Posts Populares

Supergirl – S04E07 – Rather the Fallen Angel

Com as verdades vindo a tona, a SuperGirl está ficando mais esperta. 🙌

A força dos filhos da liberdade está cada vez com um avanço inimaginável, muitas vezes por falta de desinformação da população e o ódio do povo, além disso, todos eles estão cometendo vários erros, com cada um querendo tomar sua frente e agir da sua forma e sabermos que assim não funciona, parece até mesmo uma metáfora com a eleição do Brasil, não houve união entre todos e algo que não queriam aconteceu.

O episódio já começou com a SuperGirl impedindo um dos “filhos da liberdade” de fazerem mais um ataque e novamente com o Manchester em destaque, só que ela parece não querer muito trabalhar com ele, mesmo ele conseguindo algumas informações interessantes. Enquanto a DEO luta para desvendar as coisas, o James que havia ido encontrar com o líder dos “filhos da liberdade” para saber mais, só que eles só queriam realmente usar ele e sua fama de guardião, fora que sei ele saber, pretendiam fazer o grande ataque a supergirl. O mundo tomado por ódio de todas as partes faz com que a Lena não perceba a bomba que ela está fazendo em tentar criar uma super-raça humana, ainda mais com experimentos que nem sabem para onde partir.

O bem decidiu dar uma cartada de mestre usando a Tv para colocar a população contra a supergirl, já que a dor de vários que sumiram, graças ao Manchester, por exemplo, era o terror que a população precisava, só que a superGirl continuou ouvindo ele, até mesmo indo ao porto atrás de uma pista que ele conseguiu ela foi, mas ela percebeu o quanto descontrolado ele estava, até mesmo atacando inocentes ele estava. Em outra vertente da série, o James conseguiu a ajuda para fugir do cativeiro, que na verdade era uma ilha, mas conseguiram ser pegos, por sonsura (ou armação do Tom), então ele decidiu ajudar os “filhos da liberdade”.

Que a Lena perdeu o juízo eu tenho certeza há vários episódios, mas essa cobaia que ela escolheu era uma das piores possíveis, pois não se preocupa com nada e ainda poderia virar um super-humano, sem nem saber das consequências, totalmente um suicida, que se sobreviver poderia causar ainda mais sérios problemas. A Kara tentou conversar com o J’oon sobre as reais intenções do Manchester, já que ele prega tanto a paz e ao ouvir o amigo decidiu ir até ele para conversar e investigar junto com ele, ainda mais que o Brayne havia descoberto que os “filhos da liberdade” estavam com a ideia de fazer uma bomba.

A Anta do James continua com a ideia de ajudar os fascistas da série, para proteger o Tom, que já percebeu que os “filhos da liberdade” não são esses bonzinhos todos não, mas como o James ficou encurralado, poucas ideias estavam surgindo. As investigações do Manchester e da Supergirl chegaram a um ponto que dava para saber que o QG da organização criminosa era uma ilha, então o Manchester conseguiu manipular a superGirl para ir com ele sozinho a tal ilha, chegando lá vimos que era tudo uma armação para ela, já que ficaria sem poderes, o que comprova desde sempre que o Manchester não prestava para nada.

Toda a armação do Manchester foi para encontrar o líder, mas lá ele percebeu que foi tudo uma armação, que jamais iriam deixar o líder livre assim, mesmo eles sabendo de toda a história da Fiona, além disso, na ilha a SuperGirl estava presa em uma espécie de farol, na qual ela não podia usar seus poderes, sem contar que o James estava prestes a explodir o local, sem ele saber da armação dela, mas felizmente ele percebeu com ela dando um sinal de lá, em uma luta muito forte dela, consigo mesmo e nessa hora começou toda a luta, com até o Tom ajudando ele, só que a bomba ainda iria explodir, mas o Manchester desativou todas as barreiras de poder da supergirl e ela conseguiu se salvar, o que deixou o Ben bem puto, já que ele acompanhava tudo a distância.

A Lena depois de conhecer melhor a história de sua cobaia, até tentou desistir do procedimento para não se sentir culpa de outra possível morte, mas ele a convenceu que o progresso sempre tem riscos, então ela decidiu continuar a loucura de transformar humanos em superpoderosos, onde parece que não conhece como o ser humano é um ser humano péssimo, mas tudo deu errado, ele conseguiu sobreviver por poucos minutos com as habilidades, mas deu uma ajudada no avanço. Outra ponta solta era o Manchester, que ficou encurralado pelo J’oon, mas o marciano também foi traído e viu seu ex-amigo sair de boa, pronto para a sua vingança, o que deixou ele extremamente devastado, chegando a chorar, por ter falhado e visto que o Manchester está mantando mesmo.

Esse foi um dos episódios com mais viradas de mesa da temporada, deixando todo pensamento sobre todos bem amplos, nos provando que nem sempre os bonzinhos e vilões são os pré-determinados, mas sim as circunstancias fazem as pessoas, prova disso é o Manchester, o Tom e até o James, cada um andou de forma benéfica para si, sem se preocupar com todos os possíveis acontecimentos, mas ainda sim a série nos deixou um bom gancho para o próximo episódio.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Phelipe

Um cara Fitness, gosta de esportes e um escorpiano nato, apaixonado pela vida. Um "nerd" que curte balada e um baladeiro que curte coisas "nerds", porque a vida é muito curta para se apegar em coisas pequenas, logo pode observar que sou uma pessoa muito eclética em todos os sentidos da vida.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries