Dois episódio de várias reviravoltas.

Quantico a meu ver seguiu duas vertentes diferentes. A principio, a série se colocou cheia de mistério, com personagens de características distintas e intrigantes. Com o passar do tempo, os segredos que os personagens escondiam foram se revelando, mas cada vez mais ficávamos na duvida sobre quem seria o terrorista por trás dos ataques… Seria um dos protagonistas? Seria um futuro personagem que apareceria na série? Seria a própria Alex? Bom, com o decorrer dos episódios, essas duvidas foram sendo sanadas, mas mesmo assim ainda não sabemos quem é o terrorista. Entretanto, percebemos que o enredo principal aparentemente se livrou da culpa. Com a morte de Natalie, o envolvimento de Simon com Alex, e a transição entre o passado e o presente, onde descobrimos no episódio 14 Answer e no episódio 15 Turn como foi o ataque à base de quantico.

No décimo quarto episódio, o presente foi mais relevante para a história, por isso darei mais enfase a ele. Alex está desesperada e não sabe a quem recorrer. Após a morte de Natalie ela foi até Ryan mas isso não contribuiu muito. Já um pouco menos exaltada, ela vai até Simon que se isolou em uma cabana bem distante de tudo. Claro que a principio, Simon agiria de forma hostil com Alex. Ele se sente culpado pela morte de vários agentes do FBI e está com o sangue em suas mãos. Claro que Alex também está, mas ela tenta faze-lo entender que é o extremo oposto, Simon não possui culpa de nada, sendo que ele não é o terrorista e que o sangue está nas mãos da pessoa que os coagiu a matar não propositalmente os agentes.

ep 14 1

Após uma negociação, Alex consegue convencer Simon a ajuda-la a capturar o terrorista, mas para isso, eles terão que seguir algumas regras primeiro.

Já em Quantico, voltando ao passado, os alunos se juntam para uma aula de condução defensiva. Claro que com isso, os problemas entre Drew e Liam iriam aparecer, mas falando a verdade, essa trama entre os dois está tão sem nexo que eu não vejo motivos para continuar com ela (tudo bem que no episódio 15, algo importante acontece entre os dois).

E esse mistério entre Caleb e Mr.Robot Will? Will afinal é o que? Qual o motivo dele querer investigar todos? Seria ele um agente infiltrado, um terrorista em busca de informações ou somente um curioso querendo xeretar a vida alheia? Bom, confesso que quando Caleb encurralou Will eu tive dois desejos, o primeiro que eles se pegassem (hahaha) e o segundo que Caleb desse umas boas bofetadas na cara de Will.

ep 14 2

 

No décimo quinto episódio, a tensão estava muito alta a todo o momento, seja no momento futuro quanto no passado. Mas dessa vez, o passado foi mais importante, então vamos começar por ele.

Como eu citei acima, Will é um xereta e está em busca de saber quem é Caleb. Ele descobriu que Caleb se encontrou com uma pessoa estranha, mas para isso ele foi como outra pessoa, um alter ego. Até ai tudo bem, até o momento quando Will envolve Iris para descobrir o conteúdo do envelope que Caleb esconde. O que tinha lá dentro foi uma revelação chocante, principalmente para Shelby, já que com isso, ela descobre que seus pais estão vivos.

5

Raina está infiltrada em uma célula terrorista. Isso já tinha ficado claro para nós no episódio passado, mas dessa vez, toda a trama se moveu rapidamente e descobrimos um dos principais focos da série, que por incrível que parece, teve como principais envolvidos, Nimah, Raina, Miranda e Charlie. O ataque a Quantico aconteceu devido a Charlie “direta ou indiretamente falando”. O momento foi tenso, o grupo com várias pessoas armadas invadiu a base, e com isso uma troca de tiros se inicia. Claro que eles não obtiveram muito sucesso na invasão, se não os guardas mortos na entrada, mas como em citei mais acima, Liam quase foi morto nesse confronto e Drew conseguiu salva-lo a tempo disso.

Quando a situação de quantico se controla, Miranda, Raina e Charlie são surpreendidos por um dos sobreviventes do grupo terrorista. Ele os faz de refém e Raina o confronta de forma a se refletir sobre questões éticas e morais, sem contar das religiosas.

O terrorista Derrick faz Charlie apontar uma arma para Miranda, dizendo que somente ele poderia acabar com isso, matando sua própria mãe; Não foi mostrado, mas Charlie conseguiu atirar em Derrick, e com isso pensamos que poderia ter terminado a situação. Mas, Charlie surta… Ele não quer ser preso, mas começa a agir de forma estranha. O sangue está nas mãos de Charlie, e ele explode dizendo isso para sua mãe. Vários policiais do FBI cercam a casa, e miram em Charlie sem ele perceber. Miranda vê a mira em seu filho e desesperadamente pedindo para ele se abaixar, ela atira nela afim de fazer isso, mas a tentativa foi mal sucedida, e com isso os guardas acabam atirando também em Charlie.

Charlie

Já no futuro, Alex e Simon tentam descobrir quem é a pessoa por trás dos telefonemas. O terrorista, manda Alex trocar os remédios da futura vice presidente, mas ela reluta achando que é um veneno para mata-la. Ao final, ela não consegue trocar os remédios graças a Hannah, e com isso, acaba sendo despedida de seu serviço no FBI. Alex está sem saber o que fazer, mas ao final do episódio, ela e Simon são surpreendidos por Hannah, que agora começa a acreditar na história de Alex após tentar contato com Natalie. Com isso, Hannah decide ajudar Alex, e descobriremos qual será o plano deles para combater o terrorista sem que mais ninguém morra.

3

Dois episódio com o nível muito bom, principalmente o 15º episódio. Novamente Quantico volta aos trilhos, e nos deixa com aquela sensação de descobrir o que ocorrerá no próximo episódio.

Bom, terminamos por aqui, desculpem o atraso da postagem. Nos vemos na próxima. 🙂

Ricardo Souza
Ricardo Souza

Hello, it's me... Rick, a pessoa que vos escreve com capricho e zelo (talvez sim, talvez não, nunca saberão). Estudante, aspirante e perseverante (esse ultimo adjetivo foi só para rimar). Ama escrever, e por consequência é estudante de Letras/Libras. Aqui no Panelas faz de tudo um pouco, séries, realitys e premiações.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: