Posts Populares

The Good Doctor – S02E12 – Aftermath

Uma dose de folga e felicidade é sempre bem-vinda.

Depois de todo aquele surto de dois episódios impactantes, mesmo que previsíveis, onde abordaram uma quarentena no hospital, todo mundo precisava seguir a vida, ainda mais que todos estavam extremamente cansados, então precisavam de folga para seguir a vida de cada um deles. Cada personagem foi fazer o que mais gosta, a Claire de tocar violão para seu celular, a Jessica de ficar fazendo Ioga, já o Alex queria ficar com a família e aproveitar seu filho, onde até a ex foi convidada para isso, mas o Shaun não podia fazer o que mais gosta, que é estudar, porque a Lea queria que ele se distraísse, então ele foi encher o saco do Glassman, já que é um dos poucos amigos dele, só que nem ele queria saber do Shaun, mas pela insistência, teria que ficar com o nosso bom doutor e a Lea, já que ela também não tem amigos e queria almoçar com o Shaun.

Jessica acabou “chantageando” a Claire para ambas saírem para tomar uma e odeio como a série as colocam como “rivais”, acho que sororidade e empoderamento feminino estão tão em alta no mundo, que seria bacana a série abordar isso com mais frequências, porém a Jessica queria mesmo uma amiga para se distrair da morte do Tyler, mesmo estando na defensiva, mas todo esse encontro delas foi por água abaixo, com a história da mãe da Claire sendo dispensada e até mesmo o desabafo da Jessica sobre o Tyler, ao chegar na casa da mãe da Claire as coisas não estavam legais e a história não batia com nada, então elas acabaram descobrindo que ela sofria de agressão do namorado, o que deixou a Jessica vidrada e aí sim tivemos uma dose de sororidade, já que ela quis sim fazer algo para ajudar a mãe da amiga, não apenas deixar ela fugir.

Todo o passeio do Alex com a família estava legal, até ele querer tocar no papo de relacionamentos, porque era claro que tanto ele, quanto sua ex tinham feridas abertas, ainda mais com término por falta de comunicação, o que afeta ainda mais uma possível relação sadia entre eles, só que ambos em certos momentos disseram o que realmente sentiam, só que apenas o Alex queria reatar e sua ex já estava querendo seguir a vida, por mais doloroso que seja. Shaun estava com uma história no episódio sem cativação nenhuma, porque parecia que tudo rodeava o Glassman a fazer o seu tratamento, o que já está chato na série, porque eles precisam dar um jeito nisso logo e não ficar prorrogando isso.

Com toda a sororidade que a série estava apresentando, foi extremamente desserviço da série fazer com que a agressão tenha sido falsa, porque a mãe da Claire não queria casar, por não está preparada, mesmo parecendo eu as vezes, ela agiu errado e de forma sorrateira, mas o que me deixou mais puto é isso da falsa agressão, ainda mais com muitos machistas vendo a série. Andrews ficou todo o episódio tenso, pelo fato do hospital está passando por uma vistoria dos acontecimentos da quarentena e o mais assustador foi que a coordenadora o disse que recomendaria a suspensão da licença de ser médico de três deles, o Melendez, a Lim e o Shaun, por todos terem tido ações ou omissões durante a quarentena, que iriam contra o estatuto.

Durante toda uma sequência de cenas nos foi mostrando como cada personagem estava lidando, o Dr. Andrews( que inclusive tentou defender os amigos) dando a notícia a Drª Lim e ao Dr. Melendez sobre a possível punição, também vimos o Park e seu filho se divertindo, onde sua ex os admirava, fora toda a cena da mãe da Claire, porém a mais legal se deu por conta do Shaun, Glassman e Lea, já que eles também foram se divertir em uma corrida de Kart, o que realmente me eixou feliz, porque não que aguentava mais sempre os mesmos assuntos, mas por um momento pensei que a morte do Glassman havia chegado.

Depois de todo o auê que o Melendez e a Lim passaram, com eles inicialmente evitando falar da noite que passaram, a Lim finalmente foi até ele falar o que sentia, o que foi reciproco, onde eles queriam tentar continuar tudo, mas antes esperariam tudo com o conselho de medicina passar, para que aquilo não atrapalhe em nada. Ainda tivemos um desfecho repleto do que eu sempre quis, com a Claire e Jessica finalmente gostando uma da companhia da outra, fora toda a união que quero delas agora em diante.

O desfecho todo feliz do Park com uma possível volta a sua ec foi lega, mas o melhor foi ele com a seu filho de volta. O Shaun e o Glassman finalmente pareciam ser amigos em uma conversa só deles, pelos papos em si, até mesmo sobre a Lea e o Shaun, só que o nosso bom doutor foi para casa e eu jurava que na hora que ele bebesse com a amiga, rolaria algo bacana entre eles, mas tive um banho de agua fria com tudo aquilo que aconteceu, com ela acompanhada de outro homem, mas não vou a julgar, porque ninguém manda no coração e ela não quer magoar o Shaun.

Episódio muito bom, onde todos os personagens recorrentes cresceram comigo da forma de os vê-los, porque foi de forma maestral como tudo foi conduzido da melhor forma possível entre eles, mesmo a Lea fazendo aquilo com o Shaun, mas só do Glassman, depois de ter um dia incrível, querer finalmente continuar o tratamento, foi demais, fora todo o desenvolvimento de uma amizade feminina, só senti uma falta de interação entre todos até hoje, mas torço para que isso aconteça, fora que está fora do hospital foi bem bacana e diferente.

 Então é isso, um forte beijo e até mais.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Phelipe

Um cara Fitness, gosta de esportes e um escorpiano nato, apaixonado pela vida. Um "nerd" que curte balada e um baladeiro que curte coisas "nerds", porque a vida é muito curta para se apegar em coisas pequenas, logo pode observar que sou uma pessoa muito eclética em todos os sentidos da vida.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu