BLOOD MUST NOT HAVE BLOOD!

Começo a review dessa semana pedindo desculpa com os atrasos e demonstrando como estou indignado com o rumo péssimo que a série tomou nesses últimos dois episódios, depois de uma contorno excepcional com a batalha de Heda. Tudo indicava paz. Paz essa que foi transformada em faísca de guerra pelo então eleito, chanceler Pike e seus seguidores quando os mesmo decidiram matar um exercito de mais de 300 Grounders que estavam ali para protegê-los. E é a partir dai que, para mim, o enredo da série começou a tomar um rumo absurdo, com revira-voltas anormais, mudanças repentinas de comportamento da grande maioria dos personagens principais que perderam sua essência de forma tal a permitir o plot atual ser inserido. Um deles que mais me surpreendeu e me revoltou vou a transformação repentina de Bellamy, que após a morte de seu recente relacionamento, que por sinal foi muito pouco explorado pela série, tomou atitudes sem lógica alguma. Acredito que esse tem desagradado muito aos fãs de The 100 como eu, que torço por uma transformação imediata no roteiro.

tumblr_o3a15jJeIT1v1zqj6o1_500
A série anda apostando muito nas contradições do que é certo e errado mediante ao que é necessário fazer para salvar aqueles que ama. Vemos isso nas atitudes sem explicação de Bellamy, de Raven, até mesmo de Clarke. A história que envolve o romance entre a Comandante da Morte e Heda rende diversos questionamentos quanto o que deve ser feito, e quando podemos parar de fazer o que é comum parar fazer o que é necessário. Questionamentos esses que forçam atitudes e laços sem objetivos e criam um plot que, na minha opinião, não está dando certo. A força de Lexa vem ficando fraca com as decisões que aclamam as vontades de Clarke e deixam de lado o bem estar de seu próprio povo. A mesma decide acabar com o espirito de guerra que regem o modo de vida deles , “Blood must have blood”, sangue deve ter sangue. Um espirito de vingança que fomenta a guerra infinita e paz utópica. Sim, todo ruptura é necessária para modificar uma linha tênue de pensamentos ultrapassados e assim, inserir novos conceitos como forma a beneficiar o todo. Entretanto, não é assim que se faz um ruptura, até porque notavelmente Clarke está acobertando um crime cometido pelo seu povo em cima de outro. Arkadia agora é um inimigo e nada de bom tende a sair dali.

tumblr_o2z49gAtQj1v8z6r2o2_540

O quinto episódio da série traz a luta desesperada de Kane, Abby e Oc em parar a guerra que Pike e Bellamy decidiram iniciar por motivos por mim desconhecidos. Indra foi a única sobrevivente do exército brutalmente assassinado e carregava um recado de Pike, que o skiecru não concordam com a união como 13º clã. Clarke tenta chegar a Arkadia para convencer na lábia que o que eles estavam fazendo iria causar a destruição dos vindos do céu. Outro ponto negativo, a protagonista que estou vendo nessa terceira temporada é extremamente contrária ao que eu esperava. A garota se tornou com facilidade submissa as necessidades de Lexa, se mantendo distante de tudo que acontece, mas fazendo de tudo para tentar se envolver nos problemas. A força e garra da personagem que foram inseridas na Season premier e alguns episódios seguidos foram transferidas para Heda, que literalmente, está roubando a cena com sua atuação. Enquanto isso, a protagonista tenta resolver tudo a base de conversa e choro, nada do que costumava fazer nas temporadas anteriores.
Para ser sincero, os plots envolvendo o dia a dia dos Grounders e sua forma de encarar a sociedade pós-apocalíptica e seus comportamentos, cultura, hábitos trazem uma gama de roteiro e histórias muito mais interessantes do que o povo mesquinho e contraditório da arca . O erro dos produtores vem no fato de que o foco principal dos episódios gira em torno de dois grupos: Arckadia e Jaha, dois grupos que pessoalmente não me agradam mais. O gigantesco universo dos Grounders nos surpreende a cada episodio, como foi feito em “Hakeldama”e muita coisa poderia ser explorada dai para criação de um enredo mais “real” e pé no chão mesmo a série tendo um fundo de ficção cientifica. Nunca mais se ouviu falar das mutações causadas pela radiação na terra e na natureza, a noção de espaço e dominação foi perdida a partir do momento em que todos facilmente se encontram. Isso me traz uma sensação de limitação da vastidão que a história permite, que ouso dizer, pode assumir grandiosidade tamanha tal como “Game of Thrones“, mas não o faz.

tumblr_o39w421u9K1u14lq5o2_500
A chegada de Jaha a Arckadia piorou muito mais a situação do grupo. A forma como o plot de que existe uma cura para todas as dores em uma realidade paralela e os mistérios envolvendo ALIE não fazem sentido nem para uma série de coisas surreais. A nova vítima de Jaha foi Raven que para suprir suas frustrações causadas pela deficiência de sua perna, decide ver no que vai dar. Outro erro, Raven sempre foi uma personagem de personalidade forte e que luta até o fim para alcançar o que almeja. Primeiro ponto: ela se rende com facilidade a algo que nem mesmo acredita e confia. Segundo: ela rejeita os cuidados e tratamento de Abby, pessoa que está sempre zelando por ela, e aceita os de Jaha, o cara mais sem sentido dessa série que deveria estar morto desde a primeira temporada. Raven se rendeu as drogas minha gente e está chapadíssima e igualmente insuportável como Jaha. Para não perder a lógica, Jesper quer entrar na brincadeira, mas Abby ( graças a deus um personagem consciente nessa joça) confisca as capsulas para “análise”, e quando você pensa que não tem como ficar pior e mais sem sentido, o ajudante de Abby também virou drogado e irá ajudar a resolver esse problema. Que péssima reviravolta , que enredo péssimo. Assim como Abby, Octavia continua sendo a personagem mais coerente dessa série, tomando atitudes coerentes a sua personalidade desde o primeiro episódio, diferente de todo o núcleo principal. Após salvar a vida de um jovem e avisar uma aldeia de Grounders que seu povo viria atacá-los, Oc cai em uma emboscada e leva seu irmão junto. Infelizmente, a personagem consegue se soltar e salvar seu irmão. Nessa cena estava torcendo pela morte de Monty e de sua mãe, com gosto. Bellamy eu sabia que não iria morrer, agora, matar uma personagem who? Outro ponto negativo de “Bitter Harvest”. Para piorar, Octavia ainda acaba presa e sendo caçada por seu próprio irmão ( chegaram ao limite aqui). O episódio termina com a tentativa frustada de Raven encontrar outra inteligência artificial enviada a arca, que então, concluíram estar na 13 estação, Polaris.

tumblr_o38wrsO9bu1uadugao1_540

Considerações Finais:

  • É com muito pesar que eu faço essa review crítica a série, visto que sempre torci muito por ela
  • Espero que isso mude logo
  • Estou achando super sem graça e desnecessário esse plot de Jaha e vocês?
  • Hakeldama me lembra a Genkidama, que nome mais sem noção!
Carlos Alberto
Carlos Alberto

Estudante de Engenharia, amante de música, viciado em séries e programas de TV! Fã de carteirinha de The 100, Flash, Game of Thrones e etc, se arrisca escrevendo reviews de suas séries favoritas!
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: