Posts Populares

The Four Brasil – S01E01 – Episódio 1 [Series Premiere]

The Four chega ao Brasil com uma grande estréia! Formato promete descobrir um grande artista.

E na ultima quarta feira, às 22:30h começou a primeira temporada do The Four Brasil. Uma nova aposta de reality musical da Record que já trouxe Ídolos e Canta Comigo. Então se você não é tão por dentro de realities musicais o formato realmente é uma novidade, no entanto para quem é entusiasta, como eu, e acompanha realities de outros países já deve conhecer bem o formato. Se você perdeu o post de Vem Aí, você pode acompanhar clicando aqui.

Funciona da seguinte forma. O programa já começa com os 4 finalistas já pré estabelecidos pela produção, que como na versão americana vou nomear de Original Four. Entra um candidato e se apresenta a bancada de jurados, se a decisão dos jurados for unânime que sim o candidato tem o direito de batalhar num formato Sing Off por uma cadeira, e a decisão final de quem vence a batalha ou não é a da platéia.

Os jurados nessa temporada são:

Aline Wirley

Se você tem mais de 20 anos com certeza você conhece a Aline por fazer parte de uma das maiores girlband brasileiras que foi o Rouge. Também revelada por um reality musical que foi o Popstars, ela é reconhecida por sua espontaneidade, muito alegre, brincalhona e sorridente, Aline promete trazer um ar mais descontraído para a bancada.

Léo Chaves

Cantor sertanejo, fez muito sucesso fazendo a dupla com seu irmão Victor. Léo também já foi jurado do The Voice Kids com seu irmão, durante uma temporada seu irmão se envolveu em uma polêmica e Léo foi diagnosticado com escoliose por carregar o programa nas costas. Ter Léo na bancada do The Four Brasil não bate somente a cota sertanejo, como o cara mais experiente por já ser jurado em outro reality.

João Marcelo Bôscoli

Ele é filho de Elis Regina, ex marido da apresentadora Eliana e produtor musical. Ele também já fez parte de uma banca de jurados em outro reality musical da globo chamado Popstar (reality diferente que a Aline participou que é Popstars que foi exibido no SBT). João também se envolveu em alguns polêmicas lá, mas não vale a pena lembrar porque o programa era bem ruinzinho.

Como disse no início da review, nós já temos 4 Original Four que já foram pré escolhidos pela produção do programa. O mais estranho é que eles nem foram anunciados ou sequer teve uma divulgação rápida de quem seria. Antes de começar o programa, eu já imaginava que os original four fossem de estilos variados como um cantor de mpb, um rocker, um sambista e um rapper, mas os membros original four são:

  • Stanya
  • Manso
  • Bruna Oliver
  • Erik Moraes

Por ser primeira temporada, eu imaginava que fossem participantes vindos de outros realities como finalistas de The Voice ou que já fossem nem que seja um pouco mais conhecidos pelo público.

Os 4 finalistas começaram a temporada cantando um Medley da banda Queen

The Four – I Want It All / We Will Rock You

Foi uma apresentação boa? Até foi mas faltou algo que me deixasse impactado. De todos o que me deixou uma melhor impressão foi Erik e logo depois Bruna. Stanya, dos quatro eu achei ela com a voz mais diferente, não que seja ruim, mas é bem difícil achar uma música pra ela.

Kenia – Human Nature by Michael Jackson

Kenia foi a estreante da noite. Logo de cara ela pegou uma música super difícil e que não fica bem na voz de todo mundo com facilidade. De certos momentos foi bem legal a voz dela, mas em outros ela teve derrapadas muito evidente, principalmente no grande momento em que ela teria que ter um super falsete e aqui faltou. Não achei a presença de palco das melhores também, senti que o nervosismo a deixou presa.

Kenia foi ELIMINADA por um voto não

Arthur Olliver – Fallin

Gente eu só consegui prestar atenção na maquiagem SUPER pesada que fizeram no menino, dá para reparar bem pelo vt antes da apresentação. Mas enfim, indo para a apresentação de fato eu não gostei muito. Tinha algumas empostações que deixava a voz rouca e eu ficava “pra que anjo?”. No entanto, o que salvou mesmo que eu achei foi o final.

Arthur conseguiu 3 sim e vai batalhar por uma cadeira

Bruna Oliver – Can’t Feel My Face by The Weeknd

Eu senti que foi uma música que apesar de estar dentro do estilo que ela canta, não foi das melhores escolhas para ela. Deu pra ver que tem uma voz boa, mas não foi aproveitada como deveria muito por conta da música escolhida.

vs.

Arthur Olliver – I Feel Good by James Brown

Eu sinceramente achei uma batalha complicada porque pareceu que eles pegaram músicas que não são do repertório deles mas que cantaram no pra fazer um certo apelo popular. É óbvio que o peso de alguém cantando James Brown pode fazer você pegar uma cadeira certo ou você pode sair muito criticado. Arthur arriscou e apesar de achar a versão bem chatinha, foi ótima pra mostrar nuances vocais no qual ele não mostrou na primeira apresentação.

A platéia decidiu dar a vitória para Athur Olliver que se torna o primeiro participante a pegar uma cadeira no The Four Brasil.

Marcel Gorski – Rolling In The Deep by Adele

É um nome já conhecido, não por ter participado de um reality da Holanda, mas esconderam na fan base que ele já participou do Ídolos na Record em 2012, descobri pesquisando vídeo para colocar aqui. Na sua audição ele foi aprovado, mas não sei até aonde ele chegou. Aqui no The Four ele cantou um clássico de Adele e aqui ele pecou pelo excesso. A autoconfiança exacerbada pode ser um problema, eu achei muito exagerado, muito all over the place. Enfim, não gostei muito.

Marcel foi ELIMINADO por um voto não.

Rully – Shallow by Lady GaGa

Que maravilhosa gente! Eu amei a voz dela, o estilo e diferente dos cantores anteriores deu pra ver que é algo que ela pegou não só pra impressionar os jurados e o público, é algo bem a cara dela, uma coisa que a gente veria num show dela. Meu sonho era ver ela cantando contra Manso e eu estava torcendo muito pra ela não ir contra Erik.

Rully recebeu 3 sim e vai batalhar por uma cadeira

Stanya – Rise Up by Andra Day

Como disse no início da review achar uma música para o tipo de voz dela não é facil. Quando eu assisti o programa ao vivo eu não gostei muito, mas vendo depois eu até que gostei. Stanya, como no nome é bem única e a versão que ela apresentou foi bem legal e ameeei a afronta dela jogando o vestido para a Rully, só por isso já merecia ficar.

VS.

Rully – Simply The Best by Tina Turner

Se na primeira performance ela já tinha deixado uma boa impressão na segunda ela foi ainda melhor entregando algo animado ao público, soube escolher a música certa e mostrou que merecia a cadeira no The Four Brasil.

Rully VENCE e Stanya foi ELIMINADA pelo voto da platéia

Rita Gutt – Xodó by Dominguinhos

O AUGE do programa é ver que foi preciso quase 10 performances para ter uma canção nacional. Não achei Rita ruim, mas faltava alguma coisa pra ficar 10/10. Mesmo Aline e Léo dançando e Rita mostrando toda sua alegria durante a apresentação ainda faltou alguma coisa. Apesar de tudo eu ainda daria sim e queria muito ver a batalha dela contra Manso, que aparentemente se mostrou ser um cantor sertanejo, não vi nada dele ainda.

Rita foi ELIMINADA por 1 voto não

Danny Queiroz – Ride by Twenty One Pilots

Assim que Danny entrou Erik já ficou atento, pelo estilo dele seria alguém pareável. Sobre a apresentação eu até gostei, ele tem uma ótima voz, presença de palco, visual de artista, tudo que um The Four precisa. Aqui já vou falar direto que ele consegui os 3 sim e vai batalhar para uma cadeira. E é aí que entra o grande plot, Danny e Manso são compadres, as opções que Danny tinha era somente Manso e Erik. Até tentaram fazer um suspense, mas Danny não era imundo a ponto de desafiar Manso e foi contra Erik.

Erik Moraes – Billie Jean by Michael Jackson

Erik foi uma grata surpresa pra mim, assim que vi os original four eu podia jurar que ele era o mais fraco dos 4. E foi completamente o contrário, apesar de ser uma versão mais do que batida da música de MJ, Erik conseguiu trazer originalidade, presença soube trazer o clima mais dark que o arranjo pedia e me arrisco a dizer que foi o melhor da noite.

VS.

Danny Queiroz – Crazy by Gnarls Barkley

Danny mandou muito bem nessa música, até me assustei com a diferença dessa pra primeira apresentação. Senti falta de um final mais impactante. Se ele ganhasse será que ele seguia uma crescente até a final? Jamais saberemos, mas acredito que se ele não fosse com um oponente tão forte com certeza ele pegava uma vaga.

Erik VENCE e continua com sua cadeira e Danny é ELIMINADO

———- CONSIDERAÇÕES FINAIS ————

Para uma estréia o The Four Brasil simplesmente pisou em qualquer reality do gênero atual em tv aberta. A apresentação de Xuxa foi boa, apesar de ser primeiro episódio ainda falta estar mais solta como a gente vê no Dancing Brasil. Algo que não gostei foi a falta de uma certa variedade nos participantes senti falta de cantores mpb, sambistas, rappers, latinos que são estilos que a gente não costuma ver em outros realities e o The Four costuma dar mais visibilidade a outros gêneros.

Outro ponto que não curti foi a falta de músicas nacionais. Em todo o episódio tivemos apenas uma música nacional. Eu acreditava que isso seria algo específico a um ou no máximo dois candidatos, mas aconteceu com 90% dos candidatos.

De todos os 4 que vão se apresentar na próxima semana Rully e Erik são os meus favoritos, Manso infelizmente não sei o que esperar dele e Arthur de repente eu posso curtir ele cantando uma música que seja mais a cara dele.

Sobre o formato aqui no Brasil, acredito que seja muito inovador e possa hitar aqui sim. Só precisamos de um participante imundo, afrontador, que traz toda a rivalidade como Stanya até trouxe um pouco na sua performance.

E encerramos a primeira review do primeiro episódio, o que acharam? Vocês podem acompanhar todas as notícias do The Four Brasil no site oficial clicando aqui.Deixem sua opinião aí nos comentários e até a próxima review.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Valber

19 anos, atrapalhado, distraído e começando agora (Não tem paciência, a saída e logo alí). Aqui comentarei todo tipo de reality musical em especial The X Factor, The Voice e Superstar. E como diz uma grande pensadora atual "Quem não gostar do que eu falo, me dá um tiro na cara!"

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries