Posts Populares

RuPaul’s Drag Race UK – S01E03 – Car Boot Sale Realness

Colcha de retalhos?

A gente muda de país, mas o esbagaçamento e a dona Rupoc fazendo as doideiras dela continua a mesma coisa, acho isso incrível! hahahaha. Bom pessoal, o terceiro episódio de RPDR UK trouxe momentos de reflexão, outros engraçados e alguns resquícios de confusão que no fundinho é o que nós amamos né?

Começamos o episódio com um gostinho bem amargo e triste, com a saída de Scaredy Kat, que era uma candidata muito interessante e bem diferente de tudo que nós já vimos na franquia. O pouco tempo que ela ficou ali já foi suficiente para deixar sua marca e até mesmo deixar as outras candidatas sensibilizadas com sua história tão diferente.

Pois bem, o mini challenge do episódio foi uma prova de dança bem estilo Midsommar, e as competidoras tiveram que se montar rapidamente e realizar sua dança que mais chamasse a atenção da dona RuPaul. Muito esbagaçamento foi feito, alguns candidatos indo pra comédia, Crystal mostrando um pouquinho das suas acrobacias malucas (que ela faz real nos shows dela viu gente) e Cheryl mostrando que é verdadeiramente discípula de Alyssa Edwards e mandando ver na dança, com muitos death drops e espacates. Como esperado, Cheryl acabou ganhando o desafio e conquistando um incrível vantagem de 15 segundos no inicio do max challenge da semana, que foi apresentado por ninguém mais ninguém menos que Raven!

As queens deveriam pegar o máximo de objetos que conseguirem dentro de um carro da qual a Raven chegou, e a partir disso criar um look high fashion/avant-garde. Cheryl com seus quinze segundos de vantagem pegou a cobiçada (só por ela) caixa de luvas e a bicha confiou tanto nelas que… Bem, mais para frente vocês saberão o que ela fez.

Em meio a muita máquina de costura, pano voando e cola quente, algumas queens logo se destacaram por sua habilidade de costura e criatividade, como foi o caso de Divina e Crystal, ambas muito habilidosas nesse quesito. Vinegar e Sum foram o foco do episódio no quesito de que estavam com dificuldades em criar algo. Sum pegou um tecido muito difícil de trabalhar, e fechou os ouvidos para todos os conselhos e decidiu usa-lo ainda assim, e construir um terno com ele. Vinegar começou com uma ideia que foi rapidamente abandonada após a sofrer chacota das candidatas e até da própria Rupoc (coitada hahahaha) e decidiu seguir com um look utilizando folhas de livros.

Em meio a alguns desabafos e shades, Divina levantou uma reflexão interessante sobre como as drags hoje em dia são vistas, e como é mais fácil elas possuírem certo reconhecimento por conta da internet, já que quando ela começou não era assim, e era muito difícil você se manter nesse caminho, então parabéns para ela que continua firme até hoje fazendo um belo trabalho.

Vamos então ao grande momento da runway, com os looks fabulosos (ou não) das nossas queens.

Divina De Campo

Como o próprio nome já diz, que look DIVINO! Ela incorporou muito bem o desafio, aliás, para mim foi a que melhor o fez, utilizando de sacolas plásticas para criar um look fashion e avant-garde bem moderno. Sua maquiagem estava perfeita, a combinação de cores, do azul com o vermelho ficou incrível e sua passarela foi impecável. Divina já abriu o desafio colocando o nível lá nas alturas, e sinceramente, acho muito difícil alguém supera-la.

Baga Chipz

Meu pai amado, que coisa feinha, me desculpem. O desafio era high fashion, e o que um monte de palha de aço colada com cola quente formando um corset e uma mini saia tem de fashion gente? Ela tentou vender o look com muito humor, mas sinceramente, esse NÃO era o propósito e esse look já é para mim um dos piores da temporada.

Blu Hydrangea

A combinação de cores está sensacional, e essa calça ficou perfeita, sem contar a maquiagem da Blu, que como sempre é linda e muito polida, mas eu acho que ela acabou fugindo um pouco do conceito de high fashion, pois como ela mesmo disso, esse look lembra muito uma coisa “super vilã” e segue uma linha bem diferente do que Divina apresentou, por exemplo. Parando pra pensar, a gente até poderia ver um look desses em algumas grandes grifes, como Moschino talvez? Mas quando penso em high fashion não é algo assim que me vem à cabeça.

Sum Ting Wong

Preciso confessar que não achei esse look tão ruim, apesar de não remeter em nada o tema do desafio. Sum pegou um tecido muito difícil de trabalhar, e fez uma peça mais difícil ainda, mas com relação ao resultado de seu trabalho, ficou sim bem feito e bonitinho, mas fugiu muito da proposta do tema e acabou ficando simples demais.

The Vivienne

Como os jurados disseram nas criticas, usar fitas para construir um look não é algo inédito, mas a forma com que The Vivienne trabalhou, utilizando aquela ombreira e fazendo uma maquiagem que combinasse acabou vendendo o look perfeitamente, que ficou bem dentro do tema para mim. Não sou muito fã dela, aliás estou esperando seu tombo pois ela se acha demais pro meu gosto hahaha Mas a danada está entregando looks incríveis, e esse é mais um para o seu currículo.

Vinegar Strokes

Como esperado, Vinegar nos entregou um look muito mal elaborado e pensado. Infelizmente ela estava com muita dificuldade em construir algo e ter uma boa ideia, não sei se pelo fato de ter pego materiais ruins (muito provavelmente não) ou pela pressão do desafio. Seu look ficou com um acabamento feio, e muito fora do tema, pois não me remete a nada high fashion.

Cheryl Hole

E está aí o look da vencedora do mini desafio. Cheryl construiu o seu look com base naquelas luvas que ela tanto queria, e bem… Ficou bem mais ou menos né? Não ficou horrível, mas também não ficou bom, é um look vibrante que tem algumas pegadas fashion, mas esse efeito que a saia dá com os dedos das luvas ficou muito feio. Teremos Cheryl mais uma semana entre as piores?

Crystal

E para encerrar com chave de ouro, temos a maravilhosa Crystal, que é formada em design (ou algo assim) com um look incrível, muito bem feito e com um conceito de tirar o chapéu. Maaas, preciso confessar que eu acho que ficou um pouco fora do tema, já que como ela mesmo disse, seu look é algo “deusa neoclássico” e isso não me remete muito a high fashion quando pensamos no tema. Que ficou incrível isso é incontestável, mas em relação ao tema acho que Divina e Vivienne acabaram servindo melhor.

Após o desfile das queens, é hora de da revelação da grande vencedora da semana e também de descobrirmos quem são as duas que dublarão. O ranking ficou:

Divina – Win

Crystal – High

The Vivienne – High

Baga Chipz – Safe

Blu Hydrangea – Safe

Cheryl Hole – Low

Sum Ting Wong – Bottom

Vinegar Strokes – Bottom

Divina muito merecidamente levou esse win, look impecável e falo com tranquilidade que é um dos melhores que já vi. Crystal e Vivienne com o high foi justíssimo, ambas mereceram muito essas posições. Blu safe foi justo, apesar de que o safe dela foi quase um high a meu ver, agora, Baga Chipz safe? Minha gente? Cheryl low? Não isso tá muito errado! O look da Baga estava tenebroso, era facilmente o pior dali, como assim ela não foi para o btm2 gente? Cheryl deveria ter ficado safe, Sum no low e o bottom ser Baga e Vinegar… Ai Rupoc minha filha, não começa com essas cotas não, pelo amor de deus! 

Partindo para o lipsync, Sum e Vinegar tiveram que dublar “Would I Lie To You?”, música essa que já apareceu na franquia do programa US na sua primeira temporada. Deve ter sido bem triste para as duas, que demonstraram se gostar muito ali, a própria Sum disse para Vinegar que sem ela ali seria super difícil… Então essa batalha aqui foi bem tensa, mas acabou que o lipsync até que foi bem legalzinho. 

E shantay acabou indo para Sum Ting Wong, o que significa que Vinegar Strokes, sashay away para a senhora. Foi uma decisão justa, tanto pelo lipsync quanto pelo desafio, mas ainda estou indignado que Baga não estava ali dublando no lugar da Sum. 

Quando será que teremos um lipsync pra chamar alguém de lipsync killer? Será que Cheryl seria capaz de entregar tal coisa? Crystal talvez? E quem é a favorita de vocês? Deixe aí nos comentários, e nos vemos na próxima, até mais galera! 😀 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Ricardo

Tem gente que diz que sou um amorzinho, eu digo que sou um trouxa. Viciado em maratonar séries e ficar na bad depois de assistir tudo em um dia. Amo muito música indie, quando quiser me chamar pra ouvir Florence já sabe onde procurar. Mineiro do interior que não puxa o 'r' quando fala, mas adora um pão de queijo.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries