Posts Populares

Siempre bruja – S01E10 – The final trip [Season Finale]

Poxa…. que finalzinho mais mequetrefe!

Olha, sinceramente dona sempre bruxa, eu tava esperando mais desse final viu? Que sumiço mais porco do Aldemar foi esse? Tá, mas vamos do início. Carmen finalmente volta para o futuro e tenta achar um jeito de derrotar Aldemar, lembra aquela pedrinha que ela roubou no último episódio? Então, só se é possível viajar no tempo através daquela pedra e foi assim que Aldemar descobriu que Carmen estava de volta. Ele foi tentar viajar no tempo para conseguir o poder dos ancestrais e a pedra não estava lá, logo ele foi atrás do Daniel, ele hipnotizou o amigo de Carmen para tentar enganar a bruxinha dizendo que o Estevam o visitou no sonho e blá, blá, blá… Carmen não é tão boba assim e mesmo Daniel revelando coisas que só ela e Estevam sabiam, ela não ficou muito convencida e logo descobriu que o Aldemar estava por trás de tudo isso.

O plano continuava a todo vapor e Alicia e Mayte vão até a casa de Ninibé para tentar descobrir alguma coisa sobre Aldemar, mas elas acabam sendo enfeitiçadas também e com certeza colocariam Carmen em perigo. Ela então vai para o lugar onde pretende colocar seu plano em ação contra Aldemar sem saber que Mayte e Alicia estavam sendo compelidas por ele. Tudo ia muito bem, Aldemar apareceu no lugar marcado para buscar a pedra e o que Carmen não esperava é que ele já sabia do plano e quem acabou caindo na armadilha foi a mesma.

Só que Carmen ainda tinha um outro plano quando possuía uma pedra que roubava a sombra do Aldemar e foi ela que o Johnny usou para tentar deter o bruxo roubando a sua sombra. E deu certo até então, mas Aldemar ainda possuía poder sobre os amigos de Carmen e colocou todos em busca dela e de Johnny para recuperar a sua sombra.

E isso deu deixa para o embate mais esperado de toda a série; Aldemar x Estevam, pai contra filho, o bem contra o mau e quem sairá vencedor? A luta em si foi bem porca e sem muitos atrativos e o que mais pegou foi que nem houve uma briga de fato. Estevam fez uma magia pífia e Aldemar meteu logo o loco lançando o filho contra a árvore e rasgando logo o seu pescoço para que ele pudesse morrer.

Enquanto tudo isso acontecia, Carmen tinha pedido para avisarem a policia sobre toda a história e que falassem que ela era a menina dos pés queimados no hospital e logo todos saberiam que era verdade e que magia existia. Aldemar consegue recuperar sua sombra e quando está prestes a colocá-lá de volto em seu corpo, Carmen joga a pedra do tempo como uma isca para Aldemar e quando o bruxo se distrai ela toma a garrafa com a sua sombra e lança contra o vento para que ela nunca mais volte. Qualquer pessoa inteligente mataria o Aldemar não é verdade? Mas não, todo mundo deixou ele vivo á ponto dele conseguir sumir. kkkk que chacota.

Depois de “derrotarem” Aldemar, as coisas pareciam que estavam voltando ao lugar, Carmen iria voltar para o seu tempo e ninguém mais correria perigo. Antes de ir encontrar Cristovão, Carmen decidiu dar um presente para Johnny, permitiu que ele visitasse os seus pais para poder se despedir finalmente. Só que isso mexeu muito com o menino e ele queria o seus pais de volta. Carmen foi se despedir de Estevam e ficou claro que existe um sentimento entre eles o que pegou todo mundo de surpresa foi Cristovão que conseguiu viajar pelo tempo e encontrar sua amada, mas per ai, como ele conseguiu fazer isso sem a pedra??? Pois bem, Johnny roubou a pedra para tentar trazer seus pais de volta e acabou preso em outro século capturado por piratas.

Sim amigos… assim acabou Siempre bruja, uma série mediana com um marco histórico, pois, era a primeira vez que veríamos uma negra como protagonista e isso óbvio chamou muita atenção. A série deixa muito a desejar e está longe de retratar assunto sociais e políticos, acaba que vira um romance água com açúcar com uma abordagem cativante e para por ai, nada além disso. Estamos prestes a ter uma segunda temporada e vamos ver no que vai dar.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries