Posts Populares

Supergirl – S05E08 – The Wrath of Rama Khan

A batalha de Supergirl contra o Leviatã atinge o clímax quando ela confronta Rama Khan. Hope prova ser uma ajuda essencial para Lena quando ambas estão prestes a executarem o Projeto Non Nocere.

”People can change. That is what’s so beautiful about the world.”

O oitavo episódio de Supergirl tinha a difícil missão de amarrar o enredo da série com o Crossover que se inicia na próxima semana, dar conta do conflito entre Lena e Kara e da ascensão de Leviatã e seus súditos. Parecia muito para 40 minutos mas os roteiristas e diretores conseguiram fazer um ótimo trabalho.

A trama focou de forma inicial no conflito entre Kara e Lena, como bem sabemos nossa heroína ficou extremamente devastada pela atitude de sua amiga e ela segue meio estonteada com toda situação. Para piorar tudo isso, Lena está próximo de lançar seu protótipo e isso desperta uma preocupação em Alex que começa a relacionar as atitudes de Lena com as possíveis atitudes de Lex Luthor e ela pensa que uma boa alternativa seria destruir a base que ela se encontra com um míssil o que poderia levar Lena a morte. Supergirl não concorda com a atitude e ela insiste em buscar no dialogo uma chance, infelizmente a conversa motivacional/balela não colou e Lena seguiu seus planos.

Entretanto a captura de Malefic e sua mudança de atitude aparecem como uma esperança para resolver o caso, ele poderia usar suas Q-waves e destruir todo o protótipo de Lena. No mesmo momento vimos Rama Khan ascender no meio da cidade e ameaçar implodir um vulcão que andava adormecido nas profundezas de National City. Para o seu plano funcionar ele precisa que Andrea Rojas use seus poderes mas ela acaba se negando o que desperta ainda mais a irã dele. A cartada final foi quando Andrea se uniu a Supergirl e Joonz Joonz no duelo contra Rama Khan.

O desenvolvimento final levou a uma cena repleta de ação que envolveu uma decisão de Alex em poucos segundos e depois na necessidade dela confiar em Malefic, tudo funcionou e eles destruíram o dispositivo de Lena Luthor. No outro lado, os heróis evitaram a erupção do vulcão e aparentemente Rama Khan perdeu a liderança do grupo do Leviatã, esse gancho do Leviatã acabou sendo deixado para 2020 quando a série retornar após o crossover. Eu até gostei dos efeitos visuais utilizados e tenho pleno certeza que o dinheiro foi todo guardado pro crossover, então seguimos sem criticar nada disso.

Lena acabou sendo acusada pelo lançamento do protótipo e poderia ter sido presa pelo FBI senão fosse Eve que ela mesma modificou e que de forma solidária resolveu por a culpa inteira em si só e convenhamos currículo para isso ela tem.

Sobre o crossover, os últimos dois minutos foram dedicados a isso, quando o Monitor aparece para Joonz que tinha acabado de se despedir de seu irmão. O Monitor informa a ele que tudo foi um teste e que ele foi o responsável por libertar Malefic. Na cena final vimos que Nash chegou naquela caverna e conseguiu abrir ela, uma luz forte envolveu ele e aparentemente foi ali que tivemos o nascimento de Pariah. Ainda tivemos a revelação que o Monitor fez alguma espécie de acordo com Lex Luthor que envolve sua irmã, estou bem curioso.

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

A indie/gótica do @PanelaDeSéries! Paulista, canceriano, 27 anos de dores na coluna, faço Doutorado em Biotecnologia e vivendo pelo mundo. Me chama para beber @ e vamos falar de série, falar de Imagine Dragons e Lana Del Rey, falar de signos, falar de ciência e xingar os fascistas.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries