O episódio mais emotivo até agora.

Sense8, a nova série rainha da netlifx, que já usou de What’s Up com todos os sensates cantando e uma orgia, trouxe um nono episódio recheado de momentos chorosos, capazes de fazer com que muita gente se identifique com a dor das histórias dos personagens. Acredito que a série é fantástica por muitos motivos, principalmente por saberem fazer um mix de tudo e ainda assim dar certo, não parece nada bagunçado, só aparenta estar desenvolvendo-se bem. O episódio trouxe bastante citações marcantes e além disso podemos conhecer mais um pouco do que há por trás do que envolve todos os personagens. Mais uma vez, quero parabenizar a produção por retratar tão bem a realidade de cada personagem e ainda trazer interações maravilhosas entre eles. É de se envolver mesmo, você olha pros personagens e vê que todos estão na merda, aí a gente acaba torcendo e gostando de todos. TÔ AMANDO FORTE ESSA BAGAÇA <3

O início do episódio foi um pouco confuso pra mim, gostei bastante daquelas cenas que misturaram flashbacks com o atualmente. Novas cartas foram postas à mesa com a revelação de que a mulher que disse aquelas coisas à Riley era, na verdade, uma sensate de outra geração, sem contar que agora que a Organização de Preservação Biológica se faz mais  presente, é difícil dizer qual o lado da verdade, porém, acredito que mesmo Ysra dizendo que Jonas e Angelica davam luz à sensates para entregar à OPB, eu não consigo acreditar, ainda acho que a sensate islandesa não é quem aparenta ser, por mais que se preocupe com Riley. E me deixou uma dúvida, já que parece que a questão de sensate é também de genética, todo filho de sensate, também será sensate? Ou só se nascer no dia 08/08? Ou cada grupo de sensate tem uma data específica? Possa ser que não sejam sempre sensates, os filhos de sensate, mas estes têm uma probabilidade de ser do grupo. Essas ideias de serem nascidos no mesmo dia e terem sensates de outras gerações me lembraram The After da Amazon e The Messengers da CW, respectivamente.
ps: Já quero saber do que se trata esse tal de “Sussuros”.

300535

Finalmente desenvoleram melhor os plots de Wolfgang e Kala, pelo simples fato de até então só estar interessado em eles dois juntos, mas separados nem tanto. Wolfgang e Kala estão sempre conectados pois acredito que ambos precisem de um amor na vida, de um companheiro. Agora que foi aberta a possibilidade de Wolfie ter matado seu pai e de Kala não casar mais, estou bastante feliz. Mas PQP, fiquei irado pela atitude daquele povo religioso, ninguém é obrigado a acreditar né? Mas pelo visto cada cultura lida de uma forma com os não crentes na religião. Eu estava bastante animado com a possibilidade maior de Kala não se casar mais, aí vem e acontece esse acidente pra adiar as coisas, porque sabemos que se depender dela, ela vai se casar mesmo sem gostar daquele homi. Wolfgang é uma pessoa bastante emotiva sim, e estou bem mais envolvido com a sua história, já estou no aguardo de novas cenas e mais verdades vindo à tona, sobre Kala, espero que ela apenas não se case e dê uma ficada logo com Wolfie, porque sim!

301431

Esse episódio foi cheio de cenas emocionantes, começando por Sun e seu pai. Quem não torcia para que ele fosse visitá-la, bem arrependido e com palavras bonitas e sábias para dizê-la? Eu definitivamente sim, principalmente pelo fato de achar Sun a personagem mais firme da trama, ela chorando foi bem emocionante, obrigadão Netflix. E destacar também as interações de Nomi&Lito e Capheus&Riley que foram marcantes também.

sunlinda

Capheus e Riley são um pareamento bem interessante, pois Riley precisa de alguém forte e que passe por bastante difículdades para melhorá-la. Riley é uma pessoa frágil que costuma fugir do perigo, e que precisa ser capaz de ir além pelo amor, de ser forte e ir à luta. Não ir ao velório do ex-marido, que barra hein? Já Capheus é aquele tipo de personagem que você para e pensa: Eu reclamo tanto da vida, mas tem sempre alguém que está pior que eu. Impossível não se envolver e gostar de Capheus, principalmente por ser uma pessoa capaz de sorrir entre e depois de tanta dificuldade que ele tem passado, tô bem preocupado agora com esses marginais atrás da mãe dele e torço que dê certo pra ele, pois já não aguento mais aquele ser humano sofrendo. Ele falando sobre a irmãzinha dele <3 🙁

sense-ami-tuppence2

“Acha que outros animais perdem tanto tempo quanto nós, desejando coisas que sabem que nunca podem ter?”

– Capheus Van Damnne

“A morte não permite despedidas. Apenas cava buracos em nossa vida, em nosso futuro, em nosso coração.”

– Riley Blue

Já Nomi e Lito era um dos que mais precisava ver. Eu sempre pensei, Lito precisa amadurecer, ele necessita de alguém gay que tenha passado por um turbilhão de coisas pra mostra-lo que há como reerguer-se de tudo isso e ao conhecer o passado dele com Hernando foi difícil não sentir saudade deles dois juntos. Você percebe que Nomi é uma pessoa intensa, do jeito que ela fala e a gente sente a veracidade das  palavras dela. Lito, por um outro lado, é uma pessoa emotiva, mas precisa deixar de lado o material e ir em busca do que faz o coração bater mais forte que tudo. A cena entre eles dois foi perfeita. Feliz por Amanita encontrar Nomi. Lito se acabando no final do episódio, ligando horrores pra Hernando foi angustiante, tive medo quando botou a arma na boca e é por isso que ele precisa de Nomi. Um destaque para quando tocou Mad World, meu coração parou e a lágrima desceu, gente, que episódio foi esse <3
ps: “Meu coração não é um relógio.”  Knockin’ on Heaven’s Door foi outra música marcante pra mim.

300563

“Há uma diferença enorme entre aquilo pelo qual trabalhamos e aquilo pelo qual vivemos.”
“A verdadeira violência, a violência que eu percebi que era indesculpável, é a violência que fazemos com nós mesmos, quando temos medo de ser quem realmente somos.”

– Nomi Marks

Pra finalizar, o vídeo dessa cena maravilhosa:

ps: Meus preferidos são Nomi, Sun e Capheus e os de vocês?

Enfim, comentem o que venham achando da série e das reviews até então, espero que tenham gostado e até a próxima!

 

Antonio Netto
Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: