Posts Populares

The End Of The F***ing World – S01E02 – Episode 2

Um quer atenção, quer amor e o outro que viver nas sombras, ser invisível e de certa forma ambos se completam <3

Seguindo a aventura de Alyssa e James, dessa vez os dois se encontram sem respostas para o que fazer com a liberdade adquirida, para onde ir? onde arrumar dinheiro? o que vamos fazer? Ambos os adolescentes seguem sua aventura que começou mal, afinal quem esperaria que o carro explodisse logo nas primeiras horas?

O mais interessante de ver a relação dos dois é ver que a cada momento Alyssa grita por um pouco de atenção, de carinho e ao mesmo tempo James apenas que estar invisível ou meio morto como a própria Alyssa pensou após a tentativa no paintball com laser. No restaurante tivemos um pequeno flashback da relação de Alyssa com seu pai, e nós poucos segundos que se passou podemos perceber o amor que ela sentia pelo pai em seu olhar, enquanto pela mãe rola um desentendimento.

Outro ponto que podemos perceber é a necessidade Alyssa falar sobre sexo, fico pensando se ela realmente não é virgem. Para mim ambos os personagens ainda são virgens, afinal tão estranhos e bizarros, fechados para o mundo não vejo como ela teria feito no passado. E parece que isso é uma barreira para ambos de certa forma.

Foi bem nojento ver como aquele velho usou James para tentar satisfazer as necessidades dele, colocando a mão do menino em seu orgão sexual, foi cruel e triste ver que ele não teve reação e que Alyssa acabou salvando ele de uma boa. O final de tudo coloca ambos novamente falando sobre sexo, Alyssa pede para James colocar em um porno e banca a durona, mas logo vai ao banheiro e começa a chorar.

Nesse momento James planeja mais uma vez o assassinato dela, mas acaba parando no barulho das lágrimas dela e no final os dois terminam abraçados na cama. O mais cruel de tudo foi ver Alyssa ligando para mãe, e o padrasto falando aquilo e mãe falando zero coisas, meu deus que mãe é essa que larga a filha por um macho qualquer, me doeu demais essa cena. O pai de James desistiu do otimismo e finalmente ligou para a polícia, afinal ele pode ser bobão e trouxa, mas ele ama o filho dele.

 

Acredito que vemos cada vez mais uma Alyssa querendo atenção, amor e carinho e um James tentando viver nas sombras e ser invisível e de uma forma estranha os dois se completam e tornam essa série fofinha a certo modo, apesar de trazer um distúrbio psicológico gravíssimo em um dos seus personagens principais.

Fiquei realmente na duvida se a mãe do James morreu, acredito que sim, mas será que ele teve alguma relação? Será que sua tendência a ser um serial killer vem da forma como isso ocorreu? São perguntas sem respostas e que não sei se a forma de abordagem da série responderá.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

A indie/gótica do @PanelaDeSéries! Paulista, canceriano, 27 anos de dores na coluna, faço Doutorado em Biotecnologia e vivendo pelo mundo. Me chama para beber @ e vamos falar de série, falar de Imagine Dragons e Lana Del Rey, falar de signos, falar de ciência e xingar os fascistas.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries