Posts Populares

Sense8 – S01E12 – I Can’t Leave Her (Season Finale)

Não sei o que dizer, só sentir.

Sense8, uma das séries destruidoras de 2015, que já entrou pras favoritas e pro coração de muita gente, trouxe surubas, músicas com todos cantando, as quais ouvi-las não será a mesma coisa, trouxe cenas de humor, levantou a bandeira gay, trouxe a realidade africana, indiana, sul-coreana, nos mostrou o parto de todos os sensates, coisas essas que só contribuíram para a construção de uma das melhores temporadas de uma série que já tive o prazer de assistir. Personagens com histórias diferentes, cheios de dificuldades, momentos que a gente tinha o prazer de acompanhar o seriado e dizer: Caramba, eu me identifico com isso aí! Olha só que personagem pra se lascar, mas consegue se reerguer, é muito guerreira, me representa! Mas gente, que rainha das artes marciais, se conecta comigo e me ajuda a me defender dos ladrões assim, linda! Então, foi uma temporada bem legal, capaz de prender a nossa atenção recheada de episódios com mais de 50 minutos de duração e, que muitas vezes, pareciam ter nem 20. No mais, quero agradecer mais uma vez à mãe Netflix por trazer essa série fantástica, um drama de ficção científica, que não prende-se apenas à ideia científica, explora o passado dos personagens, tem cenas de ação, de romance e sexo. É uma beleza só, já indico a todos e peço que todos façam o mesmo, no seu grupinho de amigos.

sense

A season finale inicou-se dando asas ao acidente de Riley, que até então ninguém tinha conhecimento total. Junto a isso, veio a ida de Will à Islândia com ajuda de Nomi conectada com ele. Acho bem interessante como o título do episódio destaca tanto a bravura de Will a não querer deixar Riley ser levada por Dr. Sussurros, quanto a da própria Riley em não querer abandonar sua filha.

300745

Fora isso, puderam deixar as histórias de cada personagem de lado ao focar apenas na tentativa do resgate de Riley, entretanto, não deixaram de dar um fim ao que todos estavam se perguntando em relação a Wolfgang e sua família. Sim galera, Wolfie matou seu pai e de uma maneira bastante cruel pra uma criança, mas né, só Deus sabe até onde vai o limite emocional de alguém, que leva tal pessoa a fazer tamanha coisa. Era de suspeitar né, desde que ele urinou na cova do pai. Destaque pra as interações dele com Kala, que foram maravilhosas e as vezes que ele passou perto de levar um tiro, eu fiquei bem tipo: Como esse porra não levou um tiro sequer? Sem esquecer de Kala sendo bem útil ao ajudá-lo, como um estudante de química, amei aquele explosivo caseiro que ela fez. No fim disso, Wolfie acabou por matando seu fucking tio de um modo bastante cruel. Fiquei passado com tanto tiro.
Sem títulops: “Não somo como a Sun, não sei usar meus punhos, mas isso não significa que não sei como lutar.” – Kala Linda <3
ps2: “Por isso que tem que casar com Rajan.” Quando percebi que Kala tinha visto Wolfie matando seu tio, fiquei de coração apertado, não quero o fim do meu ship. NÃO!

A sequência após isso foi só todos em prol do resgate de Riley, e as cenas que vieram junto foram bem marcantes. Will conectado a todos, cada um entrando pra ajudar da forma que sabe. Que belo grupo, tô aqui que nem uma criança que fica bestinha assistindo Power Rangers, tipo o episódio que todos os vermelhos se reuniram. Mas todos unidos em sense8 ainda foi melhor, rendendo trocas de personagens que não tirarei da mente por um bom tempo. Eu ficava muito preocupado com esse capiroto do Sussurros com medo de que ele olhasse alguém, já não bastava ele ter Jonas sob controle né? E, gente, Riley já é fraquinha, passou o episódio todo frustrada sem conseguir tirar o acidente da memória. Foi angustiante, ela reviveu o pior momento da vida dela diversas vezes no episódio, acredito que não só eu, como muitos, queríamos que parasse.
ps: Will: – Eu conheço você? ; Lito: – Sim. Nós transamos.
ps2: “Sussurros sabe onde você está.” ; Sun: – Dê um recado a ele: Se ele acha que pode nos deter, vai precisar fazer muito mais! Rainha <3

300324

A cena de Riley dando à luz, que coisa, nunca tinha visto um parto normal numa série dessa maneira. Eles mostraram mesmo a criança saindo e por um momento pensei que Luna tivesse nascido morta (ainda bem que não). Esse episódio me provou que Riley também foi/é uma pessoa forte, só que após esse momento trágico, ela acabou padecendo em meio a tudo, foi isso que fez dela tão amedrontada. Pra isso, foi necessário Will e os outros sensates para salvá-la. Sun lutou, Kala acordou-a, Nomi hackeou a rede do hospital e ainda teve ajuda de Amanita, Capheus conseguiu ligar o carro sem chave e Wolfgang foi corajoso suficiente pra confrontar o helicóptero ao passar por debaixo dele. Foi pra aplaudir de pé. Mas o pior aconteceu, a série precisava de um gancho pra próxima temporada, se já não bastasse os que se tinha da vida pessoal deles como o casamento de Kala, tinha que ter um ligado à conexão deles e, Will acidentalmente olhou pra o Dr. Sussurros, dando ao vilão poder sobre o nosso querido sensate. Procurando uma solução melhor que a morte e querendo ajudar Riley que ainda estava sofrendo sequelas do acidente, Will fez então o seu último ato de bravura, começou lindamente, terminou lindamente que nem a temporada. Ele optou por ficar inconsciente e pediu que Riley desse um jeito de tirá-los dali, superando o acidente. E finalmente ele declarou-se pra ela. Só sei que ao ver todos no barco, indo pra longe do perigo, meu coração não queria aceitar que a temporada estava acabando. Linda demais a última cena, todos juntos.

gudbai

Cara, foi tão maravilhoso, nem acredito que só ano que vem agora, tô aqui olhando pro chão sem saber o que fazer. #VemLogoSeason2. Encerro minha review com essa imagem fofa que recebi:

11350229_683776485101242_2088661301_n

Obs: Quem quiser fazer download da trilha sonora da temporada, basta clicarem AQUI.

Comentem o que acharam da temporada e das reviews, espero que tenham gostado do nosso trabalho até aqui e até a próxima temporada!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu