Posts Populares

The Voice AU – S07E04 – The Blind Auditions 04

Uma audição que pode mudar o #TheVoice para sempre!

Finalmente os refrescos! Durante toda a pré-season o #TheVoiceAU divulgou flashes de uma audição. Um jovem trazia diversos equipamentos eletrônicos, colocava um fone de ouvido e sua audição começava e instantaneamente os coaches viraram e quase se matavam para ficar com ele. Depois de tanta AUUEEE todos ficamos ATENTOS para esse momento e enfim ele chegou.

Hoje os coments ficam por minha conta e da rainha de BH que logo mais será rainha do Rio também Tati! Vamos conferir tudo que rolou!

[TEAM KELLY] Bella Paige – “Praying” by Kesha

Lindo: Que inicio mais poderoso, Bella foi crescendo a cada nota e colocando uma dramacidade e uma força em sua interpretação, senti real a mensagem da música. E ela continuou crescente, dentro do propósito, sem exageros e ainda mandou uma nota poderosa e longaaa que fez Delta se arrepiar. Achei lindoo, cantou TUDO Bella e acho que deu um close certíssimo indo com Kelly. Especial atenção ao fato da garota ter participado do The Voice Kids e ainda ter mandando super bem no Eurovision, ou seja já tem uma boa bagagem em realities.

TatiNão, gente, não! Essa música é incrível demais pra se gastar em uma blind. Eu sonho tanto com ela sendo cantada em um live show, com alguém só com um microfone e pedestal, me deixando toda arrepiada com essa letra linda! Mas tudo bem, como parece que isso não vai acontecer, a Bella veio, me deixou arrepiada da mesma forma, com menos de dois minutos. Gente, que coisa mais maravilhosa foi essa? Eu to apaixonada com Bella e com sua capacidade de ter passado a essência dessa música. Vocalmente e emocionalmente muito boa e eu só quero ouvir essa blind em loop. Uma das minhas favoritas até o momento.

 

 

[TEAM DELTA] Tim Karkowski – “Coming Home” by Sheppard

Lindo: Gente mas esse é o pacote completo neh? Bonito, charmoso e uma voz legal. Tim interagiu com o público e envolveu todos em sua vibe, se soltou e fez uma audição gostosinha. Curti bastante e adorei as partes mais suaves onde ele quase fazia uma falsete. Mas no geral foi bem linear e simples, com certeza não merecia as 3 cadeiras mas acho que merecia uma vaga no programa sim. E como os outros coaches fizeram questão de destacar Delta também tinha um act chamado Tim, gostosão com um vozeirão e ela levou ele pros lives, ou seja, Tim tem boas chances de ir longe só espero que seja com justiça.

Tati: Meu Deus! Banalizaram a virada de cadeira, mesmo, né? Não acredito que três coaches viraram para esse moço. Voz absolutamente comum, simpatia de uma porta e um jeito de cantar que me envolve tanto quanto uma palestra sobre empreendedorismo. Juro, que audição chata, Brasil! E a platéia gritando por ele nesse fogo infinito só me irritou mais. Pra mim foi tudo tão linear, mais do mesmo e sem energia nenhuma. Não me desceu, não!

  

 

 [TEAM JOE] Josh Richards – I’ll Be There” by Jackson 5

Lindo: Mas genteee pode entrar The Voice Kids! Josh chegou com uma interpretação tão real e cheia de melismas e personalidade. O garoto impactou a todos pelo seu pequeno tamanho e sua grande voz, estou impressionado amigos. Do meio pro fim ele teve algumas pequenas falhas técnicas, mas olha nada que vá prejudicar esse jovenzinho de 15 anos de ir longe nesse show. Amei meu projetinho de Jordan Smith (act do TVUS).

Tati: Me colocaram no The Voice Kids e não me falaram nada, foi? Eu to choquita com esse menino e devo confessar que abri o vídeo já predisposta a detestar, imaginando que seria uma criança que supostamente seria arrastada apenas por ser criança. Porém, Josh me mostrou o contrário. Apesar de sua voz pouco madura, ficou nítido, ao menos pra mim, que ele possui um grande talento e um potencial vocal muito bom. Foi tudo tão certinho e, de certa forma, tão “profissional”, que eu estou convencida de que Josh pode construir uma história nesse programa, mesmo tão novinho e imaturo. Está certo de que ele poderia participar de um The Voice kids, porém, já que ele abriram essa porta pra ele, espero que ele continue brilhando, pois ele tem muito potencial.

 

 

[TEAM GEORGE] Luke Antony – “Stole The Show” by Kygo feat. Pearson James

Lindo: EUUU AMOOOO ESSA MÚSICAAAAAAAA AAAAAAAAAH! QUE HINO! Segunda vez que alguém canta ela no TVAU. Confesso que no começo achei bem sem vida a versão de Luke, ele tirou um pouco do impacto nos primeiros versos, mas logo ficou claro que não é a dele, ele prefere algo mais suave e inserir uns falsetes, umas notas mais altas. No geral achei uma audição bem ok, não viraria as 4 cadeiras para ele não.

Tati: Minha músicaaaa! Quando vi que tinham cantando fiquei tão feliz, mas depois dessa blind não posso disfarçar meu descontentamento. Luke tem uma voz legal, um timbre interessante e tudo mais, mas ficou por aí. Achei a blind tão linear, daquelas que você fica esperando algo e nada acontece. E, mais uma vez, preciso dizer que estão banalizando as viradas de cadeiras, pois esse moço não merecia 4chair, ao meu ver. Porém, não acho injusto que ele esteja no programa e não me surpreenderia se ele arrasasse com a song choice correta, já que ele possui uma voz muito bonita.

 

 

[ELIMINADA] Amy Reeves – “Halo” by Beyoncé

Lindo: Uma das músicas mais lindas da Queen B <3. Amy começou bem nervosa e se manteve nervosa até o fim. Ela em alguns momentos acabou fugindo das notas mais altas usando um pouco de harmonização e em outros acabou gritando em outros. Amy mostrou que tem um lindo timbre mas ainda precisa conhecer mais sobre sua própria voz e sobre como usá-la, acredito que ao menos 1-2 cadeiras deveriam ter sido viradas, mas a decisão pesou ali para Kelly, se ela não virasse acho que os outros coaches não virariam.

Tati: Se eu tivesse de resumir a audição da Amy em uma palavra eu usaria “desespero”, pois, embora seja perceptível que ela saiba cantar, ficou claro que ela estava um pouco desesperada em mostrar a todo momento o que ela sabe fazer com a voz e isso me soou exagerado. Foram firulas demais e nem precisa disso tudo nessa música (saudades Jordan, rei). Enfim, os comentários de Kelly foram muito sensatos e espero que ela volte em outra oportunidade mais amadurecida.

 

[ELIMINADO] James Oxley – “Cold Water” by Major Lazer feat. Justin Bieber and MO

Lindo: OMG eu queria pegar ele no colo e consolar essa criança! James estava extremamente NERVOSO, fora do tom e sem controle. Não viraria a cadeira de jeito nenhum e achei correto ninguém virar, mas o mais lindo de tudo foi a forma que os coaches lidaram com ele. Afinal não é fácil, você ir ali em rede nacional e se arriscar, ainda mais quando se é jovem e se tem 17 anos, James sabia que não deu o seu melhor e ficou extremamente chateado com isso e a forma como Delta foi lá e pediu para ele cantar se acalmar foi lindo <3.

Tati: Essa temporada tem tanto 4chair, mas ao menos os mentores vem sendo bastante justos quanto com aqueles que saem dali sem virar alguma cadeira. Fiquei com medo deles terem gastado uma posição com James, pois ele demonstrou-se totalmente despreparado. Achei a performance muito bagunçada e, pra mim, ele precisa conhecer melhor sua própria voz, para utilizá-la de uma maneira mais inteligente e sem tentativas mal-sucedidas de aplicar tons mais graves na canção. Enfim, também não viraria pra ele.

 

 

[TEAM KELLY] Sam James – “When Doves Cry” by Prince

Lindo: C-H-O-C-A-D-O! Gente quando ele começou com aqueles nuances e aquela loucura toda eu fiquei que nem os coaches o que diabos tá acontecendo, que loucura é essa que ele está fazendo e ele me surpreendeu. Principalmente quando finalmente começou a cantar e soltar sua voz. Foi sensacional a forma como ele modulou a voz dele para causar todos aqueles efeitos, tornou a música totalmente sua. A proposta de Sam é similar a de diversos DJs do mundo, mas ao invés de fazer colaborações ele canta sozinho e consegue ser muito bom. A questão toda aqui é como vai ser a caminhada dele no show, como ele vai disputar uma batalha com alguém usando toda aquela mesa eletrônica? Como fica toda essa história? Não fazemos ideias e precisamos aguardar pra ver o desenrolar de tudo isso, mas achei ótimo até então. Só sei que nos lives esse menino chega e que Kelly Rowland tem a faca e o queijo na mão e pode vencer o show, resta saber se será com justiça.

Tati:  Eu fiquei uns dez minutos olhando para a tela do meu notebook pensando no que escrever sobre esse moço, gente! Pra falar a verdade, eu ainda não sei muito bem hahaha. Pois, isso foi tão esquisito e diferente de tudo que a gente já viu até aqui, que eu fico na dúvida se essa proposta cabe ao The Voice ou não. Também fico pensando se Sam sempre virá acompanhado por essa mesa de som ou se essa foi apenas uma maneira que ele encontrou pra deixar sua blind marcante. Enfim, dúvidas à parte, eu gosto de propostas ousadas e gostei da apresentação dele, apesar de ter sido diferente do habitual, a voz dele é boa e ele é bastante simpático. Porém, acredito que ele é uma incógnita nesse programa, ele pode surpreender e arrasar ou pode ser um candidato totalmente escorado em sua blind e ser algoz de candidatos melhores. Esperando cenas dos próximos capítulos.

  

Foco na comemoração de Kelly Rowland batendo punhos como se fosse a Mulher Maravilha.. AMEI! <3

 —— COMO OS TIMES FICARAM  ——

#TEAMBOY:  Sheldon Riley, Chang Po Ching, Rene Le Feuvre e Luke Anthony.

Sheldon Riley segue sendo o grande e talvez único nome desse time! Ele emocionou a todos com sua audição e segue sendo a melhor audição pra mim no show, mas acho que Luke tem boas chances nesse time junto com Rene por enquanto.

#TEAMDELTA: Mikayla Jade, Jacinta Gulisano, Ben Clark e Tim Karkoswki.

Infelizmente meu #TeamDelta é o mais fraco até aqui, ela tem a jovem e inexperiente Mikayla, o cantor lírico e mais experiente Ben, um bonitão que pode agradar em muito o público australiano Tim, mas comparando as outras equipes vejo esse time sem um grande nome ou alguém que vá dispertar o foco da Austrália e vejo cantores assim nas outras três equipes.

#TEAMJOE:  Aydan Calafiore, Homegrown e Jackson Parfitt, Pete McCredie, Sally Skelton e Josh Richards.

Se Joe Jonas tinha o melhor time até então acho que junto de Kelly Rowland ele mantém esse posto após hoje, a adição do jovem Josh foi perfeita e o massacre sendo formado, ele tem o trio Homegrown, a retornante Sally, o jovem Josh e ainda o maravilhoso do Aydan! Que SELEÇÃO MINHA GENTE!

#TEAMKELLY: Erin Whetters, Jake Nicholls, Somer Smith, Madi Krstenvi, Bella Paige e Sam Perry.

Kelly elevou o jogo a outro nível nessa noite! Ela tem agora simplesmente dois cantores que brilharam demais nas audições Bella e Sam. Acredito que ela vá levar esses dois longe na competição e olhando os outros acts de seu time destacaria também o Jake.

Sendo assim, encerramos a mais uma noite de audições do TVAU! Essa semana teremos 4 episódios, então fiquem ligados que teremos reviews na segunda, terça e quarta (no máximo quinta).

PARA BAIXAR O QUARTO EPISÓDIO, CLIQUE AQUI

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

A indie/gótica do @PanelaDeSéries! Paulista, canceriano, 27 anos de dores na coluna, faço Doutorado em Biotecnologia e vivendo pelo mundo. Me chama para beber @ e vamos falar de série, falar de Imagine Dragons e Lana Del Rey, falar de signos, falar de ciência e xingar os fascistas.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries