29 de outubro de 2016
Quantico – S02E04 – Kubark

Qual a sua fraqueza?

No quarto episódio de Quantico, tivemos novos suspeitos surgindo e possíveis plot’s que para mim serão bem chatos, caso realmente aconteça.

Um ano antes, o treinamento de Alex e Ryan está cada vez ficando mais difícil e angustiante. Owen está ‘perseguindo’ Alex, mas ele faz isso tudo porque acredita muito nela. O tema da vez foi fraquezas, na qual todos os agentes ficaram com um relógio que monitorava a intensidade dos candidatos e revelava quando eles ficavam nervosos, sendo assim expondo um ponto fraco deles. Alex e Ryan tentam colocar um plano em ação, para hackearem o aparelho de Owen e com isso monitorarem todos os dados dos outros concorrentes. Claro que com isso, eles descobrem que outra pessoa está monitorando eles também, talvez seja a mesma pessoa do episódio passando, quando Shelby e Miranda descobriram… E essa pessoa é Leigh.

Lydia acha que a fraqueza de Ryan é Liam, e com isso tenta provoca-lo dizendo algumas palavras para ele e deixando um “presente” em uma caixa postal. Claro que Ryan não iria cair nessa, e ao final do episódio, ele revela para Alex que ela é a fraqueza dele… Todo aquele drama entre os dois volta, e isso já saturou bastante, mas parece que dessa vez, Alex está menos sensível e seguiu com Ryan junto ao plano dos dois.

Uma coisa também que está ficando ao mesmo tempo monótona e interessante, é o envolvimento de Harry e Sebastian. Harry é um magya maravilhoso, mas muito enxerido… Já Sebastian é o extremo oposto, totalmente reservado. Entretanto, ambos possuem algo em comum, e isso acaba demonstrando a fraqueza dos dois como iguais. Entretanto, creio que Harry irá fazer algo de muito ruim para Sebastian, pois vemos que nos acontecimentos presentes, ele não está bem com Harry.

Agora indo para o ponto alto do episódio (e da temporada), o presente está bem mais interessante do que os acontecimentos passados. Alex consegue encontrar Nimah e explica para ela parte do plano que eles estão bolando. Os terroristas exigiram a presença de Boyer, em troca da liberação dos reféns… Boyer aparentemente é um hacker, e por algum motivo os terroristas o enquadram como peça fundamental nesse plano. Entretanto, Nimah e Alex já haviam percebido isso, e acabam por tentar fazer essa troca não acontecer. O plano delas não deu certo, e acabou que a troca foi realizada.

kubark_quantico

Entretanto, ele acabou por tirar a própria vida ao ver-se preso e a mira dos terroristas. Agora, não sabemos como os terroristas agirão para com o grupo de reféns que inclui Ryan e os outros. Esperamos que Shelby, que estava bastante engajada nesse episódio, arranje uma solução para liberta-los de lá. Por falar nela, Shelby descobriu um email muito suspeito para Miranda… O email dizia “ela é um deles” o que faz com que novamente (assim como em certo momento da primeira temporada) as suspeitas se recaiam sobre Miranda. Creio que será bem chato se isso acontecer, devido Liam já ter sido o vilão na temporada passada, mas se pararmos para pensar, nessa temporada a lista de suspeitos está bastante reduzida, e até agora, nenhuma pessoa (tirando a própria Miranda) deu alguma pista de que ela poderia ser uma terrorista.

Pois bem, esse episódio nos deixou com essa pulga atrás da orelha, mas será que realmente Miranda seria uma terrorista? E onde está Raina durante essa parte do presente? Outro ponto que estão guardando para o plot, é o espião que está infiltrado no AIC… Seria bem obvio se fosse Leigh né? Pois bem… Vamos aguardar os próximos episódios e esperar que alguma dessas perguntas seja esclarecida.

Ricardo Souza
Ricardo Souza

Hello, it's me... Rick, a pessoa que vos escreve com capricho e zelo (talvez sim, talvez não, nunca saberão). Estudante, aspirante e perseverante (esse ultimo adjetivo foi só para rimar). Ama escrever, e por consequência é estudante de Letras/Libras. Aqui no Panelas faz de tudo um pouco, séries, realitys e premiações.
Deixe-nos um comentário!
  • Eduardo

    Pois é: cadê a Raina?
    E o que é esta 2a temporada se não uma cópia da 1a?
    – grande agência de segurança dos EUA sabotada por um (ex) agente interno;
    – Alex jogando no lixo (no presente) tudo que aprendeu no treinamento;
    – Dayana/Leon = Shelby/Caleb (sem sexo, por enquanto);
    – Harry = Natalie e a chinesa (aquele que está só pra irritar);
    – Leigh = Will (o gênio autista) e as gêmeas (agente infiltrada de Miranda);
    – Sebastian = Simon com uma fraca crise de consciência, morre no final pra salvar o Harry;
    – Owen = Liam (ex-agente vingativo);
    – Lydia = Ryan (parceira do ex-agente vingativo, desconfiada, tem contatos em altos escalões);
    – Alex/Ryan = Alex/Ryan (ugh);
    – Miranda = badass modafoca que está sempre um passo à frente de todos, sabe até quem é o verdadeiro criminoso mas precisa fazer umas cagadas pra que Alex salve o dia.
    – Tiozão da CIA (e talvez o “peguete” da Miranda) = senadora Haas (mãe do Caleb).
    Mas o verdadeiro crime da série é levar 22 episódios pra contar um plot de 15 semanas, no máximo. Só americano desocupado aguenta isso. E eu, claro, kkkk.
    E eu já grito NÃO – não quero ver Harry com o sonso do Sebastian (aliás, o plot do “padre” nem é esse). Lançando a campanha #HarryWill agora!!!

%d blogueiros gostam disto: