Uma das felicidades da minha semana: escrever sobre Supergirl

Quantos plots interessantes, quanta ação, quanta história e que desenvolvimento, os efeitos visuais melhoram bastante e sinceramente não tem fortes críticas a essa segunda temporada de Supergirl. Fica evidente para mim que existe a necessidade de formar um #TeamSupergirl, como temos o #TeamArrow e o #TeamFlash, nossa heroína não irá atuar de forma solo e vemos que Alex Danvers, Winn e o Guardião, Jonnz e provavelmente Mon El formaram esse time.

O segundo episódio focou em três núcleos, o primeiro envolveu o Guardião de James Olsen e Winn, vimos que as constantes ações de James estavam despontando por toda cidade, o novo vigilante de Nacional City ajudando a resolver os crimes e ajudando as pessoas era uma boa coisa, mas de repente um novo vigilante aparece, e começa a matar os alvos que James até então apenas prendia. Vemos que James fica todo revoltado, e até quando Snapper Carr o questiona sobre sua ética ele fica sem ação. Aliás não vou mentir adorei esse pequeno momento, James está ali apenas substituindo Cat e fazendo um papel de planta, o núcleo da CatCo perdeu toda sua importância nessa segunda temporada, e acho que é algo sem volta.

Enfim, vimos que eles quase foram pegos pelos policiais e acho que isso de esconder de Kara bem nada haver, vimos que no primeiro aperto de Alex Danvers, Winn confessou e foi graças a isso que ambos foram salvos no fim do episódio quando conseguem derrubar o novo vigilante da cidade. Falando em vigilantes, Kara mencionou que seu primo trabalhou com um vigilante uma vez que usava apetrechos e tinha demônios, seria o Batman minha gente?

Tivemos ainda os efeitos da doação de sangue de Mgann para Jonnz, e sério minha gente sabemos que toda raça dos marcianos verdes foi dizimada pelos marcianos brancos, que existe diversos motivos para Jonnz odiar Mgann, mas julgar ela dessa forma? Ela confessou a ele que ela era a marciana branca que se rebelou contra o sistema, ela apanhou bonito e quando achei que ele caiu em lucidez, ele a prendeu em uma daquelas celas, e agora está se transformando em um marciano branco. Fiquei bem chocado com isso, e espero que eles consigam reverter, mas é um plot poderoso para o desenvolvimento da temporada. Acho que poderiam ter focado mais nisso e menos em James Olsen/Guardião.

E vamos ao que interessa CADMUS, vimos que no último episódio Mon El acabou sendo sequestrado por Lilian Luthor e companhia, nesse episódio vimos que ele era uma mera armadilha para Lilian conseguir uma amostra de sangue da Supergirl. Tudo quase deu errado, mas Jeremiah, isso mesmo o pai de Alex e Kara salvar Supergirl e Mon El, não sabemos o grau de envolvimento dele com a Cadmus ainda, mas deve aparecer mais nessa temporada. E conhecemos o Superman Ciborgue, sinceramente gostei da saída de ser Hank Shawn, o ser humano por trás de Jonnz, mas seria mais justo que fosse alguém com a aparência do Superman! Já que neh.. Superman Ciborgue..

Enfim, as cenas dentro da Cadmus nos mostraram que sim, Mon El e Kara Danvers já são um shipper para a gente torcer, hahaha, ele perguntando para Winn e James sobre os rituais de acasalamento foi simplesmente sensacional. Tivemos ainda Alex Danvers se resolvendo com Maggie Sawyer após a sofrência do último episódio, acabando tudo em um banho de piscina e nas duas sendo amigas, mas acho que tem muita água para rolar nessa relação ainda.

453546

Fora isso, acabei mencionado o nome da Mother Luthor lá em cima, descobrimos quem é Lilian Luthor, e seus motivos, ela coloca seu filho Lex como uma vítima do Superman, mas o que não sabemos é qual o real envolvimento de Lena Luthor com tudo isso. Por fim, vimos parte do real plano da Cadmus, eles usaram o sangue da Supergirl para ir até a Fortaleza da Solidão e descobrir mais sobre o Projeto Medusa.

Por fim o Crossover vem aí, começando por Supergirl na segunda, Flash na terça, Arrow na quarta e Legends na quinta! Estou muito ansioso por tudo isso e a equipe do Panela de Séries vai se empenhar para trazer tudo que rolou o mais rápido possível.

 

Lindomar Albuquerque
Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: