Posts Populares

Penny Dreadful: City of Angels – S01E06 – How It Is With Brothers

A direção estava mesmo interessada em trabalhar em cenas contendo pares ou trios.

Digo isso, pois sinceramente tem sido difícil suportar a ideia de que City of Angels optou, claramente, por processar as informações de forma mais lenta, e poetizar excessivamente algumas cenas, vistas por mim de certa forma, irrelevantes. Um arco que tomou muito tempo do episódio e pouco contribuiu para o desenvolvimento da estória foi o interrogatório de Diego, tudo bem que ficou evidente que John Logan fará de tudo para nos deixar cientes do abuso de poder da polícia e preconceito com a classe latina presente na cidade Los Angeles, durante a década de 1930, mas já é hora de trazer à tona o horror que o escritor e produtor é conhecido por produzir. O potencial é perceptível e as entidades estão presentes, não sei se apenas o fato de termos Santa Muerte (que aparentemente não fez tanto até agora), e Magda e suas réplicas serão suficientes para sustentar a essência sobrenatural do seriado. Sei que parece ser redundante falar isso aqui, mas o episódio quatro nos deu um gosto do que a série pode trazer.

A fotografia, cenário e figurino continuam impecáveis e devo admitir que amo as roupas e arquitetura daquela época, fico a me perguntar se houveram situações macabras vivenciadas por moradores da cidade na década em que se passa a série. Dito isso, com o que foi mostrado nesse episódio, torço que possam trazer Diego e Linda como personagens muito maiores e macabros, imagina ambos morrendo e voltando para aterrorizar a polícia e Peter, não seria maravilhoso? Não só tire os personagens de cena, John Logan, aproveite-os em plots sobrenaturais, por favor!!!

O mais curioso que vi em “How It Is With Brothers” foi Maria adivinhar onde Mateo estava, seria ali um esconderijo que ele já usou quando fugiu de casa alguma vez? Fica difícil de sacar se alguma das personagens possui uma conexão de possessão com Santa Muerte, mas torço que seja ela, Molly ou até mesmo Josefina. Maria é a personificação do amor de mãe e City Of Angels tem parecido mesmo uma novela, onde já sabemos dos podres que acontecem, só resta a cidade ou a vítima descobrir, como Charlton se apaixonando por Kurt, e que provavelmente morrerá ao som da música que dançou em sua casa no episódio passado. Fico me perguntando se algum dia saberão o que Rilley fez com Josefina.

Sabemos que Lewis é maravilhoso e obviamente nunca o critiquei, só espero vê-lo vingando a morte dos amigos e ver mais dessa batalha judeus vs nazistas, e que tome proporções maiores onde teremos a oportunidade de contemplar uma grande batalha entre nazistas e americanos contra judeus e latinos, me arrepio todo só de pensar. Tiago, amo você, mas já é hora de confiar em Lewis ok.

Como de costume, aproveito para convidar-lhes a compartilharem suas opiniões ou até mesmo dicas, sejam sobre a série, review ou do site. A seguir temos o vídeo promocional do próximo episódio, agradeço por nos acompanharem e até a próxima!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries