Posts Populares

The Four: Battle For Stardom – S02E08 – Week 8 – [Season Finale]

Fim da segunda temporada! 

Final da segunda temporada do The Four e cá estamos nós para comentar com vocês o último episódio. Olha, foi uma temporada difícil pra mim, viu? Não digo que o nível foi ruim, pois tivemos boas apresentações e bons candidatos. Mas, em comparação à primeira temporada, senti uma queda considerável. Além disso, eu achei o painel de jurados um pouco entediante e adoraria que ele fosse renovado na próxima season. Quem sabe, né?

Mas, falando um pouco sobre a final em si, eu achei um bom episódio, apesar de gostar apenas de ½ dos candidatos. A outra metade eu nem acho ruim, para ser sincera. Mas eu acredito que eu tenha certa resistência, pois eu ainda não consegui me acostumar com esse formato do programa, no qual uma pessoa que chega nas últimas rodadas pode ganhar de quem está ali, desde o começo. Enfim, não adianta reclamar, pois essa é a proposta hahahahaha.  Então, se é assim, tentarei analisar as performances, deixando meu “ranço” de lado. Bora então? O paneleiro Lucas Salles comenta comigo hoje!

Maaaaaaaaaas, antes, deixe-me explicar como funcionou a final: o programa foi dividido em duas partes. Na primeira parte, cada candidato performou uma música. O candidato que obteve o maior número de votos da platéia ganhou o direito de escolher um oponente para o duelo. Assim, tivemos dois embates, ou seja, os quatro finalistas se apresentaram mais uma vez, duelando entre si. Após esses duelos, os jurados escolheram os vencedores de cada confronto e os dois finalistas duelaram, mais uma vez, na parte dois do programa, para, então, conhecermos o candidato campeão da segunda temporada do The Four, escolhido por votação da platéia. Ficou dificil entender? Bora para as performances, que eu tenho certeza que vai ficar mais fácil! hahahaha

Como de praxe, na abertura do programa, tivemos o The Four se apresentando. Achei uma coisa sem graça toda vida, mas ao menos não foi uma verdadeira bagunça.

The Four perform “Hard” by Rihanna

[PARTE 01] APRESENTAÇÕES INDIVIDUAIS 

Whitney Reign – “Lady Marmalade” by Labelle 

Tati: Pensei que fosse odiar com todas as forças essa performance da Whitney, mas não detestei não, viu? Está certo que ainda tivemos uma Whitney um pouquinho caricata, mas ela não me soou tãããao forçada como ela costuma me parecer e eu acabei gostando da performance. Vocalmente ela deixou um pouco a desejar, mas ela é um pouco limitada nesse sentido, então achei que ela não comprometeu.

Lucas S: Essa mulher é sempre traz muita intensidade em suas apresentações, além de sempre estar no controle da mesma tornando-a toda sua.Com ‘Lady Marmalade’, Whitney mostrou o porque de estar aqui. Ela dominou o palco, incendiou a plateia, contagiou os jurados, me contagiou… Embora a song seja datadíssima e batida em realitys, para mim, ela fez tudo aquilo que deve ser feito em uma final: arrasar!

Leah Jenea – “True Colors” by Cyndi Lauper

Tati: Nunca pensei em ver Leah cantando essa música e confesso que estava com um pezinho um pouco atrás. Mas combinou com a voz dela e achei uma performance bem conectada. Dava pra ver que ela estava bem ligada ao que estava cantando. Além disso, o palco estava lindoooooo, minha gente! Amei as luzes coloridas no fundo, deixaram a performance mais fofinha! Não foi uma apresentação inesquecível, mas foi agradável de se assistir.

Lucas S: Logo de inicio olhei muito, mas muito torto para Leah, ô gente, a escolha da canção, assim como a da Whitney achei a canção bem batida. Porém, a menina deu um verdadeiro banho de de água fria em minha opinião. Rapaz, ela bailou durante toda a performance. Que apresentação linda. Seus vocais estiveram impecáveis, ela esteve totalmente conectada a canção e o resultado final foi A-M-A-Z-I-N-G!

Sharaya J – “Juicy” by The Notorious B.I.G

Tati: Gente, antes de tudo: que mulher que estava L.-I-N-D-A! Roupa e make maravilhosas demais! Olha, que legal ver Sharaya mais contida, mas eu achei essa música pequena demais para um início de programa. Assim… Foi muito bem executada, mas sabe quando não empolgada? Foi isso que eu senti! Eu gostei da sua conexão com a música, mas foi uma das performances dela que menos me empolgou. Talvez seja porque estou acostumada com uma Sharaya mais explosiva.

Lucas S: Dona e proprietária da season 2 do The Four. Sharaya consegue se ultrapassar a cada performance. Nesse round ela trouxe emoção no que cantava e me surpreendeu demais. Arrisco a dizer que ninguém esperava por uma performance assim dela, né? Depois dessa apresentação, acho que ninguém segura essa mulher fora do programa. #GoRaya

James Graham – “Rock With You” by Michael Jackson

Tati: Olha, eu gosto do James e não nego, porém, não tenho problema nenhum em dizer que algumas apresentações dele me cansam. Tipo, eu amei na primeira vez que o vi cantando “A Song For You”, mas se ele escolher a música errada, acredito que ele fique um pouquinho chato. E eu tive essa impressão nessa música, pois achei que a apresentação dele, como um todo, ficou um pouquinho previsível. De qualquer jeito, ele mandou muito bem nos vocais e se garantiu na presença de palco.

Lucas S: Rapaz, analisando todas as performances do James, ele poderia se tornar facilmente o novo ‘Michael Jackson’. Seus vocais pisam muito no das outras três juntíneas. Sei que cada um ali tem suas particularidades, mas os recursos vocais desse boy, e a facilidade com a qual canta, é impressionante demais. Assim como Sharaya, ele pode fazer muito sucesso fora do programa.

Bom, a apresentação de Sharaya foi escolhida como a melhor dessa primeira parte e, por isso, ela pôde escolher quem desafiaria e ela optou pela Whitney! 

Whitney Reign – “Million Reasons” by Lady Gaga

VS 

Sharaya J – “Cops Shot The Kid” by Nas

 

 

Tati: Gente do céu, olha o que nervosismo fez com a Whitney! Ela estava cantando como se tivesse corrido a maratona de São Silvestre e no final tivessem dado um microfone pra ela. Faltou fôlego total hahaha e olha que estamos falando de uma música lenta, hein? Enfim, esses problemas de respiração me incomodaram muito e achei uma apresentação tecnicamente muito ruim e sem emoção alguma. Acredito que ela tenha sentido a pressão por enfrentar a proprietária da season.

Lucas S: Por que matou ‘Million Reasons’ assim, Whit? Meu senhor Jesus, que versão sofrível. Odiei. Foi muito drama, muito teatro, 0% de emoção. Ela seria uma grande estrela se não fosse essa inconstância dela dentro do reality. Uma pena.

Tati: Ai gente, como eu amei a construção dessa apresentação. Foi uma excelente interpretação para a letra dessa música e eu curti demais! Fora os dançarinos que foram um hinoooo e arrasaram com ela na parte final! Agora assim, essa é Sharaya que eu adoro 100%. E a bichinha foi esperta, né? Escolheu a oponente mais fraquinha para garantir hahaha.

Lucas S: Nessa performance, Raya encarou a música e disse: ‘Sem chances Whit. Quem manda aqui sou eu’. A mulher nem parecia que que estava competindo. Ela parecia aquelas convidadas especiais apresentando seu single. Ela mais uma vez mostrou o porque passou invicta por todos os challenges da competição até então.


Leah Jenea – “Golden” by Jill Scott 

VS

James Graham – “Hello” by Adele

Tati: Uma ótima escolha para Leah, afinal, foi uma performance que ela pode explorar seus vocais e entregar bastante energia e acho que nesse sentido ela não ficou devendo em nadinha. Eu achei que foi uma performance muito decente, porém, o timbre dela me incomodou, como geralmente me incomoda. Sei lá, acho a voz um pouco estridente demais e, por isso, não consigo curtir tanto assim.

Lucas S: Eu não me aguento com a voz da Leah. Eu sou apaixonado por essa música e ela me ganhou totalmente desde a escolha da canção até o desenvolvimento da performance. Que ótimo momento para realizar a melhor apresentação dentro do programa, hein? Se essa menina for bem trabalhada, ela pode ser a nova estrela desse mundão. Pois qualidade para tal ela tem.

Tati: Eu falei mais cedo sobre o que me incomoda em James, mas agora preciso ser justa e dizer que eu fico espantada com o controle vocal que esse menino tem e como ele consegue transitar pelos tons sem desafinar. Achei a performance vocalmente muito boa, apesar de que, emocionalmente, ele não me tocou tanto assim. Mas, ao meu ver, ele foi melhor do que a Leah e sinal de que ele está vivíssimo para a final. E, gente, eu não aguento mais essa cara de quem chupou limão do DJ Kalled. A Leah até que vai, pois ela estava vendo na tensão de ser eliminada, mas ele? Fiquei sem entender hahahaha!

Lucas S: É entrega que você quer, @? Então tome! James se doou por inteiro nessa apresentação e fez desse challenge, uma gigantesca batalha. Amei demais o clima criado por ele. Do início ao fim, você via veracidade, intensidade e vontade de estar ali e de avançar para o dueto final. Great job, boy.

Após os dois duelos, os jurados escolheram James e Sharaya para avançarem para o grande duelo final e eu achei justíssimo. Não apenas pelo rendimento da noite, mas também pelo desempenho durante todo o programa. Bora ver o embate! 

[PARTE 2] A BATALHA FINAL 

Sharaya J –  “Say Less” by Sharaya J

VS

James Graham – “Fix You” by Coldplay

 

Tati: Uma música chatíssima para uma grande final, mas uma excelente interpretação, cheia de atitude – algo que super se encaixa na essência do programa. Eu amo a segurança da Sharaya e nessa performance não foi diferente. Talvez uma música menos linear poderia ter a ajudado brilhar mais, mas o fato é que ela manda bem sempre e isso é um dos motivos por ela estar aqui, na final. No geral foi uma ótima apresentação!

Lucas S: Mais um rap da diva para minha playlist! Sou fã assumidíssimo da Sharaya e para mim ela é a personificação desse programa. Se eles buscavam uma artista pronta para a indústria, encontraram. Ela é veroz, afronta seus adversários e isso é delicioso de ver. James terá de se superar muito se quiser levantar o troféu do reality.

Tati: Aí sim, eu fui surpreendida. Eu não esperava de jeito nenhum essa música para James e foi uma surpresa boa, viu? Ele estava super conectado e amei a forma como ele resolveu utilizar seus falsetes. Mais uma performance com bons vocais e, dessa vez, ele conseguiu me tocar 100%. Aaaaah, o palco estava muito lindo também!

Lucas S: Quem esperava mais uma velharia -né Lucas?-, caiu do cavalo. Eu não estava preparado para essa porrada. James internizou a música e fez com que ela fosse seu single. Seus falsetes nunca estiveram tão bons quando nessa performance. Se eu achava que ele que teria trabalho após a performance da Raya, eu vos digo, o jogo virou e é ela que tem de se preocupar. Mais um AMAZING job, James! E ah, esses dois foram protagonistas do programa e nada mais justo vê-los se enfrentando aqui, né? Que challenge incrível senhoras e senhoras!

E depois desse duelo – que muito me agradou, diga-se de passagem – foi hora de conhecer o campeão!

Olha, preciso pontuar algumas coisas: eu achei uma final bem justa, já que ambos foram consistentes durante o programa. Apesar de eu curtir o James, minha torcida era pra Sharaya, pois ela sempre fez performances muito sólidas. Porém, não vou mentir que fiquei triste pelo campeão, pois James era um dos meus favoritos. No final das contas, fiquei feliz!

Então é isso, pessoal! Ano que vem tem mais e certamente estaremos aqui com vocês. Grande abraço e nos vemos por aí. 🙂

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Tatiane Silva

Sou uma Social Media e Community Manager que ama tanto o que faz, que acaba fazendo isso quase que o tempo todo. Eu moro na internet, por isso acrescento doses diárias de cultura inútil e memes que é pra eu não me entendiar. Amo realities musicais, gasto horas em grupos de discussão e sou viciada em coisas que me fazem dar boas risadas e esquecer da minha conta bancária negativada.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu