Posts Populares

The Handmaid’s Tale – S03E11 – Liars

EITA QUE BABADO FORTÍSSIMO FOI ESSE?

Gente, depois de muito prolongar, finalmente começou a tão esperada revolução. Talvez esse seja só o primeiro pontapé, provavelmente ainda acontecerá muita coisa, mas somente esse episódio já foi o suficiente para dar esperanças para mim, pois tivemos uma série de acontecimentos bem memoráveis e que com certeza afetarão e muito o andar da série. 

Vamos começar com o planejamento/resgate das 52 crianças que as Marthas de diversas residências concordaram em salvar. June está bolando esse ambicioso plano para conseguir resgatar essas crianças e leva-las para fora de Gillead, mas nem ela esperava que seriam tantas de uma vez só, o que acaba por dificultar as coisas. Claro que por conta disso ela precisá de ajuda, e a única pessoa que tem poder o suficiente para tal coisa é Joseph. O plano é muito ambicioso e perigoso, a tal ponto que fez com que os Lawrence fugissem de sua própria casa, ainda mais que eles estão com um alvo em suas costas após os acontecimentos do episódio anterior. Entretanto não demorou muito para Joseph voltar, já que sua consciência pesou e ele está cada vez mais propício a acabar com tudo aquilo que ele mesmo começou. Acho interessante ver a forma que June “persuade” ele, dizendo que o mesmo que foi o vilão, pode se tornar um herói, se ajuda-la a salvar essas 52 crianças. June também ganhou cada vez mais a confiança dos Lawrence, primeiro ajudando Eleanor em suas crises ao voltar para casa, e nesse episódio, quando a ela impediu Eleanor de atirar em seu marido devido a pressão e o medo de serem descobertos, que está cada vez mais próximo de acontecer. 

Então já pulando para a parte em que Joseph começa a ajudar June, ele a leva até um bar às escondidas para encontrar Billy, um rapaz que as Marthas disseram que poderá ajudar no audacioso plano. Foi incrível ver June nessa cena, com uma roupa linda, o cabelo solto, e toda poderosa, como se ela nem estivesse em Gillead, o que pelo menos para mim provocou um misto de sensações. Ela tentou negociar com Billy a ajuda dele, mas ele foi bem relutante, e não deu uma resposta certeira se ela irá mesmo ajudar, e nem a certeza de que se quer o plano dará certo, pelo contrário, as chances de tudo dar errado são claras e muito maiores. 

Mas as coisas não pararam por aí, porque George Winslow acaba por encontrar June nesse lugar, e a leva para um quarto ao que tudo indicava para estupra-la. June estava em um monólogo em que aparentemente ela se entregaria, já que ela já teve que passar por isso outras vezes, mas quando o ato está prestes a acontecer, June felizmente revida e acaba atacando o comandante. Uma luta intensa acontece, mas nossa querida June consegue escapar, ao pegar uma caneta e esfaquear Winslow, que depois acabou recebendo o golpe final na cabeça. Menos um… Eu realmente não estava esperando por isso, mas obviamente eu fiquei muito feliz que agora é um a menos haha. Achei também muito simbólico o fato das Marthas terem ajudado June a se livrar do corpo, em que elas o cremam de forma sorrateira, mostrando novamente que elas são invisíveis, e por isso conseguem fazer tudo isso. 

Por fim, como eu já ressaltei aqui, os Lawrence estão com um alvo em suas costas, então agora não tem como voltar atrás, sendo assim, Joseph entrega para June sua arma, pois agora o real confronto irá acontecer, e o único modo de Joseph e Eleanor conseguirem sobreviver é fugindo dali junto com todas as crianças que serão salvas. 

Encerrando os atos desse episódio, temos a incrível reviravolta que Serena nos entregou aqui. Claro que não vou passar pano para ela, já que ela nessa temporada foi bem “bipolar” e creio eu que nem sempre ela esteve com essa plano em sua mente. Mas temos que concordar que foi incrível o que ela fez, e graças a isso poderemos ter o início do fim de Gillead. Serena diz para Fred que conhece alguém que pode ajuda-los a conseguir recuperar Nicole, e essa pessoa é Tuello, aquele rapaz que Serena encontrou duas vezes no Canadá. Só aí já podemos perceber que há algo de errado, porque ele na verdade sempre quis ajudar Serena a sair de Gillead, e obviamente ele não iria ajuda-la em algo que envolva Gillead. Mas como Fred não sabe disso, ele acaba aceitando e parte para o plano dela. Eles se encontram em uma estrada, e seguem então para um caminho distante, quando surpreendentemente o carro para, Fred sai, e Tuello acaba revelando que eles estão em território Canadense, e sendo assim, acabam sendo presos pois um grande número de policiais acabam pegando ele e Serena. Concluímos então que Serena se entregou e denunciou parte dos crimes que Fred e ela cometeram, e a partir disso, os crimes de Gillead poderão ser acusados, o que poderá gerar a primeira crise no governo. Estou super ansioso para ver a reação do povo canadense, principalmente de Luke, Moira e Emily. Agora é aguardar quais serão as consequências disso, juntamente com o grande ato que está prestes a acontecer pelas mãos de June e dos Lawrence. 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Tem gente que diz que sou um amorzinho, eu digo que sou um trouxa. Viciado em maratonar séries e ficar na bad depois de assistir tudo em um dia. Amo muito música indie, quando quiser me chamar pra ouvir Florence já sabe onde procurar. Mineiro do interior que não puxa o 'r' quando fala, mas adora um pão de queijo.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries