26 de outubro de 2016
Supermax – S01E05 – Episódio 05

Supermax já não me surpreende em mais nada.

Tenho que ser bem franco em mostrar o porquê de ter iniciado minha review com essa frase. Frente às grandes produções, que certamente são encabeçadas por uma equipe mais experiente, como as primeiras temporadas de American Horror Story e Penny Dreadful, é necessário dizer que Supermax não prenda tanto quanto às anteriormente citadas. Dito isso, venho declarar minha felicidade no fato deles estarem sabendo dosar o mistério e um pico emocional que relacione a vida de um participante, pois depois de 3 episódios numa pisada devagar daquela, eu só queria dormir durante cada um.

Foi então a vez de mostrar mais sobre a vida de Janette. Sinceramente já estava achando um absurdo aquele tipo de atitude dela e Luizão em estarem se exibindo pros colegas, mas como não sei o que faria em seus lugares, não vou jugar. Mas eles pareciam estar combinando ou algo do tipo. Esse boxeador é um fdp da porra né, pois vimos que ela tentou resistir, mas se gosta de macho, vai mesmo recusar? Me poupe! O comentário de Diana foi ridículo, e ela já veio a cair no meu conceito igual. Se bem que me pego sem gostar de ninguém ali, só queria que todo mundo morresse daqui pro final, ou a maioria. E, tirando o fato da estória de Janette não ser nada incomum, tem de se trazer outro papo à mesa: Por qual motivo estão ainda todos vivos? Me sinto mais confuso que a mente cagada de Dante. Ver a transição entre o impacto de seu passado e os flashbacks e FINALMENTE a lágrima descendo, a execução pela atriz foi simplesmente maravilhosa de se assistir, valendo até um replay de leve.

437583

Pois bem, viver de alucinações não dá! Que milagre foi esse que aconteceu com Cecília? Os aspectos sobrenaturais de Supermax não passam de toscos e viajados. E, por mais que isso não seja ruim, EU não consigo enxergar uma conexão entre as coisas, até porque sou do tipo de pessoa que gosto de ver sentido na trama, e estamos presenciando apenas a alucinações e pesadelos. Fico em dúvida sobre o que é ou não real, sem contar o fato de aquele javali ter sido morto no início do episódio passado, mas até então nada concreto. Se aqueles capetinhas sem olhos são realmente reais, por que eles não aparecem para infernizar a vida de todos os participantes? É, me pego até um pouco decepcionado com tanto potencial e pouco aproveitamento. Resta a mim esperar os próximos episódios para saber se Supermax consegue me trazer algo inovador e chocante, pois até então sigo pouco animado para com a série.

436745

Por fim, sintam-se à vontade para compartilhar conosco suas opiniões sobre o episódio e/ou a review. Até a próxima!

 

Antonio Netto
Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.
Deixe-nos um comentário!
  • Bruno

    Tá tudo tão arrastado que realmente dá sono.
    Quero ver mooorteee!

    • Antonio Ferreira Netto

      Justamente Bruno, não tá dando mais! Tinha expectativas de ver muito sangue jorrar.

%d blogueiros gostam disto: