Posts Populares

RuPaul’s Drag Race – S05E08 – Clap Back! [Season Finale]

Que rufem os tambores…

Cá estamos nós para a final da quinta temporada do All Stars! Essa temporada que demorou tanto para chegar, mas que passou tão rápido que eu sinceramente não tenho certeza se deixou uma boa impressão. Eu juro que não queria fazer essa review e começar já reclamando, mas é a final do AS5 e acho justo eu fazer um apanhado sobre aquilo que eu não gostei na temporada.

Quando o elenco foi revelado e quando surgiu a suposta mudança do formato, eu não aguentava mais esperar a temporada começar tamanha minha ansiedade para ver o que essa temporada reservava para nós. A ideia era/é boa, enfrentar lip syncs assassins, termo esse que está na boca de qualquer fã de RuPaul’s. As expectativas foram criadas, e logo no primeiro episódio tivemos uma ótima estreia dessa surpresa, com Yvie entregando uma performance perfeita juntamente com India. Entretanto os episódios foram passando, e a cada nova revelação de quem era a lip assassin da semana, as expectativas iam diminuindo. Os lip syncs pareciam armados (mais ainda do que alguns das seasons normais e all stars) e as convidadas, muita das vezes não entregavam 1% do que elas realmente eram capazes. Kennedy, do último episódio por exemplo, foi uma grande decepção e todos sabemos disso, incluindo ela mesma, que fez piada da própria performance, já que foi pedido para que ela performace assim. E daí eu te pergunto: Se é para fazer isso com as queens, qual a necessidade de ter lip sync assasin? Buzz? Mais gente voltando para rever suas queens favoritas? E o buzz negativo em cima disso tudo como fica? Bom, só sei que a ideia era ótima, e tinha tudo para dar super certo com performances incríveis que poderia entrar para a história do programa, mas acabou que tivemos uma, no máximo duas, performances dignas de serem lembradas e colocadas no currículo das tão aguardadas ‘lip sync assassins’.

Outro ponto negativo que vale ser destacado dessa temporada: A reviravolta que colocou todas, exceto a vencedora do desafio da semana, no bottom. Sério, isso manchou demais uma das coisas que a galera mais preza, o bottom. Eu entendo que isso serve para deixar todas, incluindo as favoritas, em uma posição de risco, e creio que isso se deve muito aos acontecimentos do All Stars 4, mas de verdade, com o elenco que se deu, vimos que isso foi super desnecessário.

Os lados bons? Nenhum! Brincadeira hahaha. O elenco cumpriu com aquilo que esperávamos, com exceção, pessoalmente falando, da Ongina, que era uma grande favorita e que todos estavam aguardando sua volta, e acabou que ela entregou pouquíssimo nessa temporada. Eu particularmente gostei dos desafios, entretanto as runaways foram bem fraquinhas…. Foi uma temporada cheia de dualidades.

Bom, vamos falar agora dessa final né? Sem surpresa alguma, no episódio passado a dona RuPaul recebeu uma misteriosa ligação, e nesse episódio quando o top 3 entrou na work room viram uma grande parede rosa com cortinas… O que será que poderia ser? Isso mesmo, as queens eliminadas estão de volta ebaaa… KKKKKK. Obviamente elas só voltaram para dar aquela causada e tirar tudo a limpo, então tivemos muita lavação de roupa suja, como em uma reunion de baixo orçamento, em que uma das principais pautas foi a suposta aliança que fizeram para eliminar Shea. Tivemos um pedido de desculpas entre India e Derick, que foi uma coisa nada forçada e pressionada. E por fim tivemos uma das melhores partes disso tudo, que provou o quanto essa temporada era sim a de RuPaul’s Best Friend Race, que foi quando Ongina falou da sua eliminação, em que ela votou em si mesma para sair, e a de Mayhem, em que ela também votou em si mesma, e aí surge a maravilhosa Mariah que disse que se fosse para elas votarem em si mesma, era melhor terem deixado ela na competição ao invés de eliminarem (injustamente diga-se de passagem).

O desafio final é um rumix em que o top três terá que apresentar a nova música da Rudroid, Clap Back (música ótima por sinal). As queens receberam Todrick, que retornou para Drag Race depois de sumir durante um tempo, e ele ensaiou com o nosso top 3 a coreografia de cada uma. Shea tem a parte mais difícil, mas logo nos ensaios a gata já conseguiu pegar rapidinho tudo. Juju foi a mais desastrada, mas acho que ela vai conseguir se sair bem. Cracker também pegou bem rapidinho a sua parte e foi bem. Será que vem aí o melhor rumix?

Para a minha surpresa, as queens eliminadas participariam não só da apresentação como também da runway final, só para contrariar o que eu disse mais acima hahaha. Com a apresentação em mente, eu gostei demais da performance, achei que as três foram fortes em certos pontos. Juju eu achei um pouco durinha, mas ela conseguiu executar sua parte bem, além do verso dela na música ser ótimo. Cracker também executou sua coreografia muito bem, mas seu verso na música é bem esquecível. Shea brilhou na apresentação, fez de tudo sem perder a pose e seu verso na música é bom. A apresentação foi ótima e eu adorei a música… E na runway final, todas as queens estavam lindas, mas sem prolongar muito, Derrick, Mariah, Blair e o top 3 estavam lindíssimas, com destaque pessoal para Juju que meu Deus eu amei demais o look dela!

https://twitter.com/RuPaulsDragRace/status/1286828697341890562?s=20

E para a cartada final, dona rudroid pediu para que o top 3 finalmente dublasse entre si e entrasse um lip sync digno que não tínhamos visto desde o primeiro episódio. As três dublaram muito bem a música icônica da Janelle Monae “Make Me Feel”, Juju sempre perfeita com essas jogadas dela no chão, Cracker eu achei que foi a melhor dublagem dela e Shea, um pouco off no início com essa dancinha de robô, mas depois mostrou o que sabe fazer de melhor e deu o nome. Simplesmente tudo!

E então chegou o tão aguardado momento… Hora de sabermos quem é a vencedora da quinta temporada de RuPaul’s Drag Race All Stars. Sem mais delongas, a vencedora é…

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

MY NAME IS SHEA COULEÉ AND I DON’T CAME TO SLAY I CAME TO WIN!!!!

Miss Shea Couleé finalmente pegou essa coroa que eu tava esperando desde o início da season e consagra não só sua vitória como sendo a de uma das queens mais talentosas que já tivemos no programa, como também consagra a season 9 provando que aquele top 4 é simplesmente PERFEITO e o mais talentoso de TODOOOOSSS!!!! Muito obrigado por isso mamãe Ru, eu esperei por esse momento durante muito tempo, estava preso aqui na minha garganta e finalmente saiu. Shea, faça um reinado tão perfeito quanto tu é! Que vitória meus amigos, que vitória!!!

E aí pessoal, o que vocês acharam? Diga aí para mim nos comentários quais foram suas impressões da temporada no geral e o que vocês acharam dessa vencedora. Será que vem aí a Pepper no AS6 pra ganhar e tornar a season 9 uma lenda do mundo dos realitys? Espero muito! hahaha. Nos vemos na próxima galera, muito obrigado por acompanhar nossas reviews com a gente aqui. XO <3

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Tem gente que diz que sou um amorzinho, eu digo que sou um trouxa. Viciado em maratonar séries e ficar na bad depois de assistir tudo em um dia. Amo muito música indie, quando quiser me chamar pra ouvir Florence já sabe onde procurar. Mineiro do interior que não puxa o 'r' quando fala, mas adora um pão de queijo.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries