Posts Populares

The Last Ship – S03E08 – Sea Change

Estadunidenses são uns hipócritas.

Cada episódio é um tiro, e sempre venho para TLS com esse pensamento, então qualquer coisa abaixo disso fico decepcionado, mas até então não havia ficado decepcionado, vamos ver se em mais uma review ficarei satisfeito.

O Suicídio do presidente norte-americano obviamente deixaria todos abalados com toda essa tour, pois o país mal se recuperou de muitos baques e já perde um presidente tentando reerguer o país, pois não aguentava toda essa pressão, Kara e sua assessora Alisson foram as que mais sentiram essa perda, sendo que até episódio passado achava que a sua assessora estava armando algo, mas creio que estava enganado. No USS Nathan James, não seria diferente e todos entram em luto pelo ocorrido, mas o Tom teve um jeito diferente de encarar esse luto, indo atrás dos chineses e seu presidente. Quando o passou o baque da perda do presidente, o USS Nathan James começou a trabalhar, com o Dr. Rios tentando organizar o laboratório para ajudar o Japão, e acaba achando algumas anotações da saudosa Drª. Scott.

427441

Quando o novo presidente chegou a St. Louis, previ que a história seria diferente e comecei a temer com o rumo, mas logo ele quis conversar com o Tom e Graças a Deus, ele autorizou a continuação da missão e meu coração ficou muito aliviado. O USS Nathan James começou os preparativos para ir até a cidade, povoado, ou seja, lá o que for de Shanzhai, mas logo foram surpreendidos que lá havia sido totalmente destruído, e deduzem que foi pelo presidente Chinês, mas tudo nessa temporada está muito com teoria da conspiração e não sabemos até onde isso pode ser confiável, ainda mais que seguem dicas de um pirata.

No solo americano, a Kara era só pressão de um presidente ainda meio que incógnita em algumas situações, pois a pressiona demais querendo o vídeo dos reféns vivos para provar os americanos que a missão foi um sucesso, só que o vídeo não estava sendo enviado, por problemas que nunca pensei que seriam técnicos, mas sim sabotagem mesmo. Na ilha de Yuma, uma equipe americana vai averiguar a situação e descobre que o serviço secreto chinês fez alguns reféns, e claro que eles armam um plano para salvar, em algum bem desafiador e novamente as cenas de ações ficaram melhores graças ao Wolf, que arrebentou um cara, literalmente, achei demais, mas pensei que o Burke iria morrer naquela cena, por um momento.

Depois da luta para salvar o Wu Ming e seus familiares, os americanos deviam descobri mais coisas, porém ele não ajudava muito e dizia muito as coisas soltas, porém a melhor dupla, leia-se Wof e Green, acabam descobrindo alguns bilhetes de loteria e que quando uma senhora começa a falar igual uma doida, eles desconfiam e descobre que se tratava de coordenadas de navios. No território americano as coisas não iam nada bem para a Kara, principalmente por ser militar e não poder dar conselhos em áreas sociais e econômicas, além do atual presidente indo no pensamento contra aos do ex-presidente, inclusive com a Alisson mudando seus pensamentos igual muda de roupa.

O Dr. Rios estava prosseguindo com sua pesquisa, mas claramente ele não é uma Scott e tudo é mais calmo e menos intenso, porém chega a dar uma esperança que ela esteja viva e escondida, pronta para aparecer no momento certo. Nossa gente, amei aquela tour toda em que eles localizam o barco que procuravam graças ao bilhete e um iate “simples” querendo fugir de um navio de guerra e com um helicóptero, mas obviamente que os americanos conseguiram adentrar no navio, e ao olhar não achou nada, mas o condutor acabou falando da cocaína e heroína, só que eles são bem espertos e viram um fundo falso na embarcação e acabaram descobrindo um míssil, e achei tão bacana. Mas ao analisarem o míssil dentro do USS Nathan James, eles percebem que não é algo para explodir, mas sim para espalhar um gás, onde acaba recaindo naquela velha história do bioterrorismo.

427204

O presidente chinês ficou mais revoltado que a garota da laje, só que ele mesmo assim quis continuar a missão e encontrar o Uss Nathan James, para acabar essa brincadeira. Nossa, o governo chinês para espalhar uma gripe mais forte pela Ásia foi incrivelmente inteligente, mesmo que maldosa, pois utilizar do atraso dos americanos para fazer uma doença mais forte é demais, mas já deu a deixa para os americanos saberem que se trata de um caso típico de bioterrorismo para ocasionar o genocídio.

419805

Nossa, esse episódio foi fraco em ação no geral, mas é aquele episódio extremamente importante para continuidade da série e para essa pequena pausa nos dar mais tensão. Quero saber se a Kara ficará muito tempo submissa assim. Quero saber como será essa guerra contra a china, pois vi um vídeo que me deixou mais chocado que tudo, não vejo a hora de continuar essa série.

Então é isso, um forte abraço e beijos.

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Phelipe

Um cara Fitness, gosta de esportes e um escorpiano nato, apaixonado pela vida. Um "nerd" que curte balada e um baladeiro que curte coisas "nerds", porque a vida é muito curta para se apegar em coisas pequenas, logo pode observar que sou uma pessoa muito eclética em todos os sentidos da vida.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries