Posts Populares

Supergirl – S03E15 – In Search of Lost Time

Verdades podem ser brutais, e aceitar elas as vezes trazem muita dor mas podem ser o único caminho possível… 

Supergirl trouxe um episódio forte e poderoso… no meio de toda a bagunça com a possibilidade das três worldkillers se unirem e acabarem com tudo. “In Seach Of Lost Time” se dividiu em três diferentes núcleos que funcionaram muito bem de forma separada, em primeiro lugar a saga de Lena em tentar ajudar sua amiga Sam.

Sempre vai existir a dúvida se tudo que Lena faz é realmente apenas bondade ou se existe algo por trás, acredito que muito de nós quando vimos antes do hiatus ela colocando Sam dentro daquela jaula pensou que algo a mais poderia acontecer, mas o que vimos foi uma fiel amiga usando toda sua tecnologia e suas armas para tentar ajudar Sam.

Vimos uma sequência maravilhosa onde Sam seguia negando aquilo que Lena vinha dizendo a ela e ai entrou o panacão do James Olsen para dizer o óbvio pra Lena, as vezes não adianta você dizer, falar, você precisa fazer a pessoa ver aquilo que ela vem fazendo, se ver em um espelho e foi exatamente isso que Lena fez. E minha gente que ATUAÇÃO maravilhosa da Odette Annable, sentimos cada emoção presente desde a raiva surgindo quando Lena disse todas aquelas coisas pra ela pra trazer Reign pra fora ao choque quando ela se da conta que é uma alienígena maligna que vem matando humanos e que pode colocar sua filha em perigo.

O que elas vão fazer agora? Não faço ideia mas acho que o próximo passo de Lena pode ser enfim pedir ajuda a Supergirl, pelo que pouco que entendi o DNA de Reign deve ficar cada vez mais forte, até o momento que ela terá total controle sobre Sam, acho que isso será algo gradual na história.. como fica a pequena Ruby no meio de tudo isso? Como será quando Kara descobrir tudo? Estamos atentos…

Falando em Kara.. o episódio finalmente resolveu outra questão que deixava o fandom da série em geral se questionando, teremos um romance entre Kara e Mon El novamente? Acho que ao contrário de muitos que viram esse episódio definindo tudo como apenas uma amizade, vejo que finalmente talvez eles possam vir a construir algo, por influência dos surtos de M’yrnn Kara acabou dizendo todas as verdades que precisava dizer a Mon El.

Como ele próprio destacou as verdades podem ser brutais as vezes, mas precisam ser ditas, ele mereceu ouvir tudo aquilo que ouviu e acredito que isso possa ser essencial para a relação dos dois seja apenas como amigos ou como um par romântico no futuro.

Drama do casal resolvido.. vamos falar desse traje! Que traje MARAVILHOSO, caiu muito bem no maravilhoso Chris Wood! Amei forte e muito fiel ao original. Aliás essa discussão toda dos dois ainda abriu uma desculpa pra Kara aprender a usar sua capa na hora da luta, vai precisar amiga afinal são três assassinas ai logo mais.

O último e acredito mais profundo plot trabalho neste episódio foi a aceitação de M’yrnn que ele tem um problema a lidar e que precisa aceitar a ajuda dos outros. No começo do episódio vimos ele tendo dificuldades para lembrar de pequenas coisas e levando tudo na brincadeira, ele jamais queria aceitar que tudo aquilo estava acontecendo com ele e que ele passaria a ser dependente do filho tão rapidamente.

Jonn precisa intervir e ajudar seu pai nisso, mas foi complicado. Vimos que a dificuldade do pai dele de lidar com tudo aquilo quase causou uma destruição em massa da DEO, e no final foi lindo a Supergirl tendo aquele dialogo sincero com M’yrnn sobre como as vezes algumas coisas acontecem com a gente e apenas podemos aceitar e lidar da melhor maneira possível, TRUE minha amiga!

Supergirl segue sendo a melhor coisa dessa temporada 2017/2018 na CW, melhor série de herói e sempre entregando episódios completos, amarrando as pontas, trazendo plots interessantes, vilões bem trabalhados, sabendo dividir e trabalhar todos os personagens, tá todo mundo de parabéns! Estou curioso pelos próximos passos que devem trazer a famosa Pestilência que apareceu ai no fim do episódio causando a morte de vários pássaros.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

A indie/gótica do @PanelaDeSéries! Paulista, canceriano, 27 anos de dores na coluna, faço Doutorado em Biotecnologia e vivendo pelo mundo. Me chama para beber @ e vamos falar de série, falar de Imagine Dragons e Lana Del Rey, falar de signos, falar de ciência e xingar os fascistas.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries