Posts Populares

The Good Doctor – S02E04 – Tough Titmouse

Certas atitudes são sempre bem vistas.

Com várias histórias paralelas rodando, na verdade do Shaun e Lea e do Dr. Glassman, The Good Doctor segue caminhando na sua temporada, com casos bem legais até aqui e coisas que nos fazem pensar, trazendo a ideia de coisas cotidianas, humanas e muito importantes na vida de qualquer indivíduo.

O Shaun ficou bem triste com a briga com a Lea, tanto que decidiu pedir desculpas lhe dando um dounats, mas obvio que ela recusou e já queria partir da vida dele, fazendo ele ficar mal, pedindo até ajuda aos médicos durante uma cirurgia em que foi fincado um pau no ombro de uma criança, só que essa criança era especial, com uma deficiência intelectual e muitas vezes o Shaun estava se vendo nele, pelos dilemas vividos, mesmo não sendo a mesma doença. Jessica e Claire tinham outro dilema com elas, com uma montanhista tomada por adrenalina que sofreu um acidente e precisavam tomar providências, fazendo com que até os pais dela tentassem intervir, mas a menina estava disposta a arriscar sua vida, para ter uma via mais próxima do normal.

Dr. Glassman estava surtando desde o episódio passado vendo sua filha e conversando com ela, mas o Shaun ao entrar no quarto para pedir ajuda, viu o quanto ele estava delirando e inclusive ouviu ele falando com a filha, mas mesmo sabendo que deveria avisar a equipe médica responsável pelo seu amigo, o Shaun teve uma consciência em manter isso em segredo para que seu amigo possa desfrutar desses bons momentos, mas o Shaun estava em outra tour, tanto que sentir que ele passou dos limites ao procurar um apartamento para a Lea, chegando mesmo a ir encontrar ela em um, mas isso não é ser gentil, é ser assustador, porém houve uma grande falha no roteiro da série, porque o Shaun guardou o segredo do Glassman por 30 minutos, mas deu tempo dele ir até o apartamento que a Lea estava, voltar e revelar o segredo para a médica.

Quando a médica foi visitar o Glassman e obrigar ele tomar o remédio, foi tão óbvio que ele iria fingir que ia tomar, mas dito e feito, foi o que ele fez, só com a intenção de ficar vendo sua filha. A Claire percebendo que a montanhista era quase uma suicida, tentou primeiro com a Drª. Lim a tomar a atitude certa, mas não foi, primeiro porque ela discordou, então decidiu recorrer aos pais, para que eles tentassem de forma judicial impedir a filha de tomar a decisão, e vimos que a menina já tinha tido alguns problemas psicológicos, só que quando a psicóloga foi conversar com as médicas, vimos uma Claire preocupada com a vida e a Jessica sempre tentando ir ao calo das pessoas, colocando por exemplo a mãe da Claire na história, só que felizmente a psicóloga optou pela preservação da vida, ao invés de impor um risco a vida.

A mãe que tinha o filho especial teve que voltar ao hospital, por um corte em sua mão e ali percebemos que até agressão do filho ela sofre, mesmo ele sendo doente, isso não é normal e para o Shaun e o Dr. Alex, ela devia tomar uma atitude mais enérgica, deixando seu filho em um lugar para pessoas especiais, para que possam ajudar ele e a ela mesmo e o Melendez a aconselhou da melhor forma possível, porém foi muito triste ver a reação dele com ela, que loucura, mas foi algo que o Shaun sofreu, porém reagiu bem melhor. A história do Glassman foi extremamente insuportável nesse episódio, eu não aguentava mais ver aquela tour dele com sua filha em suas alucinações, recordando coisas do passado e tentando resolver, quando na verdade já se passou o tempo para resolver e só tinha tempo para remoer as dores.

Por fim, a montanhista sabia do porque seus pais agiam daquela forma, mas ela só queria ser ela, sem dependência deles e tudo mais, poder ter sua vida. Que o Melendez tem uma vida incrível e é uma pessoa incrível, todos nós sabíamos, mesmo com seus defeitos, porém amei ver ele visitando uma menina especial, que provavelmente será trabalhando em outros episódios. Já o nosso Shaun, que tentou de tudo para conquistar a Lea de volta em seu mundo, conseguiu no fim, ao demonstrar que preocupava com ela, coisas simples e ele ainda conseguiu fazer com que ela cantasse com ele.

Achei esse episódio totalmente arrastado e sem graça, principalmente na parte do Dr. Glassman, que já está me enchendo o raio da paciência e ainda cheguei à conclusão que prefiro os episódios focados na parte médica, ao invés desses na área da vida de cada um, mas cada um com seus gostos, porém gostei de mais uma vez a humanidade do médico sendo trabalhada, que foi no caso do menino especial e do Melendez.

Então é isso, um forte beijo e até mais.

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Phelipe

Um cara Fitness, gosta de esportes e um escorpiano nato, apaixonado pela vida. Um "nerd" que curte balada e um baladeiro que curte coisas "nerds", porque a vida é muito curta para se apegar em coisas pequenas, logo pode observar que sou uma pessoa muito eclética em todos os sentidos da vida.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries