Posts Populares

Rise – S01E06 – Bring Me Stanton

O drama musical que está finalmente engatando pra valer.

Se havia algo prendendo e fazendo com que a trama de Rise ficasse redundante e pouco desenvolvido, isso ficou nos primeiros episódios e simplesmente temos uma nova série diante dos nossos olhos, muito emocionante e demonstrando grande parte do potencial que havia estimado para a mesma.

Fico muito feliz em poder finalmente assumir isso, é certo que, como toda e qualquer outra série, Rise tem seus pontos negativos, mas os positivos andam sendo o suficiente para me emocionar e me arrancar lágrimas. A nova imagem que estão criando para Tracey, mostrando-nos a sua preocupação com seus alunos, tem sido umas das coisas mais fofinhas que estou tendo o prazer de acompanhar. Por mais que a gente saiba/ache que a co-diretora do clube do teatro não pareça ter vivido o bastante, sua maturidade em lidar com as situações parece deslumbrante. Seria Tracey resplandecente mesmo, ou não?

A beleza da juventude é retratada tão bem em “Bring Me Stanton”, que me pego pensando que talvez Spring Awakening não tenha sido uma decisão tão aleatória assim. Amei a repaginada que deram e a maneira que optaram por desenvolver. Por mais que pareça errado, eu shippo muito Vanessa e o treinador Sam, a coincidência chega me fez gritar ao ver. A cena de Lilette cantando também foi impactante, principalmente ao ver Vanessa em lágrimas. Além disso, tenho amado como eles vêm aproximando Gwen e Gordy, acho-os um par muito interessante e com muita química em cena, sem contar que acredito que se complementam bastante, sem contar que a maneira que estão abordando a situação de Gwen em lidar com o divórcio dos pais. Por mais redundante que boa parte dessas situações pareçam, ainda assim fazem parte da realidade de boa parte, senão todos, os jovens mundo afora.

Por fim, e não menos importante, temos que falar sobre o plot mais interessante desse seriado: Simon. Possa ser que não aconteça de ele acabar sendo homossexual mesmo, mas se acontecer mesmo, vou apreciar a maneira como optaram por desenvolver essa storyline, uma vez que venho me envolvendo bastante com essa realidade, por mais que não tenha precisado de alguém querendo me mostrar o caminho. Acabo amando maior parte dos personagens, principalmente Maashous, espero vê-lo participando mais efetivamente e não sendo só o sem teto que cuida das luzes.

No mais, convido-os para assistirem ao vídeo promocional do que está por vir, lembrem-se de ativarem as legendas, compartilharem suas opiniões sobre o episódio e/ou review e, se possível, darem dicas ou sugestões, pois tudo é bem vindo. Espero encontrá-los em breve, abração e até a próxima!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries