Esse episódio de The Mentalist foi bem sonolento, parece que nos dois últimos episódios conseguiram dar uma guinada e nesse voltaram ao ritmo do início da temporada. 

Pra mim, tiveram 3 coisas que salvaram nesse episódio: Jane (como sempre), Abbott (ele sendo mais maléfico achei ótimo) e a cena do transporte da Lily (a testemunha principal do caso policial do episódio). Só, nem Jisbon salvou.

jornal-do-tedio-ja-que-a-criatividade-sumiu--620284,140220131614

Por esse episódio ter tido esse ritmo lento, não tem muito o que comentar, mas vamos lá.

Acompanhamos um caso de um cara que tinha assassinado um outro a pancadas e testemunhas viram. Dias antes do julgamento, um assassino começa a liquidar as testemunhas. Descobre-se depois que foi a família dele, os Bittakers, que contrataram o cara (Lydon) para acabar com a raça das testemunhas. Tudo isso arquitetado pela mamãe Bittaker, auxiliada pelos dois filhos.

1358893

A única cena que tirou meu fôlego foi a que a equipe está tentando tirar Lily do hotel sem ser morta e, ao mesmo tempo, estão procurando o assassino. Aquela cena sim foi de roer as unhas! Se o episódio tivesse sido nesse ritmo… Uau!

O destaque pra Abbott vai principalmente com dele querendo acabar com a família por ter matado tantos inocentes e pela cena final com a mãe Bittaker, esfregando na cara dela que eles foram muito mais espertos que ela. HAZO VIADO!

E, pra mim, o destaque principal vai pra Jane. Além de, como sempre, conseguir desatar os nós do caso, vemos um Patrick Jane preocupado com a segurança de sua amada Lisbon, principalmente depois que uma bala quase acerta ela. Ele fica muito mexido com a situação porque a Lily, que está sendo protegida, é casada e seu marido teme por sua vida e a vida da sua família (eles têm um bebê) e expõe todos esses medos pra equipe, fazendo Jane pensar. Com certeza deu pra notar ali a vontade de Jane de ter um futuro familiar com Lisbon e… Aiiin q coisa LINDAAAA meu Deus Rosto sorridente com olhos em forma de coração

tumblr_nik4710dEl1rkxs22o2_r1_500

Por conta disso, ele dá uma certa enganada nela durante a missão é tira ela da jogada. Claro que ela descobre e terminamos o episódio com uma crise Jisbon. So sad 🙁

Mas, sinceramente, fiquei com uma certa raivinha da Lisbon. Será que ela não entende que isso é uma demonstração de amor e cuidado? E que Jane só tava pensando no bem estar dela? E mais… Que isso significa que sem ela a vida dele não seria a mesma? Acho que ela foi super egoísta no fim desse episódio, mas vamos ver o que vai dar né?

Me entristece saber que só temos mais 4 episódios restantes (contando que o 7×09 foi ao ar essa semana) e não sei o que esperar do próximo, já que essa temporada tem tido seus altos e baixos. Sinceramente, espero que dê uma outra guinada e não pare mais.

Ah! E continuo sentindo falta de mais cenas românticas/íntimas de Jisbon. Só pra constar.

Gerson Elesbão
Gerson Elesbão

Nem tão complicado demais, mas nem tão simples assim: quebra-galho, colunista e seriador. Dificilmente atualiza o Banco de Séries, mas adora gongar as séries amadas pelo público. @gersonelesbao
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: