Posts Populares

RuPauls Drag Race – S12E07 – Madonna: The Unauthorized Rusical

Amadurecimento, aclamação e consciência política

Mais um excelente episodio em RuPauls Drag Race para somar a essa temporada acima da média. Parte do sucesso dessa season, se deve principalmente ao cast, que além de divertido e talentoso é esforçado, assim como dos desafios que estão mais inspirados. O show para ter qualidade não precisa ter drama (apesar que amamos ver uma Phi² e Roxxxy em ação), apenas me dê draq queens talentosas e as valorize – apesar que uma queen não foi devidamente meritada nesse ep.

Após a eliminação de Aiden, as queens voltam para o workroom e debatem sobre os comentários do Untucked. Widow e Heide estão bem ressentidas. Apesar de ter achado um pouco exagerada a reação das duas, principalmente de Heide, entendo o sentimento delas. Como bem ressaltou Jaida: ninguém gosta de receber sermão quando se está decepcionado com seu desempenho. É o típico “eu avisei”.

Heide não parece receber bem críticas de outras pessoas que não sejam juradas. Entendo o comentário de Gigi sobre a make dela, e no fundo acho que ela estava tentando ajudar a queen. No tom da Gigi não vi crítica ou intenção de machucar, mas Heide internalizou o comentário. A mesma já tinha feito exatamente igual com o comentário de Nick Minaj sobre sua make, inclusive a confrontou no Untucked e acabou com todo o clima da rainha do rapper de estar ali. Amo a Heide, mas uma dose a menos de sensibilidade fariam bem.

O desafio da semana é o musical, dessa vez sobre Madonna. Elas tem que decidir juntas os papeis, então nada de drama sobre. Uma prática que se mostrou eficiente, pois assim elas podem usar suas habilidades melhor onde querem. Lembrando que o desafio requer bastante: canto, coreografia e incorporação de Madonna!

Vamos a ele então e meu ranking pessoal de desempenho das queens, da pior para a melhor:

  • Brita

Veio toda errada já naquele look de cone. A calça estava podre, os cones pequenos, o cabelo feio, enfim nada certo. Pelo visto a escola de musica não adiantou muito. Quero dizer, ela cantou bem (?), porém a coreografia foi decepcionante, de longe a pior de todas. Seu único mérito parece ter sido incorporar uma voz grossa aos versos. Interessante que pela edição, na hora dos ensaios, dava para acreditar que ela se sairia muito bem. Grande engano.

Sobr a runway, ela estava bem, apresentou algo melhor que do vinha fazendo antes. Gostei do joguinho com o cartão anunciando que ela seria a winner (sonhar não faz mal), assim como os vários óculos. O vestido estava bonito, tudo ok, único problema mesmo foram os brincos, e aqui concordo com os jurados, é um detalhe que elevaria o look ao completo.

  • Jackie

Quando Jan saiu e ela entrou, a diferença de qualidade foi gritante. Acho que isso a prejudicou, assim como a música, que de todas era a pior (não é fácil traduzir o estilo pop dos anos 80 sem soar brega). Os vocai não estavam bons, e a coreografia foi ok, mas não havia naturalidade. Enfim, seus erros não foram grandes, só um conjunto de fatores que não a favoreceram.

Na runway estava o mesmo de sempre, básica, meio loja de fantasias, sem muito brilho.

  • Widow

A partir daqui é complicado, pois não acho que nenhuma dela foi ruim o suficiente. Widow não fez nada de errado em sua apresentação de Madonna, somente tiveram outras com desempenho mais impecável. As criticas direcionadas Heide poderiam totalmente ser direcionadas para Widow, pois ela não trouxe nada de Madonna, era só Widow mesmo. De todo modo, como dito, não foi ruim, apenas faltou nesse quesito.

A runway não tem como defender. De todas foi a pior. Estava brega, não tinha luxo, a peruca estava ruim e a escolha não foi das mais fashions ou inteligente.

  • Heide

Entendo as críticas dos jurados quanto a sua perf, mas aqui ponho em questão o valor do entretenimento. A apresentação de Heide foi divertida do início ao fim, mesmo sem gritar Madonna todo momento. Outro fator que a prejudicou: esta fase de Madonna não tinha uma característica tão marcante como as outras – Jaida por exemplo foi só servir strip tease realness. A queen se esforçou bastante e gostei de sua perfomance. Maravilhosa. Seria safe high ou top se não fosse as outras.

Na runway ela estava bonita, gostei do look e da escolha menos convencional. Sua make realmente estava mais light, o que mostra que ela estava evoluindo. Gostei da capa e da escolha do cabelo, apesar destes não gritarem tanto”Michele Visage” quanto os outros.

  • Jaida

Teve uma perfomance bastante hipnotizadora e fez tudo certo. Se aproveitou da fase de Madonna mais sensual a aplicou sua melhor habilidade – que é ser sexy. Foi esperta. Isso a privilegiou bastante. O look e o corpo da Jaida foram perfeitos para a apresentação.

Sua runway também estava boa, como tudo que ela apresentou até agora. Escolheu um look clássico, certamente um dos mais icônicos (entre meus faves), que realmente grita “Michele Visage”. Único defeito foram seu peitos, que olhando de perto estava com um espaço ressaltando que eram falsos. Nada muito evidente porém.

  • Jan

A queen coloca uma energia em tudo que faz, que é impossível não se contagiar. Amo ver Jan em prática, e nesse desafio ela pode brilhar com suas habilidades: canto, dança e atuação. Quando ela abriu o ato já estava apaixonado por ela. Porém, por mais que ela se saia bem nas habilidades que citei acima, o que mais gosto nela é sua alma. A única falha que consigo apontar é: sua perfomance estava bem Glee, sem defeitos, mas muito teatral – provavelmente devido a seu background no ramo. O que não é um falha, longe disso, apenas por gosto pessoal prezo outras entregas.

Sua runway também foi por uma escolha clássica e memorável de Michele. Acertou nisso. Contudo, seus olhos estavam estranhos – acho que ela abusou na make escura para dar um ar Michele, o que não ficou bom em minha opinião, especialmente quando se vê de perto no Untucked – assim como a parte de trás de sua peruca estava feia Detalhes. No geral estava muito boa.

  • Cristal

Sei que maior parte das yag vão discordar dessa posição acima da Jan, mas é puramente questão de gosto. A performance De Crystal foi um sopro de ar fresco no meio das outras. Adorei a abordagem da queen nessa fase Madonna e certamente foi outra que se aproveitou da situação para aplicar sua habilidades. Sua entrega foi divertida e diferente das demais. Os vocais estavam meio fora do tom, mas para mim não apagou o brilho ato. Também não teve coreografia difícil, mas novamente ressalto, o que importa para mim aqui foi a entrega do ato. Para alguém que não tem background no teatro, ela se excedeu bastante e soube entregar uma perfomance divertida e natural.

Runway outro destaque. Se for para fazer uma escolha menos convencional da Michele vá fabulosa – aprende aqui Widow. Amei a jaqueta e a cor, só não gostei da peruca que estava muito seca e assanhada no topo.

  • Gigi

Fiquei nervoso pelos seus ensaios, achando que a hora da queen cair tinha chegado. Ainda bem que foi truque da edição. Ela fez o dever de casa e foi perfeita. A mais caracterizada de Madonna de todas, desde o look até os passos. Foi a que teve melhor apresentação, além dos mais legais. Concordo com tudo que os jurados disseram: ela incorporou aquela Madonna tão legal que faz as garotas da ruas quererem ser ela.

Na runway ela também fez uma escolha menos convencional de Michele e apesar de não ser fã de garotas desfilando de bíquini, posso aceitar essa prática de boas desde que seja apenas uma vez e com motivo claro – @CarmenCarreira. O bíquini tinha um corte diferente, gostei da cor azul bebê, assim como do cabelo e escolha fora da caixa. Realmente, ela foi optou por um momento do qual sabia que Michele tinha orgulho. Uma verdadeira homenagem. As unhas foram que elevaram e mostraram a atenção na marca de Visage, tirando o look da categoria “apenas um bíquini”.

Na deliberação dos jurados discordo totalmente de colocarem Heide no bottom. Isso sim foi uma injustiça. Jackie obviamente deveria estar lá. Foram muito pesados nas críticas com ela e é frustrante ver como estão destratando Heide apesar de todo esforço e potencial que a queen têm. É racismo que chama?

Há uma discussão que Jan foi injustiçada, mas não concordo. Gigi foi impecável em todo o desafio, completando todos os requisitos exigidos. Vale lembrar que essa não é a zona de conforto da queen, diferente de Jan que estava em casa. O que acho que poderia ser feito para aliviar a frustração de Jan – mas cê tá brava querida? – era dar um duplo win. Mas desmerecer a conquista da Gigi jamais!

O lip sync ficou por conta de Brita e Heide, e foi bom, na média. As duas se entregaram, mas nada de muito memorável. Acho que Heide decidiu guardar uns truques para o próximo lip sync quando realmente vai precisar delas e não gasta-las agora com Brita que está no terceiro lip e já é praticamente cachorro morto.

E vocês, o que acharam? Jan injustiçada? Já são team capaceters? Deixe seu coments abaixo

P.S.1: Apololies já foi inserido no Urban Dictionary

P.S.2: Ball, Snatch e Musical. Gigi já provou não ser apenas uma fashion queen (Violet só ganhou desafios de moda e Aquaria só teve o Snatch como exceção). Dificilmente vai surgir uma oponente tão forte como ela daqui para a final. Já pode entregar a coroa.

P.S.4: Hoje minha final seria: Gigi, Jan, Jaida e Crystal ou Heide.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Roz

Engenheiro por formação, escritor wannabe por obrigação. Nem exatas, nem humanas, renascentista. Reinventando-se. Inconformista. Cinéfilo. Cosmopolitan. Shitalker. De Pepita a Bowie. De 80s cheese a Sopranos.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries