Depois de todos os acontecimentos da première com o casamento da Penny e do Leonard, e o mistério da força área americana, a série deveria continuar com um gás para tirarmos de nós o mínimo das gargalhadas, principalmente com a trupe da perseguição militar.

Logo no início do episódio vimos que o Howard e o paranoico do Raj foram atrás dos amigos contar que os americanos estavam atrás deles, pelo giroscópio e obviamente o Sheldon ficou mega feliz com a expectativa, enquanto o Leonard triste por querer ganhar dinheiro comercialmente, os meninos então pensaram na ideia de contratar um advogado e amei a analogia que judeu sempre tem parente que é um advogado e que indiano sempre tem um atendente de telemarketing, mas o advogado da trupe seria o sabe tudo do Sheldon e se bobear sabe mais que eu, que sou estudante de direito. As meninas também se reuniram <3 e vimos que a Bernadette é louca, pois não contou a ninguém do emprego que estava grávida, por medo de ter que sair de uma pesquisa, HAHAHA, tão eu isso. Mas o mais incrível foi que a Penny que contou para um colega de trabalho da Bernadette, só que ela não pode saber que foi a amiga, mas foi demais, quando a grávida quase pegou a amiga assumindo.

123432

Os meninos não quiseram o Sheldon e foram atrás do primo do Howard, que é advogado e não sabe nada de propriedade intelectual, isso eu sei uhuhuh, e ele só aconselhou eles a não assinarem NADA, o que revoltou o Sheldon e até assustou o menino, mas faz parte, mas tudo caminhava para o Sheldon ser realmente o ~advogado~ deles. A Penny vai até o escritório da Bernadette para saber a real situação das coisas e viu como a amiga estava nervosa e querendo vingança com outra pessoa, e decide assumir a culpa L deixando a sua amiga bem desapontada.

EU GRITEI quando o militar chegou e o Sheldon tinha combinado de ficar quieto, e toda hora gesticulando, e o general apenas conversando com os meninos sobre umas coisas e sempre falando algo que o Sheldon odeia que fale, ou que ele odeia, mas chegou um momento que ele odiou e soltou tudo de uma vez, e ri realmente nesse episódio. A louca da Amy foi levar comida para a brava Bernadette, só que levou um MC Lanche Feliz, com maçã ao invés de batata, mas comecei a me questionar juntamente com a Bernadette sobre o machismo que ela poderia sofrer, ao ser rebaixada de cargo por estar grávida, algo que acontece muito em nossa sociedade, extremamente machista.

9743205

O Sheldon estava lindamente preparando seu bolo de limão para acalmar o Leonard e ele, porque ele comprometeu com o General a entregar um protótipo reduzido em dois meses do projeto, e a Penny foi consolar com o amigo Sheldon dela sobre a briga com Bernadette, mas nenhum se consolou, mas amo essa dupla junta, se não fossem tão amigos, eu shipparia. Os Leonard e o Howard estavam arrumando o seu laboratório porque mudaria para um melhor no campus e isso entristecia o Raj, primeiro porque veria eles menos e ficariam mais longes, mas foi genial ele comparar essa ocupação deles a mais com ele sendo uma esposa de militar abandonada e já comecei a prever as merdas com Raj sozinho.

Já no apagar das luzes do episódio a Bernadette foi conversar com a Penny para se acertarem e disse que ameaçou o Chefe dela a um processo caso seja rebaixada no cargo e com ela sendo doce e meiga, convenceria qualquer júri contra ele, eu dei um BERRO, amo essa mulher. Porém o melhor do episódio foi quando os meninos foram para o laboratório novo deles e viram que para entrar tinham que colocar o olho para um reconhecimento de retina eles ficaram brincando com o leitor, e achei genial isso.

Esse episódio por se tratar de uma comédia faltou comédia, simples, na parte da história só acrescentou eu os meninos vão trabalhar demais, o que provavelmente irá atrapalhar a vida dos três em seus relacionamentos amorosos, assim como o Raj que foi excluído da pesquisa, e não sei onde ele irá se colocar, o que prevejo que seja com as meninas, mas queria saber como isso será explorado.

Então é isso, um forte abraço e beijos.

Phelipe
Phelipe

Estudante de Direito, Cruzeirense, polêmico quando deve ser, mas bem passivo às vezes, além de confuso, autêntico. Começou o seu amor por série com Prision Break e depois disso virou vício.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: