Posts Populares

The Amazing Race – S33E0102 – We’re Back!/It Can’t be That Easy [Season Premiere]

A Corrida Está de volta

Os últimos dois anos podem ser definidos de muitas formas, mas “normal” é um adjetivo que com certeza não se aplica, de uma forma geral toda a indústria do entretenimento sofreu o impacto da pandemia e teve de alguma forma se adaptar.

The Amazing Race antes mesmo do início da pandemia já sofria de muitas incertezas, mas no início de 2020 as coisas pareciam estar tomando seus rumos, a 32ª temporada estava marcada para estrear em maio daquele ano e as filmagens da 33ª estavam a todo vapor.

Mas nada pode ser tão simples, não é mesmo? Com a pandemia a estreia da 32ª temporada foi adiada e as filmagens da 33ª foram interrompidas sem a certeza de que um dia seriam retomadas. Felizmente tivemos um desfecho feliz: A 32ª foi ao ar em outubro de 2020 e as filmagens da 33ª foram retomadas em setembro de 2021.

Agora cá estamos nós, depois de mais de um ano sem nossa amada corrida, sedentos para descobrir quais países a corrida visitará e quantos movimentos diferentes de sobrancelha Phil Keoghan consegue fazer.

De pronto já aviso: eu gostei de TODOS os times, diferentemente de outras temporadas eu achei esse cast bem carismático, até as duplas mais apagadinhas tem seu charme. Um outro diferencial dessa temporada é que teremos um salto temporal entre etapas: as gravações de 2020 terminaram na 3ª etapa e, portanto, a 4ª etapa foi gravada mais de um ano depois, louco né? Vamos ver como os times evoluem nesse período a mais que tiveram para se preparar.

A primeira etapa seguiu a receitinha de sempre, quer dizer, quase a mesma receitinha, ainda que da mesma forma fomos apresentados a cada dupla, nessa temporada não tivemos uma linha de partida com todos os times enfileiradinhos e saindo correndo para o aeroporto, mas sim vimos um pouco dos times em suas casas e de lá cada um foi ao aeroporto da própria cidade. Ainda que tenha achado interessante ver as duplas com as suas famílias, eu senti falta daquele momento em que tínhamos Phil cara a cara com os participantes em que ele levantava o braço e dizia “The world is waiting for you. Good luck. Travel safe. GO!”.

O primeiro destino da temporada foi Londres, no Reino Unido, um destino relativamente batido em TAR, acredito que a última visita foi na 31ª temporada. Londres é uma cidade enorme o que possibilita os dois piores pesadelos de qualquer dupla: Ficar perdido e pegar um taxista ruim.

Como de praxe, nessa primeira etapa somente tivemos um desvio e na melhor moda TAR o que parecia mais fácil se mostrou mais trabalhoso. As duplas tiveram que escolher entre um desafio de localização onde deveriam se dirigir, sem a ajuda de um mapa, a três pontos nas proximidades e um desafio de arte, em que deveriam realizar a colagem de uns cartazes em uma parede.

O desafio de localização em teoria parecia mais complicado e vimos algumas duplas terem alguma dificuldade, mas no geral todas que optaram por ele acabaram não correndo risco de eliminação. Por outro lado, o outro desvio se mostrou mais trabalhoso, como muito bem apontado por uma das duplas, os produtores de TAR não os mandariam simplesmente colar uns papeis em uma parede, o mural todo na verdade era um quebra cabeça.

Ainda que tenha sido uma etapa tranquila, foi bem legal de assistir, a classificação final foi?

#1 Anthony & Spencer

#2 Ryan & Dusty

#3 Raquel & Cayla

#4 Kim & Penn

#5 Caro & Ray

#6 Akbar & Sheri

#7 Connie & Sam

#8 Taylor & Isaiah

#9 Arun & Natalia

#10 Lulu & Lala

E os eliminados…

#11 Michael e Moe

Sendo muito honesto, eu gostei bastante da dupla, acho que ambos tinham uma energia muito legal e pareceram se dar muito bem como dupla, uma pena termos perdido eles tão cedo. Não acho a eliminação injusta porque os dois erraram feio no desvio, como toda competição alguém tem que ser eliminado primeiro…

A segunda etapa teve mais nuances que a primeira, o que a fez mais interessante. Ainda em Londres, os times continuaram correndo e pudemos ver com maior profundidade como os times lidam com a pressão da corrida e um com o outro.

O primeiro bloqueio da temporada foi bem simples e fácil… para a maioria dos times. Eles tiveram que simplesmente encontrar o envelope da pista dentro de um carrinho de do correio, o problema começou quando dois participantes, Penn e Ray acharam que estava muito fácil e que estavam deixando algo passar. Nesse ponto eu acho que estar muito focado na corrida e ser um superfã atrapalhou, Penn na etapa anterior sacou que o desvio não seria apenas colar papeis na parede e sim um quebra cabeça, o que colocou sua dupla em vantagem, no entanto, dessa vez, tentar pensar com a cabeça dos produtores o colocou em desvantagem.

O segundo desafio da etapa foi um desvio, ou os times teriam que jogar dardos ou decorar dois bolos. Mais uma vez o desafio que parecia mais complexo foi mais fácil, o top 3 escolheu o desafio do dardo e mesmo que Connie & Sam e Arun & Natalia não fossem tão bons, eles conseguiram concluir o desafio rapidamente.

Do outro lado do desvio, os times encontraram duas dificuldades, decorar os bolos em si (o que já era complexo) e escolher qual modelo copiar, havia 12 modelos que eram bandeiras de países europeus e eles deveriam replicar dois que fizessem parte da união europeia. Nem preciso dizer que alguns times patinaram nesse quesito e tiveram que refazer um dos bolos.

No final foi uma etapa bem linear, ainda que divertida, para sorte de Lulu & Lala que ficaram em último, a etapa não acabou e elas receberam a próxima pista. No final a classificação ficou assim:

#1 Ryan & Dusty

#2 Connie & Sam

#3 Arun & Natalia

#4 Raquel & Cayla

#5 Kim & Penn

#6 Caro & Ray

#7 Anthony & Spencer

#8 Akbar & Sheri

#9 Taylor & Isaiah

#10 Lulu & Lala

Ainda que muita coisa possa mudar, muitas duplas possam me surpreender e muitas possam me decepcionar, meu ranking pessoal ficou assim:

#10 Caro & Ray

É a dupla para quem é hipertenso: totalmente sem sal. Não chegaram a ser ruins ou chatos, mas também não apresentaram nada que fosse memorável, podem ser aquela dupla que vai se arrastando até a parte final sem ninguém perceber.

#9 Taylor & Isaiah

Até então foram a dupla com menos destaque. Simpatizei com eles, mas não o suficiente para torcer, não me parecem uma dupla ruim, mas não acho que irão longe na competição.

#8 Lulu & Lala

Eu tinha muita esperança de que elas trariam uma energia bem caótica para a corrida, mas infelizmente o posto de gêmeas do caos ainda permanece com Natalie & Nadiya. Tiveram sorte de a etapa não ser eliminatória, se chegarem à final me surpreenderão muito, não aposto nelas.

#7 Akbar & Sheri

Fiquei levemente irritado com Akbar, mas eu percebi que Sheri realmente tava fazendo corpo mole e se ele não a puxasse talvez os dois fossem eliminados. São uma dupla simpática, mas o físico joga contra eles.

#6 Connie & Sam

O casal tem a história de filme e até então foram bem legais, tiveram o azar de pegar um taxista ruim na primeira etapa, mas logo se recuperaram. Ponto positivo por conseguirem se virar na pressão de serem os últimos, espero que continuem bem na corrida.

#5 Anthony & Spencer

Os heróis da edição e possivelmente os favoritos do publico americano. Simpatizei com a dupla, fizeram uma primeira etapa excelente, no entanto me preocupei um pouco na segunda etapa porque a dupla não soube correr bem sob pressão, podem ser eliminados precocemente caso se vejam novamente em uma situação desfavorável.

#4 Arun & Natalia

A dupla mais simpática de todas! Adorei Arun & Natalia, estão longe de ser a dupla favorita a vencer, mas se eles vencerem eu não ficaria triste!

#3 Kim & Penn

Uma grande surpresa para mim, quando anunciaram o cast achei que a dupla seria blasé, mas me surpreendi positivamente. Os dois parecem ser superfãs estudaram bastante a corrida, além disso estão indo bem, apesar das adversidades. O fato de serem superfãs atrapalhou Penn no bloqueio, mas acredito que ele não repetirá o erro posteriormente.

#2 Raquel & Cayla

Outra grande surpresa! Toda a energia caótica que eu esperava das gêmeas está com Raquel & Cayla! Fortíssimas candidatas para figurar na final! Até então se mostraram afiadas com os desafios e têm corrido bem, uma das duplas para acompanhar de perto!

#1 Ryan & Dusty

A dupla a ser batida! Além de terem ido muito bem na primeira etapa, os amigos conseguiram correr uma etapa perfeita logo na segunda! Vamos ver se eles conseguem manter o ritmo após a interrupção da corrida, mas até então são os favoritos.

Bem é isso! Estou muito animado com essa temporada, aparentemente, por causa da pandemia, não teremos muitos destinos diferentes, mas acho que o cast afiadíssimo pode compensar esse problema. No próximo episodio continuaremos no Reino Unido, mas dessa vez vamos para Glasgow!

E vocês o que acharam dos episódios? Me conta ai embaixo e até a próxima!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Felipe Tanabe

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries