episódios E legenda pra todo mundo assistir e iremos compartilhar com vocês. Já podem indicar pros amigos e mandar todo mundo ver, estamos esperando.


Pois bem, minha exaltação termina aqui e eu espero que depois disso a fanbase da série saia de 3 pessoas pra pelo menos umas 5, porque essa série precisa hitar amigos, eu peço a Deus todo dia isso. Agradeço a quem leu até aqui, e se você já assistiu e quer dar uma relembrada na série basta clicar aqui e conferir todas as nossas reviews da temporada. Aliás, a série já foi renovada pra uma segunda temporada que estreia ano que vem! Sim, vai demorar um pouquinho… mas Titans já volta logo agora dia 06/09! Então não ficaremos tão órfãos das nossas séries por muito tempo. Deixo vocês com o trailer da primeira temporada de Doom Patrol pra ficar um gostinho. Até a próxima!

 

 

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Erik Lacerda

Paulista, 17 anos, não bebo mas rola um cantinho do vale de vez em quando (ou é cantina? não sei). Amo comentar sobre tudo o que assisto porém nenhum amigo meu tem paciência pra me ouvir falando besteira sobre GOT, Grey's e How I met Your mother, por isso estou aqui.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries