Posts Populares

Panelaço: Séries com Final Ruim

Quando o amor vira decepção.

Pior que uma cueca bege para broxar, é só você dedicar uma parte de sua vida, horas preciosas que poderíamos estar estudando, se divertindo, porém estamos nos assistindo uma série que achávamos excelentes, sem defeitos e vem uma season finale ou até mesmo apenas a séries finale para jogar tudo aquilo no ralo, fazendo nos ficarmos indignados e muitos até xingar bastante no twitter, já que a decepção não pode ser guardada só para nós e há a necessidade de externamos, por isso, cá estamos mostrando algumas series com gostos pra lá de duvidosos.

Two And a Half Men

Two And a Half Men é uma da series do seu gênero de maior aceitação popular no mundo, só que a série teve inúmeros problemas internos e o maior deles foi a saída pra lá de conturbada do Charlie Sheen, que interpretava o personagem principal, Charlie Harper, mas a série prosseguiu sem sua principal estrela e nos trouxe o Ashton Kutcher no papel de Walden um bilionário, que foi totalmente irrelevante na séries finales. A series finale nos trouxe um Charlie Harper tomando toda atenção para ele, só que dessa vez sem o Sheen aparecer, nos mostrando o que realmente havia acontecido com ele e sua fiel perseguidora Rose, mostrando que ele realmente estava vivo, mas tudo de muito gosto, nos recorrendo a uma animação pavorosa do relato, tudo de muito mal gosto, ainda mais com aquela finalização de um dublê aparecendo no final de costas, sem duvidas uma verdadeira decepção.

Game of Thrones

É incrível falar de GOT nesse contexto porque para muitos ela é/era a maior série de todos tempos. Simplesmente, em 6 episódios para MUITA gente pode se dizer que a série se tornou um dos maiores fiascos da história. Apesar do legado da série ser gigantesco e Game Of Thrones ser responsável por revolucionar o gênero, não podemos passar pano e dizer que o final foi bom, porque não foi, e não foi MESMO. Talvez por não seguir os livros depois de um tempo, o que era inevitável já que os livros nem terminaram ainda, ou talvez por caírem no clichê e um roteiro que era impecável se tornou uma série de fanservice. De fato, o auge da série era para ser o maior momento de toda a sua trajetória, mas foi nada mais do que um desfecho mal feito e completamente esquecível. Muitos personagens se perderam na sua própria história, outros tiverem finais extremamente mal elaborados, como Jaime e Cersei. Enfim, em uma temporada a série conseguiu demonstrar que realmente quanto mais alto for, maior é a queda, e todo o hype que GOT tinha foi totalmente jogado fora.

Por Erik Lacerda

How I Met Your Mother

Durante alguns anos todos queriam saber como o Ted conheceu a mãe dos filhos e no final foi uma verdadeira decepção, com toda uma destruição de desenvolvimento do personagem. O final quando descobrimos quem é a verdadeira mãe das crianças, também descobrimos que ela está morta devido a uma doença, sem contar que o seu amor pela Robin não havia acabado, com quem as crianças tem uma ligação, acho que por ter se tratado de uma série com o final previamente montado e pensado a série acabou decepcionando, porque no decorrer dos anos o crescimento de certos personagens em uma obra aberta, deveriam ter feito eles mudarem.

Under The Dome

Três temporadas passadas e chegamos naquele final grotesco de Under The Dome, obviamente a redoma que assombrava e cercava a cidade caiu. A série em si estava afundando muito e dando altos índices, principalmente por tudo que começou a envolver alienígenas e coisas para lá de bizarras, incluindo tudo em volta da Dawn, que chegou a ideia de levantar a redoma em outra cidade. A série em si baseada na obra de Stephen King começou um verdadeiro sucesso na tv americana, mas seu excesso de didatismo e um texto muitas vezes porco, fora todos os buracos, fizeram com que tivéssemos um final bem decepcionante.

Dexter

Extremamente necessária a presença de Dexter nesta lista! Dexter foi um drama exibido na Showtime entre 2006 e 2013 que arrasou uma multidão de fãs que acompanhavam a vida de um curioso perito forense que vivia uma vida dupla durante o dia era o perito que caçava bandidos e possíveis assassinos e durante a noite ele se tornava um serial killer que caçava apenas pessoas que tivessem cometido algum crime. Dexter teve durante suas primeiras quatro temporadas uma construção perfeita, vimos uma pessoa solitária e que vivia dentro de certos protocolos ensinados pelo seu pai se permitir ter outros nuances em sua vida, vimos o anti-héroi, vimos o serial killer, vimos o Dexter irmão, o Dexter pai e o Dexter amante.

O final da quarta temporada trouxe a morte de um personagem importante para Dexter e dali para frente a série mudou e não foi uma mudança boa, na verdade se tivesse sido encerrada ali no final da quarta temporada teria sido perfeita, mas os roteiristas e produtores quiseram destruir um legado. Eu confesso que acompanhei a série na época e mesmo com a queda de qualidade aceitei as temporadas 5, 6 e 7, mas a 8 e última foi a gota d’agua. Vimos um nuance interesse que foi o retorno da terapeuta que ajudou a criar o código de conduta de Dexter ainda quando adolescente, mas a série foi se perdendo, a morte de LaGuerta, uma Debra perdida em suas dores e na descoberta da verdade sobre seu irmão e uma tentativa pifia de trazer um novo interesse amoroso para Dexter levaram a série ao abismo e as últimas cenas com a morte desnecessária da personagem mais amada naquele ponto (Debra) e com o Dexter decidindo viver isolado em um caís fazem para mim com que Dexter tenha o pior Series Finale de qualquer produção que já assisti.

Por Lindomar Albuquerque

Menção Honrosa: House Of Cards

Essa série dava para ser encerrada sem a season finale que qualquer fã e telespectador da série entenderia, porque perdeu a sua principal estrela, com justiça diga-se de passagem, por acusações de assédio, mas mesmo assim a Netflix pagou para ver e quis mostrar que a série era muito maior que qualquer acusação de assédio e merecia dar um final digno a ela, só que não foi isso que aconteceu, como previsto, vimos inúmeros furos no roteiro, cenas fracas e uma Robin Wright tirando leite de pedra para carregar a série nas costas, porém nem todo o seu talento foi suficiente para entregar algo a altura de tudo que a série nos mostrou até então, o que foi decepcionante, preferia ficar feliz com a ideia do Francis e da Claire inimigos, com ela na presidência em uma possível guerra de ambos que nunca veríamos quem venceria, já que a principal deixa para a última temporada foi o possível confronto final deles.

Então é isso amados, mostramos algumas séries de finais pra lá de duvidosos, claro que poderá ter controvérsias porque gosto cada um tem o seu, só que essas de cada 10 seriadores, ao menos 9 vão concordar com pelo menos cinco dessas, se não concorda, provavelmente assistiu errado por ter gostado de todos esses finais e admirado.

Beijos e até mais.

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Phelipe

Um cara Fitness, gosta de esportes e um escorpiano nato, apaixonado pela vida. Um "nerd" que curte balada e um baladeiro que curte coisas "nerds", porque a vida é muito curta para se apegar em coisas pequenas, logo pode observar que sou uma pessoa muito eclética em todos os sentidos da vida.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries