Posts Populares

The Amazing Race Canada – S07E07 – Balls, Balls, Balls

Ainda que simples, provas bem-feitas são o suficiente para uma ótima etapa

Nem sempre uma grande produção ou provas complicadas são sinônimos de uma boa etapa, The Amazing Race Canada, com raras exceções, sabe explorar muito bem suas provas, combinando certo grau de dificuldade com temas interessantes, conseguindo entregar etapas que apesar de simples são muito gostosas de assistir.

A sétima etapa começou com os times sendo levados em dois ônibus a Kitchener-Waterloo, foi feito todo um mistério de que eles não tinham ideia do destino, porém foi resumido a isso, nada além foi explorado, logo que desembarcam do ônibus já ficaram sabendo aonde estavam, me pareceu uma oportunidade perdida para talvez faze-los tentar adivinhar onde estavam ou algo do gênero.

Em Kitchener, os participantes foram colocados para procurar uma bolinha diferente dentro de uma piscina cheia de bolinhas verdes, apesar de não ser complexa foi bem divertida, infelizmente sem ultrapassagens, o que levou ao desvio, quer dizer para Trish & Amy, que mais uma vezes escaparam da eliminação, ainda faltava cumprir um speed bump. Dessa vez a prova não envolveu qualquer tipo de habilidade, mas custou bastante tempo das mães e nós sabemos que nessa corrida qualquer minuto é fundamental.

No desvio todos os times optaram pela mesma prova: enquanto um dos participantes apertava os botões de comando em uma tela o outro deveria guiá-lo por uma pista de obstáculos. Essa foi uma das melhores provas de toda a temporada, Anthony & James e Dave& Irina mandaram superbem, já Aarthy ficou perdidinha, para frustração de Thinesh.

Superado o desvio tivemos o primeiro face-off da temporada, um maravilhoso desafio culinário em que os times deveriam reproduzir um entre três pratos, considerando que a equipe que chegou primeiro ao face-off escolheu qual prato teve de ser reproduzido, nenhum time precisou de mais de duas tentativas para vencer.

Dave & Irina venceram o primeiro, seguidos de Anthony & James que derrotaram Aarthy & Thinesh, nesse ponto o casal tinha o único express pass do jogo e só poderia usar nesta etapa, não fez sentido eles não terem usado aqui, isso poderia inclusive significar uma vitória.

A prova seguinte envolveu muita matemática, munidos de um cronometro e uma bola de tênis os participantes deveriam descobrir qual a distância entre um andar do Instituto Perimeter de Física Teórica e o chão.

Irina, para a incredulidade de Dave, resolveu o problema rapidamente, antes mesmo do segundo time chegar, garantindo o primeiro lugar mais uma vez. O segundo lugar ficou com Anthony & James, seguidos de Aarthy & Thinesh e de Sam & Sarah.

A disputa pela não eliminação ficou entre as irmãs, Lauren & Joanne, e as mães, Trish & Amy, o último embate do face-off terminou em vitória das irmãs, apesar da pequena vantagem os dois times ainda se enfrentaram na última prova, sendo irmãs novamente mais rápidas.

Dessa vez Trish & Amy foram eliminadas, mesmo que não tenham obtido qualquer resultado expressivo, foi surpreendente vê-las chegar tão longe na competição.

O top 5 foi formado, ainda teremos mais duas eliminações até a grande final, quais times sobreviverão? Nessa etapa o destaque positivo fica para Irina, que colocou a mão na massa e carregou a dupla para mais uma vitória. Não consigo eleger um destaque negativo, o nível da competição está aumentando, mas os times estão conseguindo performar muito bem.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Felipe Tanabe

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries