Direitos Humanos vs Direitos Alienígenas

Tão rápido, tão intenso, cheio de diálogos e ação, quebrando sequências de drama com pequenas pitadas de humor, assim seguimos com a segunda temporada de Supergirl, que vem simplesmente ARRASANDO! Mais uma vez os direitos alienígenas foram o tema central do episódio, foi lindo ver a animação de Supergirl ao espera a chefe de estado descer daquele Air Force One.

sg-we-love-madan

E foi lindo ver o rosto de felicidade estampa da Supergirl e daquela pequena garotinha do lado, as vezes esquecemos que as séries se relacionam de certa forma com o mundo real, e da mesma forma que atualmente Hillary Clinton disputa as eleições com o nojento do Donald Trump, vemos aqui uma presidente mulher descendo toda imponente do avião, além disso a discussão dos direitos alienígenas no centro do episódio, com a presidente claramente defendendo eles, vemos Hillary sendo a melhor opção para os imigrantes, negros e para a comunidade LGBT, acredito ainda que aquela fala da personagem Maggie Sawyer sobre ela não se sentir parte, se sentir uma estranha, complementa ainda mais essa discussão.

sg-lynda-carter

A presidente não é ninguém menos que a belíssima Lynda Carter, ela continua maravilhosa! Para quem não sabe, Lynda Carter interpretou a Mulher Maravilha em uma série de TV durante a década de 70. Logo no início do episódio, a presidenta acabou sendo atacada por algum alien, a princípio a DEO e a Supergirl acharam que era o alien fugitivo interpretado pelo maravilhoso Chris Wood.

sg-mon-el

Na sequencia o debate dos direitos alienígenas seguiu, só que dessa vez entre dois deles, de um lado J’onn e do outro a Supergirl, aparentemente J’onn segue incrédulo em relação a outros possíveis alienígenas também serem boas pessoas tentando se adaptar a tudo, do outro a lado Supergirl que defende uma total liberdade, total manutenção de direitos, mas que esquece que seus conterrâneos também podem fazer o mal, restava a ambos fazer o exercício de se colocar no lugar do outro e isso foi trabalhado durante o episódio.

Mas agora vamos falar de quem vem chamando atenção nessa segunda temporada, e essa se chama Alex, a ausência de Cat ainda é sentida, mas a direção da série foi inteligente em dar mais destaque a ela, que vem suprindo com maestria. Simplesmente amei as cenas de interação entre ela e Maggie, aliás que DUPLA amigos, senti um baita clima no ar entre ambas e espero que role algo!

A interação de Maggie, Alex e Supergirl para derrubar aquela ameaça a presidente foi brilhante, e vimos um outro lado do discurso, onde a moça lembra a todos que tudo pode ser um plano maior para apenas identificar a todos os alienígenas e terem todos catalogados, bem Guerra Cívil não é mesmo? Enfim, no final descobrimos que Lynda Carter aka Wonder Woman aka Presidenta também é uma alien! To CHOCADOOO, eu realmente não esperei isso, mas achei bem Mística no X-Men imitando as figuras de estado! ADOREI!

sp-madam

Além de toda essa trama envolvendo a presidenta e o conflito com a alien lança-chamas, tivemos os momentos de Kara trabalhando como repórter, ela entrevistando Lena Luthor (Minhaa Morgana de Merlim <3 ) foi demais! O momento que Lena mostra o dispositivo de identificação de alienígenas foi sensacional! Acho que Lena ainda vai aprontar muito, ainda não sei se para o bem ou para o mal, acredito que para o segundo, porque Katie McGrath tem o talento para isso!

E tivemos os momentos de humor envolvendo Snapper que queria mandar no James também, inicialmente ele mandou, dominou a todos da revista, mas no final vimos James acordar para a vida e se posicionar como chefe, vamos ver o que vem pela frente, de resto até gostei de James como chefão, agora que aparentemente os produtores desistiram de colocar ele como par romântico de Kara, AMÉM e esse acabou sendo o plot dele.

Agora vamos voltar a falar de Chris Wood, vimos que ele acabou sendo capturado após tentar mandar um sinal para Daxum, o planeta irmão de Krypton. Supergirl acabou refletindo com todos os acontecimentos, principalmente naquele momento em que ela reescreve a matéria sendo mais neutra e isso acabou sendo essencial para termos a primeira conversa entre ambos. Ele se chama Mon-El, e acaba sobrando para Supergirl contar sobre o destino dos planetas de ambos, agora é esperar, Mon El vai ter que se adaptar a Terra e acredito que funcionara como um parceiro para ela.

sg-monel-kara

Por fim, vimos aquele bar cheio de alienígenas, e após também refletir sobre todos os acontecimentos vimos que J’onn resolveu ir e aceitar a si mesmo, esse parece ser um problema continuo para ele, realmente ele ainda não se sente bem na pele do Marciano, mas agora com a chegada da Miss Marte, a última filha de Marte chamada M’gann M’orzz! Eu simplesmente amei esse momento.

sg-marciana

E minha gente as mudanças seguem, temos a Miss Marte, Mon El, Lena Luthor, Maggie e acredito que todos estes podem se juntar a Supergirl, Alex, Winn e J”onn em uma possível grande guerra contra a Cadmus, vai ser bem interessante ver tudo isso rolando por Nacional City. Desses todos que citei só o papel de Lena Luthor segue ambíguo, não sabemos se ela é uma boa ou uma má pessoa, alias ela segue pontuado que foi adotada, será que ela é humana mesmo? Vai saber!

Por hoje é isso, espero que tenham curtido o review paneleiro dessa semana! Até uma próxima.

Lindomar Albuquerque
Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.
Deixe-nos um comentário!
  • Leeooziinho Santos

    Nossa, é essa a minha reação para esse episódio. Antes de tudo to amando as reviews Lindomar. Essa temporada está saindo melhor que a encomenda, eu fiquei em choque com o final do episódio com a revelação a única filha vida do planeta do J´onn. Já esperando pelo próximo tiro.

    • Lindomar Albuquerque

      Fico feliz que estão gostando das reviews! Tenho tomado bastante atenção para não esquecer dos detalhes! Eu to gostando bastante da temporada leo, o saldo tem sido bem positivo e agora temos de certa forma uma equipe se formar, temos Supergirl, Mon El, J’onn e agora a Miss Marte, isso falando das pessoas que tem poderes, temos ainda Winn e Alex que são um sambaaaa!

  • Paulo Adriano Rocha

    Eu não gostei muito desse episódio, porque ficou claríssimo que era pura propaganda eleitoral. Sou do tipo que acha que TV é pra divertir, apesar de a gente sabe que vai além disso, né? Mas, fazer o quê?
    Enfim, minha gente, Melissa é muito fofa demais. Traz logo o Barry pra fazer par com ela, que vai ser perfeito. O que foi aquele nervosismo em frente à “presibente”? Hahaha. Ela é perfeita.
    Nesse episódio, só achei Winn pouco explorado, mas pow, o marciano, a Alex, a detetive, Lena, até o sem graça do James foram muito valorizados. Gostei muito disso.
    Agora, como é que o cara nasce em outro planetas, passa anos numa cápsula espacial e já acorda falando inglês, heim? Ninguém merece isso…
    Parabéns pelo review, Lindomar!

    • Lindomar Albuquerque

      Vlw Paulooo! Eu acho que é porque os americanos vem a política de forma diferente, você vê a mídia inteira tomando posicionamentos e deixando claro isso, aqui as mídias fingem que que não tem um vies eleitoral no geral.

      Sobre Melissa, AMOOO ELA, e apesar de não ter o Barry por lá, já quero um casal fofo com o Chris Wood, eu amei o vilão que ele fez em The Vampire Diaries e acho que amarei o Mon El também! HAHAHA

      Winn ficou de lado, mas super entendi por conta do roteiro e do número de acontecimentos kkk, sobre esse futuro, vamos fingir que foi uma licença literária justificavél pra facilitar kkk, mas interessante porque no mesmo episódio a Maggie fala que beijou a namorada para ela aprender o inglês no caso.

      • Paulo Adriano Rocha

        Eu ODIAVA o Kai. Cara, aquele bicho era muito psicopata. Tanto que não merecia aquela morte ridícula. Era ter sofrido mais, aquele mizerávi. Pior do que a Katherine aquele peste. Hahaha. Pelo menos ele não vai fazer um vilão, já vai dar pra apagar aquela memória. Rs. Mas espero coisas boas dessa dupla.
        Também achei massa trazerem a Miss Marte. Daqui a pouco vão fazer os Teens Titans. Hehe.
        Vamos ver o que nos aguarda, mas, até agora, tá muito super essa série.

%d blogueiros gostam disto: