Posts Populares

RuPauls Drag Race – S12E06 – Snatch Game

Surge uma winner

Chegamos ao desafio mais RuPauls de RuPaulsDragRace. O snatch game, junto com o ball, talvez seja o momento mais característico do programa. A pressão sobre o challenge é grande, e como foi bem discutido no Untucked, tem que vir pronta para esse desafio. As estatísticas das winners só provam o peso dessa performance: todas que venceram o game chegaram ao top 5 (exceto Stacy que foi eliminada logo em seguida).

Vamos ao meu ranking pessoal das piores as melhores:

  • Aiden

A queen acha que para fazer uma boa personificação de personagem, basta ter saído para jantar com ela (a atriz desmentiu o fato). A falta de noção aqui é gritante. Acho inclusive que Aiden só decidiu fazer a Magenta para ressaltar que conheceu ela. Enfim, o zero preparo aqui era claro e o resultado não podia ser outro: desastre. Magenta até que poderia ser um bom personagem para fazer, se ela decidisse ir pelo lado bizarro teatral. Mas não. Foi sem vida, faltou referencias e todas as respostas da Aiden eram “não lembro” “eu uso muitas drogas tá”.

A runway também foi uma decepção. Vestido básico, colocou uns adereços que até valorizaram mais e deram o ar cartoon, mas mesmo assim longe de ser apresentável numa runway. Ainda por cima, parece que ela não sabe colocar lente direito, pois a mesma estava saindo no ao vivo, dando uma agonia só de ver.

  • Brita:

A mulher promete, promete, mas nunca cumpre. Já deu para perceber que Brita não tem muitas dimensões no seu lado atriz. É sempre a mesma nota. Virou cansativo já. Merece o último lugar, por prometer tanto e não trazer. Só está acima da Aiden (que realmente não promete nada e as vezes até consegue entregar algo digno) por conta da runway que estava bonita. Estava bonita, polida, sem falhas, mas num daqueles looks que não gritam nada de novo e só te deixam entediado.

  • Widow

Veio de Tina e Ike Turner e só entregou uma piada: A do bolo. Esperava mais da Widow, principalmente por ela ter se saído tão bem ultimamente nos desafios de atuação e improvisação.

Sobre o look dela gostei bastante da abordagem Titanic. Porém não tem aquele nível de detalhe e perfeição necessários para ser elevado. A roupa e peruca eram horríveis, não deviam jamais ser usados numa runway. Ela jogou uma boia por cima, uns detalhes de gelo e pronto. Valeu pela ideia diferente, mas não foi bem executado. Talvez se ela recriasse totalmente Kate no momento do naufrago fosse melhor.

  • Jaida

Olha, personaficações de celebridades da musica pop sempre são arriscadas de algum modo. Se a diva não tiver momento engraçados bastantes disponíveis, fica difícil de acertar o ponto. Beyonce, Gaga, Kesha foram todas tentativas frustradas. Por ser engraçada, Cardi podia até funcionar (pena que o show foi gravado ano passado e não tiveram tempo de insirar o meme deste ano protagonizado por ela – apesar que já saturou neah o corona). Jaida não soube fazer. Soltou o Okuuur (o que torna dela a Laganja e não a Cardi) e pronto. Nada de tamanco na cara das outras.

O look de Jaida até me esqueci. Revi agora e realmente foi lindo, como tudo que ela faz. Mostra pernas, tem um corte, polida e perfeita. Porém mais do mesmo que ela vem servido. Queria ver ela fora dessa caixa de algum de jeito. Já que Michele cobra tanto da Crystal para mudar a estética, porque não pedir o mesmo das outras bonitas?

  • Heide

Outra que tinha tudo para ser maravilhosa nesse desafio, mas de algum modo não foi. Acontece neah (até hoje não superei o desempenho da Monique Heart). De todo jeito, Heide trabalhou bem com a Leslie, suficiente para um safe, e melhor que as outras duas abaixo que também foram salvas. Simplesmente amei a piada do sapato da Widow.

Na runway ela também foi bem safe. Seu look estava coeso, sem nenhuma falha gritante, melhor que os últimos que ela serviu, o que não é grande feito. O perfeito safe.

  • Cristal

Sei que vou ser julgado por essa posição alta, mas vai aqui de todo jeito. Apesar de totalmente desconhecida, Poppy seria um personagem perfeito para interpretar. Basta ver umas declarações da cantora para quer o qual longe da realidade ela é. Parece ter saído de um filme do David Lynch. Tinha tudo para ser um momento icônico no show, bem estilo Bjork de Katya, porém Cristal não conseguiu abraçar a esquisitice de Poppy. Ficou claro que o nervosismo e a pressão atrapalharam bastante.

Gosto de escolhas ousadas como essa, então ponto para ela. Personagens como Tina Turner e Cardi B. são bem chatos de se ver no Snatch. Prefiro quando as queens me apresentam alguém novo. As piadas da Cristal não colaram, mas valeu a tentativa.

Ainda por cima aquele look, Senhor. Melhor da runway pode dizer neah? Amei a referencia ao Freezer do Batman sem deixar de ser completamente fashion. Enfim, perfeita nas runways. Nesse quesito ela tem surpreendido bastante. Inclusive acho seu look bem melhor e mais estiloso que o da abusadora da Cherry, o qual as gays estão exaltando bastante essa semana.

De todo modo, acho justa sua posição no quase bottom do jogo. E fiquei muito feliz em ver que ela escapou do lip sync. Porém, como aqui é meu ranking pessoal, ela sobrevaleceu em alguns quesitos sobre as outras queens, principalmente na runway e escolhas ousadas.

  • Jan

Jan escolheu um personagem e dava para ver que a gorata estava comprometida a ela. Questão impersonificação ela conseguiu. Em manter engraçado nem tanto. Não consigo lembrar nada de engraçado que ela disse. Heide, Widow e até Cristal me fizeram rir em ao menos um momento. Ela não.

A runway como sempre Jan veio com uma abordagem diferente das demais. Algo meio Subzero de Mortal Kombat. Ela tem ideias boas, mas falta algo na execução para elevar ao icônico.

  • Jackie

Depois de várias semanas salva, Jackie surpreendeu. Eu gosto muito da garota e foi bom ver ela brilhando e cumprindo o que tanto promete no quesito atuação. Comprometida à personagem, soube incorporar bem o tipo de pessoa narcisista que torna todo assunto da conversa sobre ela e seus feitos. Um merschan ambulante. Aqui o exemplo do que uma boa escolha de personagem podem fazer. Deixou todo o trabalho de Jakcie mais fácil.

O look dela seguiu o padrão de sempre: uma fantasia de loja. Não gostei daquelas pétalas e dá para ver uma tentativa, mas soou feio e brega para mim.

  • Gigi

A queen hoje não passa fome. Escolheu um personagem (?) arriscado, nunca antes feito no jogo e compensou. Ainda bem que a garota é tão confiante e não se deixou questionar pelas investidas de Ru para faze-la desistir. Amo quando isso acontece. Apesar de todos dizendo o contrário, a queen é segura, vai lá e prova que se garante no que faz (oi Jinks).

A performance já pode ser consagrada no hall da fame do Snatch. Tudo perfeito. Desde a caracterização da cabeça e mãos, até detalhes como a forma das letras que ela escrevia no papel. Tudo bem pensado. Soube entregar piadas e respondeu todas as perguntas de Ru de modo inteligente. Dava para ver que ele estava amando tudo. O próprio Ru foi bem inteligente também. Frases como “Reboot Maria” ao ver ela dar pane e “Você conhece Siri e Alex?” foram perfeitas para Gigi se sobressair.

Ademais, o personagem robot deu uma vantagem a Gigi, pois ela podia parar e pensar antes de responder, fazendo soar como se o robot estivesse processando a informação. Mas crédito seja dado a ela. Não teve uma pergunta que ela não respondeu sem graça. Veio com todo o esquema pronto já para ganhar.

A runway também estava na média do que ela vem apresentado. Gostei da abordagem garota do sorvete, e os jurados apresentaram boas críticas sobre, como a mudança de personagem frio para amoroso e os detalhes no nariz.

Junte essa performance de Gigi ao seu depoimento no workroom sobre ser fluído e como sua mãe a apoiou em tudo e temos uma winner. Foi lindo de ver. Sua drag mother é sua propria família, a mãe e o tio. Talvez por isso a garota seja tão bem com sua sexualidade. E pode-se dizer que o tio tem um bom gosto hen. Iniciou a garota do jeito certo no mundo gay. Até apresentou RuPaul (ele deve ter amado esse depoimento e logo em seguida assinado o cheque no nome dela). Dá inveja uma família dessas neah minha filha?

Esses são meu tipos de depoimentos favoritos. Trazem algo alegre e esperançoso, fazem o programa ser divertido de assistir. Quando vou ver RuPauls, não é de desgraça como estupros e pais batendo em filhos gays que quero ouvir – estou ciente até demais que isso acontece na realidade. Quando comparamos com o depoimento de Widow no mesmo episodio, dá para sentir a diferença. Ok que são realidades totalmente diferentes, e nem todos são privilegiados como a Gigi, mas de todo jeito, acho que dá para deixar no tom positivo, assim como Latrice bem o fazia em seus depoimentos.

Vejo gente discutindo que a perf da Abusadora Pie foi melhor e vai ser uma pena ela não ganhar o programa pois merece. Discordo totalmente. Gostei da escolha do personagem no Snatch Game, porém ela ficou em só uma nota: fazendo graça com a doença de tremores que Hepburn tinha. A outra sacada dela foi escrever garranchos indecifráveis e alegar ser o match. Assim fica fácil neah querida. Enfim, foi uma performance totalmente safe e feita para que ela tivesse uma vantagem a mais sobre as outras.

Também não gostei do look da Abusadora Pie. Não foi mostrada na runway pois além de maníaca, ela também é ladra. Pega a ideia de alguns designs e usa como se fosse dela. A VH1 está optando por não mostrar suas runways em respeito ao trabalho de artistas que não estão recebendo crédito devido. O look da boneca de vodoo mesmo foi roubado. É essa a winner de vocês?

Enfim, Gigi chegou para salvar essa temporada que estava perigando em ser cotada para Pie. Como a girl venceu o Snatch, agora ninguém pode dizer que ela só ganhou porque a outra foi desqualificada. Aquaria venceu a temporada dela fazendo bem menos com aquela Melania.

Brita e Aiden foram para o lip-sync merecidamente e acho que a produção queria um confronto de rivais. Pagaram bastante para poder tocar “Let it Go”, ma so lip sync foi bem fraco. Muita boca aberta e braço levantado. Britta tirou um truque da manga, o que garantiu sua shantay. Os lip syncs esse ano estão bem mais ou menos hen?

No Untucked não tivemos muito acontecendo. Só um pouco de drama da Heide pelo fato da Gigi ter apontado os problemas com a make dela e as garotas pegando no pé da Aiden. De novo. Concordo com elas sobre parecer que a Aiden não está lutando muito para ficar lá. Não há aquele fogo de melhorar ou lutar para continuar. Então sua ida vem em boa hora, se não atrasada. Agora as syag podem descansar em paz pois o bem venceu.

P.S.1: Vanjie melhor participação nesse episodio. Incrível como ela consegue animar qualquer ambiente que entra. Poderia passar o dia assistindo ela e mesmo assim rir.

P.S.2: Tem que ser muito Pitchfork para conhecer a Poppy.

P.S.3: A revelação do jurado de Mean Girls, tirando parte do terno para mostrar o mesmo terno foi interessante. Já estou pronto para ver esse artificio na runway: fake reveal.

P.S.4: Absurdo como ninguém nunca fez Regina George no Snacth. Seria uma ótima personagem. Joga umas referencias no meio e ativa o modo bitchy. Está feito. De nada.

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Roz

Engenheiro por formação, escritor wannabe por obrigação. Nem exatas, nem humanas, renascentista. Reinventando-se. Inconformista. Cinéfilo. Cosmopolitan. Shitalker. De Pepita a Bowie. De 80s cheese a Sopranos.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries