Em sua 12ª temporada, Supernatural tem uma de suas melhores estreias.


Eu sou uma seriadora de mão cheia, acompanho diversas séries e sempre tô vendo mais e mais séries, mas tem aquelas (poucas, atualmente) que estão no meu ranking de favoritas e nunca saíram de lá, como Supernatural, aí muita gente pode me perguntar o porquê, já que a série teve umas temporadas anteriores bem fracas, simples: após 11 temporadas, SPN conseguiu ter a melhor premiere de todas as séries que acompanho (e como eu disse, não são poucas). E o mais engraçado é que eu não tava esperando quase nada desse episódio, principalmente pela finale da 11ª e é justamente por isso que eu AMO essa série, na sua 12ª temporada consegue fazer episódios tão bons a esse ponto. Que equipe!

Queria dizer que apesar de ter gostado muito desse episódio, eu sofri bem muito também, viu? Aquelas crueldades com o Sam acabaram comigo. O ódio que eu tô nutrindo por aquela b*tch britânica não está no gibi, SOS! Primeiro, a mulher tortura o Sam de todas as formas possíveis e depois, fica se achando a última bolacha do pacote né? Faça-me o favor, queridinha…Aqui é Winchester, não é qualquer coisa não e Sam mostrou pra ela com quem ela tá lidando, deu belíssimos tapas na cara dela durante o episódio, me representou demais esse lindo, morri de orgulho xD
Na verdade, já garrei abuso dessa mulher como também dessa unidade inglesa do Homens das Letras, não vejo a hora dos nossos queridos Winchester americanos mostrarem quem é que manda nessa p*rra, isso aêeee rs
Mas mesmo se mantendo firme e forte e sabendo se livrar de todas as armadilhas armadas pela tal da Tori, Sam sofreu um bocado nas mãos dela hein? Na hora que ele ficou encolhendo o pé para não ser queimado, doeu em mim. Aiiin, acha logo seu irmão e salva ele, Dean, ele precisa de você para destruir tudo 🙁

1

Gente, e a volta da Mary? Tô amando muito tudo isso! No início, ainda tava meio perdida sobre o que tava acontecendo com ela afinal, mas depois quando Dean explica pra ela que a Amara realmente reviveu ela, eu fiquei no chão e fui adorando ela ao longo do episódio. Pra mim, ela é o Castiel em versão feminina, aquela cena dos computadores que ela pergunta se é computador e o Cas responde super entendendo ela só deu a certeza disso. E a outra que ele conversou com ela dizendo que quando ele chegou na Terra também ficou tão perdido quanto ela foi outra também, adorando esse laço entre os dois, daqui a pouco vai virar “filho” 😛
Mas a relação dela com o Dean e a interação dela no universo da série tá ótima, a cena dela com a Baby e o Dean, quando o Dean se dá conta do que ela tá lembrando foi hilária! AHHAHAHAHAHAHAHAHA
Povo anda dizendo que isso foi uma demonstração que o Dean foi concebido ali, afinal se ela tá há 33 anos morta, o Dean tem 37 e o Sam 33, ou seja, Baby tem 49 anos e é dá o tempo tranquilo dele ter sido concebido ali e eu, particularmente, adorei essa ideia hahaha
Além disso, ela já mostrou que o sangue badass corre nas veias dos Winchester mesmo, né? Tava ali desmaiada quando aquela outra vaca britânica tava toda se achando que tava dando uma surra no Dean e no Cas e ela foi lá e nem pensou 2 vezes e enfiou a lâmina na mulher, HAZO VIADO! Gosto assim 😉

2 3

Crowley apareceu pouco nesse episódio, mas tô torcendo e muitoooo para que ele encontre logo o Lúcifer e acabe com a raça dele, a raiva que me dá quando os demônios ficam zoando ele, afffff… tomara que ele mate todos mesmo, ninguém mexe com o Rei do Inferno não, eu hein? E tivemos nossa resposta: Lúcifer não está morto, está enfraquecido e pulando de receptáculo em receptáculo e causando uma certa destruição na humanidade, vamos ver onde isso vai parar.
Por fim, tivemos Dean, Cas e Mary indo ao encontro de Sam, Sam sofridíssimo lá enlausurado e a britânica pré potente já olhando pro Sam com outros olhos e não com aquele olhar superior que ela olhava, tu vai aprender a não mexer nunca mais com esse irmãos, escreve o que tô te dizendo!
E vocês, o que acharam? O que esperam da temporada? Pelo jeito, promete ser uma daquelas!

 

Caroline Azevedo
Caroline Azevedo

Complicada e perfeitinha. Me tira tudo, mas não me tira minhas séries e a música. Já que não tenho o meu mozão, shippo os mozões do mundo seriador: Delena, Captain Swan, Olicity e Zade são os principais. Entre os meus vícios, estão The Vampire Diaries, Once Upon A Time, The Originals, Arrow e Supernatural.
Deixe-nos um comentário!
  • Bruno

    Eu adorei a tortura de água gelada. Achei genial. Eu já teria entregado tudo na primeira gota. Hahaha Odeio banho frio.
    Gostei muito do episódio e espero que tenhamos menos fillers do que as últimas temporadas, mas acho difícil. 22 ou 23 episódios num mesmo tema deve ser bem complicado.

    • Caroline Azevedo

      Nossa, me deu uma agonia aquele chuveiro gelado sem parar, morri de pena do Sam e admirei ele mais ainda por não ter entregado nada pq eu como vc, odeio banho frio mas acho q se tentasse falar, não ia conseguir ahahah
      Poxa, pensei a mesma coisa, o caminho dessa temporada tá tão boa q espero q não tenhamos tantos fillers, mas realmente 22 epis são mtaaa coisa, eles precisam encher um pouco de linguiça. Mas tô c/ um pressentimento bom sobre essa temporada 😉
      Obrigada pelo comentário e volte sempre, Bruno!

%d blogueiros gostam disto: