Posts Populares

Panelaço: Séries que merecem mais atenção

Como a injustiça dói!!

Sabe aquela série que você ama, acha perfeita e não entende o porque das pessoas não acharem o mesmo e tornar ela uma série aclamada? Então, são sobre essas séries que nós queremos falar hoje, vem comigo?

Atypical (Netflix)

Utilizando o autismo como plano de fundo, Atypical poderia ser só mais uma “dramédia” clássica sobre uma família fora dos padrões e que descobre o amor e a união nas situações mais loucas possíveis. Só nisso ai já teríamos uma série teen que todo mundo ama e no fim seria mais do mesmo. Felizmente, a dona Netflix massacrou e conseguiu transitar no clichê de forma esperta e muito sensível. A série tem o essencial para conquistar o público: personagens carismáticos, daqueles que a gente quer virar amigo, e uma história bem contada que cativa e faz você rir e chorar. Por essas e outras que Atypical merece muuuuuuito mais atenção do que realmente recebe.

Coisa Mais Linda (Netflix)

O ano é 1959, a Bossa Nova começa a ganhar força no cenário da música, e o Rio de Janeiro é o lugar onde tudo acontece. Abandonada pelo Marido, Maria Luiza se muda para o Rio de Janeiro nesse período e recebe o maior apoio de Lígia, sua melhor amiga, Adélia, uma mulher negra, trabalhadora, determinada e com uma força inabalável e Thereza, escritora moderna e independente, para realizar um novo sonho: abrir um clube de bossa nova. A série tem sete episódios e é de uma qualidade fora do normal, desde a sua fotografia que faz jus ao nome da série ao texto impecável brilhantemente interpretado por atrizes perfeitas. Produções nacionais sofrem muito preconceito do seu próprio povo e por isso, series como essas acabam ficando nas entrelinhas, enquanto deveriam estar brilhando nas telas de todo o país.

The Purge (Amazon Prime)

Com uma franquia que é considerada um sucesso de bilheteria, chega na televisão para continuar o legado, “The Purge”. Uma série que conta a história de uma cidade que tem suas leis suspensas por um período de 12 horas, e nesse meio tempo, tudo pode acontecer, todos os crimes como homicídio, vandalismo, incêndio e roubos, são permitidos pelo governo e são comandados por um partido político totalitário chamado NFFA. A série tem a mesma premissa dos filmes e não foge em nada do que já conhecemos da história. Vale muito a pena dar uma conferida.

Kidding (Showtime)

Jim Carrey interpreta de forma monstruosa o Jeff, astro um programa infantil que é amado pelas crianças e pelos seus pais. Só que nada é perfeito e em um dado momento, o apresentador tem sérios problemas familiares e tudo isso acarreta é uma séria dificuldade que ele adquiri de controlar sua raiva. Jeff vai precisar de muita ajuda para manter a sanidade e continuar com seu programa. Olha, essa aqui é uma daquelas série que você procura um defeito e só acha a perfeição. Eu fiquei abismado com o nível da atuação do Jim e todo mundo deveria ver essa série e perceber o baita ator que ele é.

YOU (Netflix)

“Você” como é conhecida aqui no Brasil conta a história de uma relação doentia que um psicopata gerente de livrarias nutre por uma jovem escritora. Joe usa as redes sociais para juntar todas as informações possíveis de Guinevere Beck e a obsessão dele chega a lugares assustadores. A série teve até uma repercussão por aqui e agora em Dezembro teremos a sua segunda temporada entre nós.

The End of The F***ing World ( Netflix)

A produção conta a história de dois adolescentes de 17 anos que resolvem mandar o mundo pro quinto dos inferno juntos, fugindo de casa e deixando para trás as histórias de traumas e negligências que marcaram suas vidas. Para deixar tudo mais interessante, James, a metade masculina da dupla tem certeza de que é psicopata e decidiu matar Alyssa, a outra metade é tão pirada quanto Jame. A série é bem cruta e nos leva a caminhos desconhecidos com esses dois. A segunda temporada já está disponível na Netflix, corre que da tempo de atualizar.

Menção Honrosa: Segunda Chamada (Globo Play)

Eu sei que muitos de vocês já acompanham a série e que talvez ela tenha até um relativo sucesso, porém, Quanto mais oportunidade eu tiver para enaltecer e divulgar Segunda Chamada, eu irei. A série que tem como plano de fundo estudantes e professores do ensino público noturno é uma verdadeira lição de cidadânia e realidade. Abordando temas que são pesados para a nossa população, Segunda chamada se torna aquele remédio amargo que é necessário para que possamos melhorar enquanto pessoa. Se você ainda não viu, corre que ainda da tempo!

É isso bb´s, esqueci alguma série? Tu trocaria alguns desses títulos citados acima? se sim, deixe aqui nos comentários que quem sabe numa próxima sua série não entra? Beijos e até a próxima!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries