Posts Populares

The Four Brasil – S01E03 – Episódio 3

Será que o Original Four será desbancado por mais alguém?!

Olá gente, começando mais uma review do The Four Brasil. Semana passada Léo e Victor ganharam suas batalhas e ocupam vaga no The Four, enquanto Manso vence mais uma vez e permanece na competição e agora é o único Original Four e Rully não foi desafiada na semana anterior, caso não tenham acompanhado vocês podem ver a review clicando aqui.

Nessa semana todos os 4 participantes foram desafiados, finalmente, e quem comenta comigo essa semana será Nicolas e Mizael, então sem mais, vamos a review.

O programa começa com os 4 finalistas cantando um Medley de Adele, diferente das semanas anteriores eu senti um entrosamento maior entre os participantes.

Simone Schuster – No Roots by Alice Merton

Valber – De fato é alguém de atitude e que prometia bastante. A escolha da música foi ok, gostei da presença de palco. Queria muito que ela batalhasse pra ver aquele boom todo que ela prometia durante a performance.

Nicolas – Já gostei do estilo dela, da confiança e tudo que ela passa. Simone é uma performer incrível, interpreta muito bem a música acompanhando as batidas com o corpo, tem uma voz linda, só acho que a songchoice poderia ter sido melhor. Pra mim, ela merece a chance de batalhar.

Mizael – Gostei do estilo dela, logo de cara. Antes dela cantar, esperava por um espetáculo ou por um desastre. Simone tem uma presença de palco muito boa e uma voz melhor ainda, mas acho que ela não cumpriu o que prometeu no VT, nem com o estilo dela. Eu a daria  a chance de desafiar alguém, mas se ela não conseguir tal feito, eu entendo perfeitamente. Acho que Simone guardou a música mais mais dinâmica e explosiva para o desafio.

DESAFIO – LEO MANHUAD VS SIMONE SCHUSTER

Leo Manhuad – I Heard It Through the Grapevine by Marvin Gaye

Valber – Léo acho que fez o mínimo. Pegou uma ótima música, cantou certinho sem se arriscar muito, mostrou certa versatilidade o que é bom. Mas no geral eu achei pouco para uma batalha, acredito que ele possa entregar mais como entregou semana passada ou na performance em grupo.

Nicolas – Adoro as passagens de voz que Leo consegue fazer, sempre trazendo um toque a mais nas performances. Não gostei muito da escolha musical, mas entendo que é exatamente do estilo de artista dele.

Mizael – Apresentação bem correta, mas não me empolgou não. Rock também é entrega e acho que faltou muito!

Simone Schuster – Uptown Funk by Bruno Mars

Valber – Pop?? É serio que uma rocker vai no The Four, consegue a oportunidade de batalhar e me canta um pop?? E foi logo a música mais saturada em reality musicais, pra ser sincero, eu falo de performances dessa música desde que comecei a escrever pelo site em 2015. Enfim, a escolha musical decepcionou e o que prometia hitar foi por água abaixo. Os vocais não davam muito espaço pra ela mostrar a voz, dava pra sentir que não era uma coisa que estava na vibe dela.

Nicolas – Poxa, que decepção de songchoice. Tava esperando Simone arrasar com um rock, e ela me vem com essa versão chata de uma música pop. Novamente ela arrasou na presença de palco, e não acho que o início da apresentação tenha interferido tanto no desempenho dela, mas Leo ainda foi melhor, por ter escolhido a música certa pra ele.

Mizael – Como eu já imaginava, Simone conseguiu três sins. A menina  veio de Bruno Mars, em uma versão meio Rock, que também não me empolgou muito, mas ela dominou o palco como uma artista de verdade e esse final foi maravilhoso. Acho que Simone poderia ganhar de lavada se escolhesse a música explosiva que eu esperava. Ela tem uma pose de autoconfiante, mas parece que tem medo do próprio talento, que é gigantesco.

Léo vence a batalha contra Simone e permanece mais uma semana

Kacá Novais – Sozinho by Ney Matogrosso

Valber – Tenho que admitir logo que não sou um entusiasta em mpb, mas sei apreciar algumas músicas. Kacá assim que eu ouvi a voz dele nessa música eu jurava que era um Ney Matogrosso Wannabe, mas quando vi de fato a apresentação eu achei muito hinário. Primeiro porque ele fez loop o que já é ótimo, depois a apresentação bem intimista, simples e ele não precisou alcançar grandes notas para impressionar. Eu amei.

Nicolas – Gente, que timbre incrível é esse? Kacá é o tipo de artista que o Brasil PRECISA conhecer! Se entregou com corpo e alma nessa apresentação, mostrou garra, e muita paixão pelo que faz. Sem dúvidas merece a chance de batalhar.

Mizael – Que artista maravilhoso! Foi de arrepiar, desde o começo. Trouxe toda brasilidade que estava faltando no programa. Estou sem palavras. Acho que a melhor voz é a da Rulli, porém ele é, sem dúvidas, o melhor artista que pisou no palco do The Four Brasil! Se não receber três sins, desligo a tv. 

DESAFIO – Victor Figueira vs Kacá Novais

Victor Figueira – Negro Gato by Roberto Carlos

Valber – Eu não tinha gostado de Victor na semana anterior, mas achei melhor que Arthur e pra mim mereceu ganhar. Essa semana ele de fato me conquistou não pela escolha musical, que podia ser melhor, mas pelo o que ele fez com a música. O cara tirou leite de pedra aqui. De variações, notas altas, provocou Kacá, animou o público. Eu me surpreendi muito com ele.

Nicolas – Semana passada Victor me cativou por completo, e eu passei a torcer muito por ele, pois é o estilo de artista que eu amo, então pra hoje eu criei grandes expectativas e felizmente não fui decepcionado. Gostei que ele quis trazer versatilidade essa semana, e fez uma ótima escolha musical para isso. A técnica dele é incrível, com uma interpretação tanto quanto teatral que me agrada muito. Simplesmente amei.

Mizael – Não gosto dessa música, mas gostei de ouvir mais uma música em português. A linearidade de “Negro Gato” conteve os exageros do Victor. O cara fez uma performance que me agradou muito. Semana passada não curti muito o Victor, mas hoje ele se mostrou um vocalista muito consistente.

Kacá Novais – Sá Marina by Ivete Sangalo

Valber – Achei essa apresentação mais fraca que a primeira, ele não fez feio, cantou muito bem até, mas não me ganhou. Torço para que na proxima semana ele cante qualquer uma de Nando Reis e arrase.

Nicolas – Fiquei triste por ele ter escolhido Victor, pois queria que os dois ficassem com as cadeiras. Enfim, gostei bastante dessa apresentação, novamente Kacá se jogou com tudo, mas pra mim, Victor foi mais completo e merecia continuar com a cadeira.

Mizael – Essa música é linda, mas sem apelo nenhum, gente! Fiquei triste quando ele começou. Não percebi erros, mas não senti nada, nothing, nadica… com essa apresentação. É triste, mas sinto que essa escolha vai levar Kakah para casa. 

Kacá vence sua batalha se tornando novo membro do The Four e Victor é eliminado

Ju Romano – Mercy by Duff

Valber – Eu gostei dela, tem voz potente e tudo mais. Sendo que a presença que ela mostrava ali no palco não me agradou e não me empolgou, acredito que ela poderia fazer mais na batalha e quem sabe poder agradar o publico de fato.

Nicolas – Gente, eu amo essa música, mas não entendi nada dessa performance. Achei que faltou presença de palco, controle vocal e afinação em alguns momentos. Não acho que ela tenha chances de vencer Rully nem Manso, e nem acho que mereça desafiar um dos dois.

Mizael – Gostei da atitude dela, mas o nervosismo  atrapalhou bastante e não consegui ver nada que a destacasse. Gostei muito dela ter tido a chance de desafiar alguém e torço muito para ela conseguir mostrar a que veio.

DESAFIO – Manso vs Ju Romano

Manso – Bang by Anitta

Valber – Uma escolha num tanto inusitada, não imaginava Manso cantando algo do estilo, mas até que foi correto, foi algo que no fim das contas não foi bom e nem ruim. Claro, com uma apresentação dessas daria pra ficar, dependendo, da performance de sua adversária.

Nicolas – Adorei essa versão da música, que se encaixou perfeitamente na voz de Manso. Por mais que seja uma música linear, ele consegue utilizar diversos artefatos vocais, e mandou muito bem tanto no vocal quanto na presença de palco.

Mizael – Achei esse tom errado demais para ele. Os falsetes foram bem ruins e foi tudo linear demais. Parecia que ele estava querendo ser eliminado.

Ju Romano – Bang Bang by Jessie J, Ariana Grande & Nicki Minaj

Valber – Aqui ela foi muito bem, assim como no selo que dei para a performance dela, acho que ainda faltou uma coisinha básica que foi conexão, a todo momento ela sorrindo, indo provocar Manso ou quando ia para o público e logo depois sorria me incomodou. Foi a batalha mais acirrada da temporada.

Nicolas – Se ela já tinha sido descontrolada na performance anterior, nem sei o que dizer sobre essa. Sem dúvidas não é a música certa pra ela, achei muito exagerado e estridente. 

Mizael – Ela veia para pegar a cadeira. Teve tudo que não teve na apresentação do Manso: Dinâmica, explosão e entrega! Manso era um dos meus favoritos, mas quem realmente lutou aqui foi a Ju. 

Manso vence Ju e permanece mais uma semana

Nega – O Mundo É um Moinho by Cartola

Valber – Pra quem acompanha os realities musicais já conhece esse rosto. Ela participou do reality show Fábrica de Estrelas, que tinha a premissa de fazer o retorno do Rouge (Grupo de Aline) e revelar uma nova Girlband. Em menos de um ano o grupo encerrou. Eu fiquei muito surpreso com a Nega, porque do fim do grupo pra cá ela melhorou muito a imagem artística dela. De como se portar em vídeo, presença de palco e a voz. Ela arrasou demais.

Nicolas – CARACA, que timbre é esse?? apaixonado!!! Nega fez uma escolha incrível pro timbre dela, interpretou com muita força e imersão na letra, além de trazer incríveis vocais. Vejo aqui uma artista completa, que pode se dar bem na competição.

Mizael – Que mulher bonita e  a música é linda também. A voz de Nega é aconchegante demais, gente. Algum dos jurados disse exatamente o que pensei:  Ela interpretou a música com leveza e ao mesmo tempo com a força que essa canção pede. Com certeza Nega merece uma chance de desafiar. O difícil é ela derrubar Rulli, vulgo a melhor vocalista do programa até agora!

DESAFIO – Rully vs Nega

Rully – Radioactive by Imagine Dragons

Valber – Essa semana tá complicada para escolhas musicais. Rully podia ter escolhido uma música melhor. O que compensou foi a presença de palco, a voz e a todo momento ela demonstrou a grande presença artística dela.

Nicolas – Ai, que desafio complicado, pros jurados, pra platéia, pra mim, pra todo mundo! Rully era a minha preferida entre os 4 que estavam na cadeira, mas ao mesmo tempo eu me apaixonei pela Nega, então qualquer resultado aqui já me faria sofrer. Enfim, eu amei a escolha dela, é uma música complicada de ficar boa em outras vozes, mas Rully fez o melhor ali no palco, e arrasou. Muita atitude, vocal perfeito, amei!

Mizael – Amo demais essa música e todas as outras da minha banda favorita. A banda do The Four Brasil faz uns arranjos tão toscos. Os participantes têm de se desdobrar, a banda parece querer se sobressair e a voz que se dane. Em um arranjo diferente ou com outra música, poderia ter sido um show, mas hoje não deu. Espero que ela volte com tudo e consiga uma das cadeiras novamente.

Nega – Dona de Mim by Iza

Valber – Ela veio realmente para conseguir a cadeira. Pela escolha da música a platéia já foi a loucura e quando ela sentou na cadeira aí mesmo que o povo amou, e Nega está certíssima, tem que provocar, chamar essa tensão de batalha mesmo. Esse foi um embate que achei que seria decidido pelos décimos por Rully ser a grande favorita da temporada.

Nicolas – Ai, já me ganhou com a songchoice. Amo uma militante, ainda mais afrontosa como Nega foi! Mandou muito bem, ela é cheia de talento, mandou bem na interpretação e me deixou muito dividido. Ficaria feliz com qualquer uma das duas ficando.

Mizael – Morri  de rir quando ela sentou na cadeira kkkk. Gente, Nega se saiu muito bem em um dia ruim da Rully, infelizmente não tenho como contestar sua vitória. Apesar de alguns pequenos deslizes vocais, foi um show de brasilidade e de atitude.

Nega vence e se torna novo membro do The Four e Rully é eliminada

—————— CONSIDERAÇÕES FINAIS —————-

O episódio dessa semana foi surpreendente ao meu ver. Na minha opinião só Léo que teria o risco de ser eliminado e o restante vencer seus desafios. Rully com certeza volta caso tenha um comeback, fiquei muito triste com a saída do Victor, Manso o Original Four que está aí até hoje e, inclusive, estou gostando muito da trajetória dele. Sobre os novos The Four vai depender muito de quem serão os desafiantes, mas quero muito Nega continuando até o Comeback Challenge pra ter um segundo round contra Rully.

Para conferir tudo sobre a temporada você pode conferir no site oficial do The Four Brasil clicando aqui e até a proxima review.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Valber

19 anos, atrapalhado, distraído e começando agora (Não tem paciência, a saída e logo alí). Aqui comentarei todo tipo de reality musical em especial The X Factor, The Voice e Superstar. E como diz uma grande pensadora atual "Quem não gostar do que eu falo, me dá um tiro na cara!"

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries