Posts Populares

Supernatural – S15E03 – The Rupture

EU NÃO CONSIGO ACREDITAR NO QUE ACONTECEU!!!!!

Supernatural como você se atreve a fazer isso comigo logo no TERCEIRO episódio, meu deus, eu to completamente devastada!!! Esse episódio foi de LONGE o melhor episódio da temporada até agora e talvez um dos mais angustiantes de toda a série… Nesse episódio (nº 3) tivemos três mortes, um tanto quanto poético não é mesmo?! Mas não é só isso que podemos retirar de informação logo de cara, o título do episódio The Rupture (A Ruptura, em português), já nos da a ideia de que algo vai ser romper/quebrar e para minha surpresa, esse rompimento veio de dois personagem que raramente brigam, podem até brigar, mas logo fazer as pazes. No entanto dessa vez essa briga pode ter colocado ambos em caminhos distintos de forma definitiva… Bom eu tentei fazer uma introdução sem muitos spoilers, então bora logo pro que interessa!!!

Ainda tentando dar um jeito em toda a situação com as almas fora do inferno, os Winchesters e companhia continuam procuram uma maneira de mandar todas elas de volta e selas as porta do submundo de uma vez por todas e para isso eles bolam um plano:

Plano A –  O reforço da barreira

A barreira que prende os fantasma está começando a desmoronar de uma vez por todas, mas a equipe acaba bolando um plano para que Rowena fortaleça a proteção com um feitiço, o que irá ajudar a conter os fantasmas. Cas, Dean, Sam, Rowena e Belphegor vão direto ao epicentro de tudo, o cemitério onde o apocalipse se deu inicio, lá a bruxa se prepara para fazer o feitiço, mas é tarde demais. A magia de Rowena não é forte o suficiente para reforçar a barreira e ela é consumida pelo sentimentos de angustia, fúria e ódio dos fantasmas. Em 15 temporadas vimos os Winchesters em situações difíceis e eles nunca perderam a esperança. Obviamente que dessa vez não seria diferente, ao menos para Dean, ele está chateado, porém pronto para lutar. Enquanto Sam e os outros se mostram preocupados. Como esperado (já que foram literalmente 5 minutos de episódio) plano A falha e eles partem para o plano B.

Plano B – O “cajado” (da discórdia) de Lilith

Depois que o plano A falha miseravelmente, Belphegor tem um plano, como sempre. Ele conta a eles sobre um “cajado” que Lilith forjou, que na verdade é mais uma trombeta que um cajado, para manter o controle sobre demônios quando eles iam à Terra. No entanto, ela nunca chegou a efetivamente a usar, apenas a suas ameaças eram suficiente para manter os demônios sob controle. Belphegor sugere que eles soem o “cajado” e tragam de volta todas as almas para o inferno. Enquanto ele se prepara para isso, Rowena começa a bolar um feitiço com Sam, para fechar a abertura do inferno. Tudo parece correr bem até que Belphegor começa a se mostrar um tanto quanto interessado de mais no cajado e aí que vemos que o demônio tinha segundas intenções que foram reveladas pela demônia Ardat.

Ardat é a demônia que contratou Ketch para se livrar de Belphegor no episódio passado, como o Homem das Letras não conseguiu realizar o trabalho, Ardat foi o visitar no hospital com a intenção de conseguir a informação sobre a localização do demônio. No entanto, Ketch surpreende e não entrega a localização de Belphegor em uma tentativa de proteger os irmãos Winchesters o que é uma surpresa e tanto, até porque Ketch é conhecido por ser um belo de um safado, porém essa lealdade acabou custando seu coração, literalmente seu coração, vá em paz Ketch!

Ardat descobre que Belphegor voltou para o inferno junto com Cass e vai atrás deles para terminar o serviço de Ketch, antes de ser morta, ela revela que o plano de Belphegor esse tempo todo foi o de se transformar no novo chefão do reino de baixo. É aqui que vemos que Belphegor não é apenas um demônio qualquer, prestativo e divertido, ele na verdade está atrás do poder e usa o “cajado” para trazer as almas de volta ao Inferno e para dentro dele. Para impedir que isso ocorra, Cass destrói Belphegor e o “cajado” e junto com eles o plano B.

 

Plano C e definitivo – O sacrifício de Rowenna (e meu coração partido em mil pedaços)

Com os planos A e B fora do jogo, resta a Rowena uma última grande cartada, ela Rowena conta a Sam sobre seu novo plano, ela ira se sacrificar e junto com ela levar todas as almas de volta para o infero, para isso ela acaba pedindo que Sam a mate. Vemos que ela não está fazendo isso pela glória ou pelo bem maior, ela simplesmente acredita na profecia que o livro da Morte diz sobre sua última morte e pretende usar isso a seu favor, mostrando que magia pode sim fazer tudo que se pode imaginar, inclusive impedir um apocalipse. Ela morrerá de uma vez por todas e será Sam quem fará isso, uma vez que a profecia diz que sua última morte virá das mãos do caçador.

É triste ver o Sam todo relutante em matar Rowena, ele está dividido entre fazer o trabalho e ter que matar uma amiga, isso é de partir o coração, mas eventualmente Sam cede e esfaqueia a bruxa, para que ela possa sugar todas as almas em seu corpo e levá-las consigo para o inferno. Rowena se tornou um dos meus personagens favoritos desses últimos tempos, junto com Jack e ver os dois partindo de uma vez nesse episódio foi de doer…

Com mais um apocalipse, e provavelmente o último, evitado, Dean, Cass e Sam retornam ao bunker para descansar e de alguma maneira comemorar o fim de mais uma crise. No entanto, como o nome do episódio mesmo sugeriu teríamos uma ruptura, e foi justamente entre a amizade de Dean e Cass. O caçador não consegue perdoar Cass pelo que aconteceu com Mary e as brigas entre os dois só pioraram com o tempo e isso faz com que Cass sai do bunker de uma vez por todas… putz será o fim de Destiel?! Vamos ter que aguardar os próximos episódios…

E aí o que acharam do episódio?! Deixem seus comentários e opiniões <3 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luiz Nochi

Paranaense, Engenheiro de Alimentos e absolutamente viciado em tudo que envolve HQs e o universo de super heróis...

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries