Nate é a alma de Significant Mother, que personagem ótimo!

Primeiro, desculpem a demora pra postar as reviews da série, mas eu estive bem enrolada por esses dias. Bom, mas vamos lá a review dupla começando pelo 1×03.
Confesso que esse episódio achei o menos legal de todos até agora, por mais que seja uma série de comédia, senti falta de um pouco mais de um leve drama na situação que era: Lydia está ou não está grávida de Jimmy? Por mais que eu já imaginasse que ela não estivesse grávida assim no começo da série, acho que todos lidaram bem demais com a situação, o choque durou poucos segundos rsrs
Mas, com certeza, o que “salvou” o episódio foi Nate. Ele tentando esconder de Jimmy que sabia que a mãe tava com suspeita de gravidez foi ótimo, arrumando disfarces pra não revelar a sobrancelha que levanta quando tá mentindo, aquela cena dela no restaurante foi bem engraçada hahahahaha
Coitado viu? Tá tendo que lidar com cada situação dessa mãe que não é brincadeira não.

1

Jimmy tem se revelado cada vez mais gato e gostoso e burro hahahahaha
A cena que ele aparece de cueca na cozinha enquanto Nate e sua mãe estão conversando, valeu quase pelo episódio todo… SOS! Mas como é burrinho, meu Deus. A cena que ele falou como se pronuncia ginecologista foi engraçada de tanta burrice hahahaha
Entendo a Lydia ter uma atração física bizarra nele porque né?? Mas não consigo entender como se interessou por um cara assim… se bem que entendo sim, a Lydia é bem infantil apesar da idade e acaba se identificando de certa forma com Jimmy. Vamos a um momento de apreciação porque nós merecemos 😛

2

Uma personagem que me irritou bastante nesse episódio foi o pai do Nate, o Harrison. Ai que cara chato! Ficar perseguindo a mulher e a obrigando a presença dele, afffff ¬¬
As cenas dele com Jimmy indo atrás dela no ginecologista  e até lá no médico mesmo, foram divertidas, mas o tempo todo eu torcia pro Jimmy acabar com a raça dele, odeio gente sem noção. E, sinceramente, não sei da onde ele tirou que se ela tivesse grávida, ela iria querer que ele criasse o filho com ela HA HA HA
Por fim, Lydia não está grávida e fica meio sentida porque descobriu que deseja ter um outro filho assim que possível, mas aliviada por um lado né? Jimmy ia assumir o filho, mas melhor ainda não. Ela descobre que passou mal por conta da ricota caseira e o remédio de enjôo mexeu com os hormônios por isso alterou os testes. E foram todos felizes pra sempre ahahaha
Uma personagem que foi bem inútil nesse episódio foi Sam, só ficou querendo escrever uma música country sobre Nate, espero que voltem a aproveitá-la e a paixão de Nate por ela pode dar um bom pano pra manga.

3

O 4º episódio foi divertidíssimo, mudando completamente em relação ao episódio anterior. Acho que isso se deve por ter sido focado em Nate, que é a MELHOR personagem da série, sem dúvidas. Essa história dele ter ido drogado pra entrevista com a blogueira rendeu ótimas risadas e muito boas histórias, inclusive pras outras personagens. Nate acaba comendo de manhã os ursinhos de goma cheios de maconha que Lydia comprou pra usar com Jimmy, mas ele a fez mudar de ideia já que o efeito durava 6/7 horas e eles tinham que receber a blogueira no restaurante no dia seguinte (Pausa: gente, que maconha fuderosa é essa que o efeito dura longas horas? Socorro hein? Hahahahah), mas eles deixam o pote com os ursinhos à mostra e Nate mete a mão e come muito. Em vez dos dois avisarem a ele, não. Resolvem deixar tudo correr de boa… e realmente tudo corre maravilhosamente bem até Nate se tocar que está drogado. Mas antes disso, ele arrasou muito! Jogou na cara do pai o quão ele é ruim como pai, deu idéias ótimos pros pratos pra apresentar à blogueira e… realizou seu desejo e beijou Sam!!!! SIIIIM, FINALMENTE! E ela gostou viu? Só eu notei a carinha dela depois que ele saiu? Mas, claro que quando ele acordou do transe, fingiu que não lembrava e nem ela… Affff! Espero que agora que a porta se abriu, as coisas entre os dois comecem a evoluir, acho bem fofinho os dois juntos <3

1-

É gente, mas depois que ele descobre que tá chapado, bate o desespero e as coisas parecem que vão degringolar, mas graças a união de Jimmy, Lydia, Sam, Harrison e o chefe do restaurante eles conseguem enrolar a blogueira e passar uma excelente imagem do restaurante e da comida. Ai gente, mas foi muito bom eles pegando o Nate caído na rua apagado e fingindo que ele tava ali super acordado e ativo. Foi bem engraçado também a relação do Harrison e do Jimmy nesse episódio, Jimmy todo ingênuo já carinhoso com ele e depois recuando, uma outra hora achando que os dois tinham a ver RS
Jimmy sozinho não tenho achado muita graça não, mas a interação dele com os outros é ótima.

2-

Vamos ver qual será o plot do próximo episódio e se vão continuar no embalo bom do quarto episódio ou ficar morno como o terceiro. Espero e acredito que seguirão no embalo 😉

Clique aqui para ver a promo do 1×05

 

Caroline Azevedo
Caroline Azevedo

Complicada e perfeitinha. Me tira tudo, mas não me tira minhas séries e a música. Já que não tenho o meu mozão, shippo os mozões do mundo seriador: Delena, Captain Swan, Olicity e Zade são os principais. Entre os meus vícios, estão The Vampire Diaries, Once Upon A Time, The Originals, Arrow e Supernatural.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: