Posts Populares

The Gifted – S02E11 – Memento

Estamos chegando na reta final da temporada e muitas coisas estão acontecendo!

O episódio começou com um flashback o qual Andreas Von Strucker aparece fazendo negócios a respeito de uma caixa, a mesma que foi deixada com a família Strucker na série alguns episódios atrás. Depois disso, vemos Lauren se aprofundando na história de sua família e cada vez mais envolvida com os Fenris.

Antes de tudo, devo dizer que eu nunca gostei muito do Reed, sempre o achei muito sem graça, porém nesse episódio ele estava coberto de razão. Como a mãe da Lauren pôde ficar conformada em deixar a filha se apegar tanto a história de dois terroristas? Ás vezes tenho a impressão de que ela não se importa muito com a filha, ela quer de qualquer jeito trazer o Andy de volta pra casa e ignora completamente o que anda acontecendo com Lauren. Não é normal uma adolescente querer seguir o legado de dois terroristas, e tudo isso é culpa dos pais, digo mais, é culpa deles também que Andy foi pro Inner Circle, se eles não fossem tão negligentes com os filhos isso não teria acontecido. Mas não vamos transformar a review em um casos de família né? porque de Christina eu não tenho nada.

Ainda sobre a Lauren, uma das coisas que eu mais esperava acontecer na série era a evolução dos poderes dela e finalmente isso está acontecendo. Porém eu não esperava que isso acontecesse em decorrência desse fascínio da Lauren pelos Fenris, é perigoso e ela pode acabar seguindo o mesmo caminho de Andy. Deu pra perceber isso no finalzinho do episódio quando ela ameaça aquele vizinho, ela tinha motivos pra isso? Talvez, mas foi desnecessário demais. Ainda assim, fiquei bastante empolgado pra ver mais da Lauren em ação.

Seguindo, outro ponto importante do episódio foi a ”reconciliação” de Lorna e Marcos que começou com ela fazendo um pedindo de ajuda. Ela o procura porque descobriu que Reeva está armando algo muito ruim e não quer fazer parte disso. Fico muito feliz que eles estão no caminho pra ficarem juntos de novo, mas querida… demorou tanto assim pra cair na real que você se meteu em uma furada? Chega a ser até meio forçado acontecer isso quando a temporada está prestes a acabar… Mas enfim, o famoso ”antes tarde do que nunca” né? E falando sobre outro casal, Clarice e John além de não terem química também não estão tendo quase nada de utilidade no atual momento da série, é triste pois a Blink tinha muito potencial e foi jogada pra escanteio.

Além disso, tivemos um momento bem pesado envolvendo o Agente Turner. Eu já falei aqui na outra review que apesar dele ser contra a galera mutante eu odeio ele nem um pouco. Super compreensível a posição dele e nesse episódio tivemos mais uma prova de que ele, apesar de tudo, é um homem bom. Deu pra ver que ele discordou completamente da morte daquele inocente que não tinha feito absolutamente nada. Isso só prova que o maior problema pros mutantes são os Purificadores e a Mutant Underground ignora isso e prefere ficar arrumando briguinha com o Inner Circle.

O episódio acaba com Lorna e Marcos descobrindo que Reeva sai às escondidas pra vender informações pro Jornal que ataca os mutantes constantemente. Um plot que pode por fogo na temporada ou ser esquecido no próximo episódio e a série continuar morna (risos). Enfim, eu que tinha elogiado pra caramba o retorno da série volto a ficar decepcionado com The Gifted após esse episódio. Continuo torcendo pra que tenha uma terceira temporada pois a série merece uma chance de voltar a ser como era na primeira.

E vocês, o que acharam? Conta ai nos comentários a opinião de vocês sobre o episódio!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Erik Lacerda

Paulista, 17 anos, não bebo mas rola um cantinho do vale de vez em quando (ou é cantina? não sei). Amo comentar sobre tudo o que assisto porém nenhum amigo meu tem paciência pra me ouvir falando besteira sobre GOT, Grey's e How I met Your mother, por isso estou aqui.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu