Posts Populares

Panelaço: Os Melhores Filmes Estrangeiros

E vamos de conceito, coesão e aclamação

Nos últimos anos, o cinema estrangeiro vem ganhando cada vez mais notoriedade nas premiações e no gosto do público, que hoje se tornou consumidores ávidos da sétima arte. Na última edição da maior premiação do cinema, o Oscar, pela primeira vez na história, um filme estrangeiro (ou de língua estrangeira) ganhou a maior premiação da noite, a de melhor filme.

Sendo assim, decidi trazer para vocês um listinha contendo alguns dos melhores filmes estrangeiros que eu já vi. É uma lista bem variada, com filmes que vão de aventura à drama. Pega a pipoca e venham conferir os incríveis filmes listados abaixo. 🙂

6º – “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” – França

E temos aqui um grande filme que marcou uma geração e que com certeza colocou o cinema internacional em evidência. Amélie Poulain é um filme francês de comédia romântica. Na história, acompanhamos Amélie em sua jornada, após descobrir uma misteriosa caixa em seu apartamento. Ela então começa a procurar o dono para devolver a caixa, e a partir daí vemos uma mudança de perspectiva e de experiências que mudam a vida de Amélie. Esse filme é muito lindinho, vale muito a pena você dar uma conferida nele.

5º – “Irreversible” (Irreversível) – França

Eu trouxe essa indicação, mas já deixo um alerta que esse filme não é um filme para todo mundo, ele é extremamente pesado e o propósito dele é justamente provocar e incomodar o telespectador, tornando essa uma experiência ‘irreversível’. O filme conta a história de Alex (Monica Belluci), que é violentamente estuprada. Seu noivo e seu ex-namorado, após descobrirem, saem durante a noite em busca de vingança. O filme além de ser interessante por conta de sua provocação, também possui outros aspectos que salientam a profundidade do mesmo, como por exemplo, o filme é contado em uma ordem cronológica inversa, ou seja, o filme se passa de trás para frente. Além disso, temos diversos aspectos visuais colocados justamente para provocar uma terrível sensação em nós, como efeitos de luz que piscam intensamente e sons extremamente altos e agudos. Vale a pena, mas fique ciente que essa é uma experiência bem tensa!

4º – “A Viagem de Chihiro” – Japão

Uma das animações de maior prestígio da história do cinema, “A Viagem de Chihiro” é um filme japonês que conta a história de Chihiro Ogino, uma jovem menina que se vê perdida em um mundo mágico, e precisa sair em uma grande aventura para conseguir resgatar os seus pais e escapar daquele misterioso lugar. O filme é incrivelmente mágico, sensível e aborda questões culturais de forma muito bonita. A obra conseguiu ganhar grande notoriedade, se tornando o segundo vencedor da categoria “melhor filme de animação” do Oscar. Veja esse filme, você não vai se arrepender!

3º – “Parasite” (Parasita) – Coreia do Sul

O filme que foi o motivo dessa lista ser criada, “Parasita” se tornou um fenômeno mundial no final de 2019 e início desse ano, após suas numerosas conquistas, e claro, o grande feito de vencer as principais categorias do Oscar, incluindo a de Melhor Filme, se tornando assim o primeiro filme estrangeiro a conseguir esse feito em 92 edições. Toda a credibilidade do filme não é em vão, esse filme é uma aula de como usar os símbolos para a construção da sua narrativa. O retrato da desigualdade social que a obra aborda é marcada pela construção desses símbolos, além do uso de estratégias de produção (como ângulos e enquadramentos) para destacar ainda mais essa narrativa. Esse é um grande filme que merece todos os louros que recebendo e ainda recebe. Se você ainda não assistiu, corre, pois você está perdendo uma verdadeira obra de arte.

2º – “Roma” – México

E temos aqui um dos meus filmes favoritos de todos os tempos. “Roma” sintetiza a simplicidade, mas coloca sob evidência um drama real e muito bonito. Alocado nos anos 1970, o filme é um excerto semi-autobiográfico na Cidade do México, que discorre a vida de uma empregada doméstica numa família de classe média. Adentramos as relações de poder, compreendemos o afeto e torcemos pelo final feliz ao acompanhar a vida de Cleo. Esse filme é uma grande obra, com uma fotografia impecável, uma direção muito íntima e honesta vinda de Alfonso Cuarón, e ao final, nosso coração fica quente e confortável. Sério, vocês precisam ver esse filme!

1º – “Portrait de la Jeune Fille En Feu” (Retrato de Uma Jovem Em Chamas) – França

E em primeiro lugar minha indicação de mais um dos meus filmes favoritos de todos os tempos. Talvez esse grande filme tenha passado batido por você durante essa campanha de premiações (2019-2020), já que ele foi totalmente esnobado, mas estou aqui para convencer a você de ver essa obra. Portrait é um drama histórico/romance e conhecemos a história de Marianne, uma jovem pintora na França do século 18. Ela possui a tarefa de pintar um retrato de Héloïse para seu casamento, sem que ela saiba. Passando seus dias observando Héloïse e as noites pintando, Marianne se vê cada vez mais próxima de sua modelo. É extremamente lindo e poético a forma com que as personagens se aproximam e se apaixonam. É muito orgânica a construção dessa relação composta por um paisagismo que salta a tela da pintura e se espalha pela belíssima natureza que cerca o filme. Eu nem consigo definir com propriedade o que esse filme significa, mas ele é de uma representatividade enorme, e merecia MUITO mais reconhecimento. Essa é minha dica de ouro, por favor, vão atrás de assistir esse grande filme.

Menção Honrosa – “Die Welle” (A Onda) – Alemanha

Um filme tenso e importante, que retrata uma situação bem atual, o que é impressionante e assustador. “A Onda” conta a história de Rainer um professor a quem foi designada a tarefa de instruir seus estudantes de Ensino Médio sobre o Estado Autocrático durante uma sessão às lições longas. Um professor favorito entre as crianças, Rainer decide deixar seus alunos desenvolver o assunto e pede a eles que construam sua própria autocracia. No entanto, quando as crianças formam um Estado-nação similar com o da Alemanha nazista, os professores não sabem o que fazer. Como vocês podem perceber esse não é um tema simples, pelo contrário, é algo bem complexo e que mexe com as relações morais e éticas dos grupos sociais. Se você gosta desse tipo de filme que te faz pensar, não perca tempo e assista esse grande filme, é uma boa obra principalmente para o período em que vivemos.

Bom pessoal, o que vocês acharam dessas indicações? Deixe aí nos comentários quais filmes você já viu, quais vocês pretendem ver, e também deixe mais indicações para nós, que quem sabe poderemos fazer uma parte 2. Até mais galera.

Talvez Você também goste de...

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Tem gente que diz que sou um amorzinho, eu digo que sou um trouxa. Viciado em maratonar séries e ficar na bad depois de assistir tudo em um dia. Amo muito música indie, quando quiser me chamar pra ouvir Florence já sabe onde procurar. Mineiro do interior que não puxa o 'r' quando fala, mas adora um pão de queijo.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries