Mary RAINHA, Toni nadinha!

A temporada de Supernatural mal começou e eu já estou extremamente apaixonada por ela, de todas que eu acompanho tem sido sem dúvidas a melhor dessa fall. O retorno de Mary, a inclusão desse núcleo odioso do Homens das Letras britânicos, tá tudo tão encaixadinho, tudo tão certo que não tem como não amar, sério.

Quando começou o episódio com aquela cena entre Sam e Toni, confesso que não me surpreendi tanto quanto muitos fãs por aí, porque desde o começo senti uma certa faísca da parte da Toni, do Sam nunca, mas dela, hummmm… então, achei que ela tivesse seduzido ele e eles tivessem superado a parte da tortura, mas ao mesmo tempo algo não se encaixava porque o Sam tava soltando tudo, tava com a guarda muito baixa e sei lá… tinha algo estranho e tinha mesmo, afinal era um feitiço que a Toni colocou nele para que fizesse ele falar de alguma outra forma. Oh mulherzinha entojada, viu? Eu tô pegando cada vez mais ódio dessa mulher, se acha melhor que todo mundo e ainda fica torturando o Sam, quem ela pensa que é? ¬¬
Acaba que Castiel descobre o paradeiro de Sam e conta pra Dean, que no meio do telefonema desabafa sobre a nova relação com a mãe que ele ainda não tá sabendo direito como lidar e a melhor fala do Cas é “Por favor, não estrague tudo como os humanos costumam fazer.”. Gente… é isso, apenas isso! Acaba que Mary escuta parte da conversa e decidi ir com Dean atrás de Sam, mesmo ele estando claramente contra isso, mas como ela mesma disse, ela é a mãe dele né? Pra quem acostumou a viver tantos anos sem mãe, não deve ser fácil entrar nos eixo mesmo não hahaha
Chegando lá, Dean pede ajuda a Cas para mantê-la do lado de fora da casa enquanto ele vai explorar para encontrar o Sam, mas caí numa armadilha da bitch britânica que usa ele para torturar Sam e ainda enfia o cacete em Dean. E o meu ódio só aumentando até que a RAINHA da Mary chega e acaba com a farra dele mostrando quem realmente manda ali. QUE MULHEEEEER! Não é a toa que é mãe dos Winchester, como eu vibrei com essa cena, OMG! Claro que o Sam quase cai pra trás com o susto, mas Dean promete explicar tudo a ele depois.

1

Acaba que com a ajuda de Mary, os três se libertam e um tal de Mitch (que já havia recriminado as atitudes de Toni pelo telefone momentos antes) entra com o Castiel no porão e tenta convencê-los a se unirem ao Homens das Letras da Inglaterra e pede desculpas pelo exagero das atitudes da nojenta lá. Engraçado foi quando ele disse que se ele fosse tomar qualquer atitude não teria entrado com o Castiel lá, já que ele imaginava que o Cas podia matá-lo sem nem suar, aí a resposta do Cas seríssimo “Eu não suo em momento nenhum”, esse anjo é sensacional! hahahahaha
Mudando um pouco de núcleo, vemos Lúcifer se apossar do corpo de um vocalista de uma banda de rock que está de luto pela mulher que se suicidou há anos atrás e ele usa justamente a imagem dela para possuir o corpo do cara. Nesse meio tempo, Crowley que usa sua mãe Rowena (que havia decidido largar as bruxarias) para conseguir localizar Lúcifer, encontra e arma para colocá-lo de volta à jaula, só que quando eles se encontram e tudo parece estar dando certo, Lúcifer abre suas asas e se cura sozinho e deu pra ver o pavor na cara de Crowley hahaha. Eu sempre fui #TeamCrowley mesmo, ainda mais agora que Lúcifer mudou de receptáculo, não consigo me acostumar com ele fora do corpo de Mark Pellegrino, apenas não dá 🙁

3 2

Agora, minha gente, no fim do episódio quando tá os 3 Winchester em casa confraternizando, que Dean descobre que na verdade a mãe nunca cozinhou, apenas encomendava comida e Sam tá lá deslumbrado/chocado olhando pra mãe enquanto ela causa um enorme amor em Dean trazendo torta pra ele (melhor cena haahahah), essa cena tava sendo tão amorzinho até aparecer uma para superar e acabar com TODAS as minhas estruturas: a do abraço de Sam e Mary. MEU DEUS, q coisa mais liiiinda! Ele tava parecendo uma criancinha conversando com a mãe, levando o diário do pai, tentando ajudá-la a passar por esse período de ressureição e de repente, ele todo emocionado diz que ter ela ali foi a melhor coisa e a lacuna mais bem preenchida da sua vida, awwwwwwnnn, seu lindo da vida, por quê você faz isso comigo hein? Quase que eu pulei na tela para abraçar ele, que coisa mais linda! E a carinha dele quando eles se abraçaram foi tão deliciosa, olha… foi verdadeiramente emocionante :’) ♥
Outra coisa que eu esqueci de falar foi que eu espero um novo bromance entre Cas e Mary, já adoro as cenas que eles compartilham juntos, quero mais disso 😛
E no finzinho, a tal da Tori (arrrrrghhh) conversando com o Mitch, discordando da forma como eles estão lidando com os Winchester tem uma surpresa quando ele diz que já chamou o tal de Dr.Ketch caso dê alguma merda. Nós não conhecemos esse cara ainda, só vimos trechos dele juntando as coisas para vir para os EUA, mas pelo que aquela outra que morreu logo no primeiro episódio disse e até a Toni também, esse cara vai vir para atormentar a vida dos nossos meninos, Deus tenha piedade de nós e deles!

4

Bom, eu estou extremamente ansiosa e animada para os próximos episódios porque se tudo continuar como está, essa temporada vai ser maravilhosa como já está. Comentem aí o que vocês acharam e vamos trocar figurinhas 😛

Caroline Azevedo
Caroline Azevedo

Complicada e perfeitinha. Me tira tudo, mas não me tira minhas séries e a música. Já que não tenho o meu mozão, shippo os mozões do mundo seriador: Delena, Captain Swan, Olicity e Zade são os principais. Entre os meus vícios, estão The Vampire Diaries, Once Upon A Time, The Originals, Arrow e Supernatural.
Deixe-nos um comentário!
  • Bruno

    Adoro a Rowena. Espero que ela seja Ben aproveitada essa temporada

%d blogueiros gostam disto: