Posts Populares

The Voice AU – S07E08 – The Blind Auditions 08

Mais um episódio para surpreender o público! 

Gente de Deus, eu amo The Voice Austrália, mas já estou me cansando dessa fase de audições hahaha! Oitavo episódio e estamos só o pó da rabiola e já estou receosa de termos pouquíssimos live shows, como ocorreu na season passada. Está certo que, em tese, as horas totais de blind auditions se assemelham ao tempo de outros realities musicais, porém, o fato de termos programas separados cansa um pouco, viu?

Enfim, reclamações à parte, o programa segue me agradando muito. Hoje, tivemos mais um episódio sem grandes nomes ou daqueles artistas que você fala “aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah essa é a blind da minha vida”, porém, gostei dos nomes, das surpresas e da forma como a edição prossegue com o programa. Além disso, tivemos mais um capítulo da dupla maravilhosa #Kelta e pudemos ver essas duas deusas cantando “I’m Every Woman”:

Sem mais, hora de comentar cada apresentação. O Doug, meu amigo e leitor do site, irá comentar comigo mais uma vez. Então, bora lá?

[TEAM KELLY] Lacey Madison – “Wicked Game” by Chris Isaak

Tati: Preciso dizer que eu morro de nervosismo com essa edição do programa, com inúmeros segundos de silêncio antes de cada blind, fico realmente apreensiva quase quanto todo mundo que está ali. Quanto à Lacey, estou apaixonada pela energia dessa pequena “lady boss”e do tanto que ela é cativante. Ela também me ganhou pela voz, que é bem bonita, afinada e desperta na gente aquela vontade de fechar os olhos e só ouvi-la cantar. Eu achei que ela se perdeu um pouco em sua audição, mas talvez tenha sido pelo nervosismo, de qualquer forma contribuiu para que a audição não fosse tão grandiosa como poderia ser. De qualquer forma, estamos falando aqui de uma menina que pode se dar muito bem nesse programa. Uma pena ter ido para um time tão competitivo!

Doug: Eu tô apaixonado, sério, muito apaixonado por essa performance. Eu amo Wicked Game, e essa menina cantou ela de uma forma que me arrepiou. Seu timbre lindo, o instrumental escolhido, seu envolvimento com a música, tudo ali tornou essa blind uma das que mais amei nessa temporada. Eu tô estuprando o raplay aaaa. Eu amo quando o artista imprime sua essência na música e ela fez isso, fez de uma forma linda e cativante. Linda demais Lacey, vá longe e conquiste mais meu coração ❤

Luana: QUE PRINCESA, GENTE! Ai, eu amei Lacey demais! “Wicked Game” é um hinão e é difícil mandar mal com ela, realmente precisa que a pessoa seja MUITO ruim, porque a música permite que o vocalista explore bastante de sua voz e é tão introspectiva que deixa fácil ser “reconstruída” à personalidade e interpretação de quem está cantando. Eu curti a escolha de coach de Lacey também, Kelly tem um TIMÃO, mas realmente não há ninguém como ela lá e acho que ela pode sim ter espaço para brilhar bastante!

  

[ELIMINADO] Mason Hope “Bloodstone” by Guy Sebastian

Tati: Eu tenho certeza absoluta de que Mason almoçou antes de fazer sua audição e comeu daquelas feijoadas beeeeeeeeeeem gordas. Porque eu fico exatamente igual a ele quando faço isso: sem energia, preguiçosa e parecendo que estou carregando um caminhão nas costas. Olha, Bloodstone é uma boa escolha, viu? Mas precisa de uma excelente interpretação, o que não foi o caso. O menino cantou parecendo que estava com preguiça e, apesar da boa voz, não conseguiu convencer em nadinha. Meu filho, honra seu sobrenome e seja mais positivo aí, libera umas energias, porque pra cantar nesse desânimo, não dá, não.

Doug: COMO NINGUÉM VIROU PRA ESSE CARA? Cara, eu achei ele ótimo, adoro timbres como o dele e ele fez uma apresentação ótima. O cara foi super afinado, apresentou bem a música, estava um pouco nervoso, sim, mas nada que prejudicasse a performance ao meu ver. Acho que ele merecia sim ao mesmo uma cadeira e fiquei chateado que ninguém virou. Quero muito ver ele em outra Season.

Luana: Embora eu conseguisse ver no rosto de Mason que ele estava bastante tenso, seus vocais não demonstravam, e isso me deixou bem confusa do porquê dos coaches não terem virado. Claro que eles entendem muito mais de técnica vocal do que eu, talvez Mason realmente tenha cometido erros que pra mim tenham passado despercebidos. Ou talvez, ele simplesmente não tenha entregado tudo aquilo que eles estavam esperando da música, mal aproveitamento, talvez?! Não sei, o que sei mesmo é que eu teria virado, porque curti demais toda a performance e a textura vocal dele é muito bonita mesmo!

  

[TEAM DELTA] Nathan Blake “Jealous” by Nick Jonas

Tati: Ai, meu Deus, não sei por onde começar para falar dessa audição. Primeiro, vamos ao mais importante: Nathan não tem uma voz que eu ache “uau”, porém, ele faz uma coisa que acho importantíssima nesses casos: a utiliza com bastante inteligência. A escolha da música é um exemplo disso, que permitiu que Nathan utilizasse seus bons falsetes, o que me pareceu seu ponto mais forte. Foi uma blind decente e bem executada, sem muito o que criticar. Adorei também a maneira como os coaches receberam Nathan e a call que Joe fez para o brow pra convencer Nathan a escolhe-lo. #jogoubaixo.

Doug: Nossa, esse menino é muito bom. Ele soube escolher muito bem a música certa pra sua voz e assim deu um verdadeiro show. Ele cantou com aquela vibe que a música pede e confesso que fiquei esperando os falsetes pra ver se ele ia fazer bem e num é que ele fez? Sem contar sua presença de palco e vi um ar de artista nele. Acho que com as músicas certas ele pode ir muito longe.
PS: e que momento lindo o pedido de casamento que ele fez pro seu namorado, momentos como esse me fazer acreditar no amor, haha.

Luana: Gente, perto do fim (onde a Kelly virou) eu soltei um “uau” super alto aqui em casa e completamente involuntário, lol. Quando ele começou eu estava achando tudo até meio morno, bem ok. O primeiro falsete foi super fraco, o segundo melhorou, mas depois que ele “esquentou” tudo ficou simplesmente sensacional! O momento que a Kelly vira, é de fato, o ponto alto da apresentação e ele faz até mais do que eu poderia esperar na melhor das hipóteses. Realmente superou a versão original e tirou diamante de onde eu enxergar ser no máximo uma mina de esmeraldas, haha. Finalmente um act DE RESPEITO pra Delta, né gente. Agora sim vi luz no fim do túnel pra loirinha da Austrália.
PS: Que amooooooooooooor o pedido de casamento! ♥

  

Depois de cantar, Nathan fez uma surpresa para seu parceiro e o pediu em casamento. Já tivemos pedidos de casamento em outras ocasiões, mas é a primeira vez que isso acontece entre um casal homoafetivo e, pelo que eu vi, a audiência australina está lidando muito bem com isso (o que é mais do que uma obrigação, mas sabemos que se isso ocorresse em outras franquias, o programa estaria ganhando um hate infinito, né?).

[TEAM DELTA]  Aimee Hannan – “Help” by Beattles 

Tati: Eu não tenho dúvidas de que Aimee escolheu uma música que tivesse um significado muito grande na vida dela, isso ficou tão perceptível enquanto ela cantava, pois ela conseguiu passar toda emoção que sentia. Acho que seja esse o motivo que a fez demonstrar nervosismo enquanto cantava e deixado a respiração a atrapalhar um pouco. É compreensível, né? Pois acredito que ela estava assim muito mais pela conexão que ela tem com a música, do que pelo momento em si. Apesar de tudo isso, achei uma blind muito sensível e viraria minha cadeira.

Doug: Achei ela boa, bem afinada, um timbre mais suave e ainda lançou umas High notes que deram aquele enfeite na música. O que eu não gostei muito, foi a música que ela escolheu, não senti aquele bum, aquela oportunidade pra crescer, pra evoluir durante a performance. Acredito que com o trabalho certo ela pode crescer e ser lapidada pra apresentar performances emocionantes e que não fiquem naquela mesma linha.

Luana: Nossa, acho que não há dúvidas que a escolha da música significa muito pra Aimee, né. Eu realmente senti o que ela estava cantando e isso foi lindo demais. No entanto, por toda a performance ela ficava dando essas respiradas baforadas no microfone que me tiravam do momento demais. Ela mandou super bem, mas eu não consegui me imergir na apresentação como gostaria, apesar de saber que ela estava cantando com sua alma ali, eu não consegui entrar no seu universo e ficar 100% conectada a história que ela estava desenhando. Enfim, audição ali na média mesmo.

 

[COMBO ELIMINADOS] Erica Padilla – “One Last Time” by Ariana Grande | Phoenix Keating -“Back To Black” by Amy WineHouse | Steph Lambell – “We Found Love” by Rihanna

Não tem como julgar uma performance por 15 segundos, mas pelo pouco que eles mostraram, achei bem justo que eles não tenham virado.

[TEAM JOE] AP D’Antonio – “Mr. Tambourine Man” by Bob Dylan

Tati: Eu ainda não consigo explicar o quão estranha essa blind me soou e o quanto estou confusa. AP é dono de uma personalidade ímpar, você olha pra ele e imagina sua história, pois ele carrega isso consigo de uma forma bem transparente. Quando ele canta, então, essa impressão é elevada ao cubo. Essa música é incrível, porém, não sei se foi construída nessa blind da melhor maneira. Eu fiquei esperando a todo momento por algo maior e nada aconteceu, foi praticamente a mesma coisa do início ao fim. Por isso acho que, provavelmente, eu não viraria também.

Doug: Uma blind beeem morna. O cara tem até um timbre legal e combinou com a música, mas não apresentou nada que me chamasse atenção. Acho que ele é aquele tipo de candidato que pode ficar naquela mesmice trazendo performances chatas e sem sal. Espero que ele possa me surpreender no futuro, porque pelo que ele fez hoje eu não viraria, não.

Luana: Tá, né. Eu sei que Bob Dylan é assim mesmo, mas infelizmente, AP não tem a mesma star quality do artista original, e isso é um problema. Bob Dylan é um poeta e conta histórias como ninguém, e AP escolheu bem sua canção. Mas senti que faltava algo o tempo todo, todo mesmo. A gaita é um diferencial legal, mas também não veio a acrescentar muita coisa aqui. Enfim, eu não teria virado não.

 

[TEAM KELLY] Hannah Pearce – “Can’t Help Falling In Love” by Elvis Presley

Tati: Engraçado que Hannah tem um jeito de que cantaria essa música. Aliás, parece que essa é uma das escolhas preferidas das girls que possuem uma voz delicada hahaha. Eu entendo isso perfeitamente, já que se trata de uma canção tão suave. Foi uma ótima escolha para ela, sem dúvidas, mas infelizmente não consegui me conectar com Hannah. Digo, sua voz é linda e ela é uma gracinha, mas sabe quando você não consegue se empolgar com o artista? Espero, de verdade, que ela possa melhorar daqui pra frente.

Doug: Que blind mais fofa, que timbre mais fofo. Essa menina conseguiu me cativar, assim como a Kelly falou, eu achei lindo. Ela soube encaixar seu timbre com a música de uma forma bela, soube usar a voz de cabeça e ainda usar seu lindo vibrato dando aquele corpo a música. Eu gostei do início ao fim. Acho que ela merecia mais de uma cadeira, e queria ver ela indo com a Delta, pois acho que seria uma boa coach pra ela.

Luana: Que amorzinho! Se na Lacey eu tinha dito que a Kelly não tinha ninguém nessa linha, claramente Hannah apareceu para me desmentir, haha. Embora Lacey tenha me cativado muito mais, Hannah é um docinho! Ela não fez muito com a canção, mas foi muito delicada em suas escolhas. Eu achei extremamente adorável, e nessa temporada já tiveram tantos acts medianos virando mais cadeiras que mereciam, alguns até bem mediocres sendo 4-chairs, o que me faz pensar que Hannah merecia, no mínimo, umas 2 cadeiras, né?! Bem, melhor pra Kelly que consegue sem grandes esforços mais uma ótima artista pra sua equipe que já é tão maravilhosa! Pena para Delta e George, que não têm esse tipo de artista em suas equipes e estão BEM atrás de Joe e Kelly, no placar geral (ao meu gosto, obviamente).

Com essa última audição, chegamos ao fim do antepenúltimo episódio dessa fase e os times estão assim.

——  COMO OS TIMES FICARAM  ——

#TEAMBOY: Sheldon Riley, Chang Po Ching, Rene Le Feuvre, Luke Anthony, Chrislyn Hamilton, Leo Abisaab, Jackie Ramsay e Collin Lilli.

Team George procegue sem conseguir os nomes mais disputados, mas nem fico desesperada com isso. Acredito que ele possa fortalecer o time com steals ou ajudar os artistas que estão ali a evoluírem mais e mais. Sheldon e Collin continuam sendo meus favoritos.

#TEAMKELLY: Erin Whetters, Jake Nicholls, Somer Smith, Madi Krstenvi, Bella Paige, Sam Perry, Seanny Millar, Ricky Nifo, Brock Ashby, Lacey Madison e Hannah Pearce.

Kelly conseguiu um nome muito amorzinho hoje, além de Hannah que tem uma voz bem límpida e pura! Eu amei real Lacey, mas fico com certa dúvida se ela terá espaço em um time tão competitivo. Espero que sim, viu? Essa menina tem potencial e ganhou minha torcida, junto com Bella, claro!

#TEAMDELTA: Mikayla Jade, Jacinta Gulisano, Ben Clark, Tim Karkoswki, Oskar Proy, Tayla Thomas, Aunty Ora, Aja Elshaikh, Holly Summers e

Apesar de eu ter virado para os dois artista do Team Delta de hoje, certamente não considero esses artistas como os grandes nomes desse time, mas foram aquisições interessantes. Mika, Oskar e Aunty continuam sendo meus favoritos.

#TEAMJOE:  Aydan Calafiore, Homegrown, Jackson Parfitt, Pete McCredie, Sally Skelton, Josh Richards, Liv Bevan, Zoe Tsagalis, Anyerin Drury e

Felizmente Joe deu uma freada nesse time. Não vou suportar o massacre que vai ocorrer aqui. Hoje ele adquiriu o artista com a personalidade mais distinta em relação aos outros artistas de seu time e eu estou curiosa em saber como ele vai lidar com isso.

Por hoje é só, galerinha! Gostaram do episódio? Espero que tenham curtido, ao menos, a review hahaha! Vou me despedindo por hoje, mas lembrando que amanhã tem mais audições e vamos compartilhar tudo com vocês. 🙂 Até mais e obrigada pela companhia!

Para assistir e/ou baixar o episódio completoCLIQUE AQUI.

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Tatiane Silva

Sou uma Social Media e Community Manager que ama tanto o que faz, que acaba fazendo isso quase que o tempo todo. Eu moro na internet, por isso acrescento doses diárias de cultura inútil e memes que é pra eu não me entendiar. Amo realities musicais, gasto horas em grupos de discussão e sou viciada em coisas que me fazem dar boas risadas e esquecer da minha conta bancária negativada.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries