Posts Populares

The Voice AU – S08E04 – The Blinds, Part 4

Segunda semana de audições chegando com tudo!

Apesar de ter tido ótimos nomes como Chynna Taylor e Daniel Shaw, eu achei a semana de estreia um pouco morna. Mas como o TVAU não segue muito aquela linha de “mandar os melhores primeiro”, eu já tinha certeza que ainda teríamos mais jóias nessas próximas semanas! E olha, não me decepcionei, achei o episódio de hoje super sólido!

Sendo assim, hoje eu trago os paneleiros Lindomar e Erik para comentar o programa comigo! O TVAU sempre foi nosso xodózinho, mas ultimamente ele ficando cada vez mais próximo do nosso coração mesmo! Sem mais enrolação, vamos às performances!

[#TeamGeorge] Lee Harding – “Killing In The Name” by Rage Against The Machine

Avalie a performance:

Luana: TVAU, eu já lhe disse hoje o quanto eu te amo? Putz. É por esse tipo de coisa que eu considero a franquia australiana a melhor do The Voice, sem dúvidas! Lee chegou mostrando uma personalidade incrível e trazendo um gênero musical que terminantemente é esquecido em realities musicais, por não serem tão convencionais. Nem faz tanto meu estilo, mas eu adorei a ousadia do moço! E adorei ainda mais que ele decidiu ir com o George, que dupla inusitada! Atenta para ver o que eles irão nos entregar daqui em diante!

Lindo: Olha viados você pode revirar ai nas franquias mais famosas: TVUS, TVUK, TVBR e você não vai encontrar a diversidade musical que rola na versão australiana. Lee chegou com um clássico do Rage e trouxe junto aos poderosos vocais uma performance digna de um performer de Rock’n Roll. Eu adorei a energia envolvida na audição e a parte de como ele começa mais sólido e mostra um pouco dos seus vocais antes de mergulhar na rouquidão e ir a parte mais alta. Amei bater cabeça na sala da minha casa em plena 8 horas da matina. Sobre sua escolha não poderia ter sido mais adequada visto a bancada.

Erik: AAAAAA É DISSO QUE UM PROGRAMA DESSES PRECISA, BICHO! Você quer @TVUS? O cara veio com um rock daqueles de bater cabeça e fingir que tá tocando guitarra e a gente ama isso. (Pelo menos eu) adorei a atitude do moço e os vocais estavam ótimos, arrasou todo!

   

[#TeamGeorge] Oliver Cuthbert – “Firestone” by Kygo (ft. Conrad Sewell) 

Avalie a performance:

Luana: Aw, que fofo! Deu para perceber que Oliver era bem jovem e estava bem nervoso, se eu fechasse os olhos até acharia que era uma menina cantando, hein. Mas ele tem um timbre muito caloroso e agradável aos ouvidos. Achei a audição um pouco monótona e gostaria de ter visto mais dinâmica da parte do Oliver. Mesmo assim, acredito que ele tem tudo para evoluir na competição, pois esses acts mais jovens tendem à absorver com mais facilidade os conselhos que lhe são dados. Além disso, a emoção dele quando o George virou foi bem tocante, quase chorei junto, haha.

Lindo: Eu amo TANTOOO essa música que quando alguém canta eu já fico tentado a amar a pessoa. Oliver é jovem e fofo e tinha uma canção grande pela frente, percebam como nos refrão sua voz quebra um pouquinho devido ao seu timbre ser mais carregado e ainda está em formação. A coisa mais linda nessa audição foi o sorriso que ele abre quando Delta e George viram para ele. Ficou bem claro que ele não vai ir longe no show, mas é uma fofura ter momentos assim no programa.

Erik: AAAAAA que fofo! A música é bem bonita e ele conseguiu passar a emoção que deveria. Vocalmente o menino é bem básico, mas ele tem uma voz muito bonita e tem muito potencial, já estava nervoso porque ninguém virava kkkk adorei!

   

[ELIMINADA] Jemina Reina – “Let’s Hear It For The Boy” by Deniece Williams

Avalie a performance:

Luana: Bem karaokê, né gente. Jemina parece ser uma pessoa incrível e cheia de energia, daquelas que é super gostoso de estar por perto. Mas infelizmente eu não curti sua audição, soou bem karaokê do começo ao fim. A música em si não oferecia muita coisa, mas Jemina não conseguiu deixar sua marca ou sequer algo com personalidade diferente para convencer aos mentores. Uma pena, pois adorei ela como pessoa.

Lindo: Que pessoa mais amável e cheia de energia. Jemina chegou toda dona de si e mandou ver incluindo passinhos de dança. Foi lindo ver as filhas delas nos bastidores dançando feito loucas. Sobre os vocais nisso ela ficou devendo em muito, ocorreram algumas falhas e além disso o seu timbre acaba sendo bem comum.

Erik: Poxa kkkk adorei a vibe dessa moça, as crianças lá pulando e dançando tava muito legal também. Eu não achei ruim, eu acho que viraria, mas de fato foi algo sem gracinha e nada demais. Vocalmente foi ok também e é isso, compreendo não virarem pra ela. Pena.

[#TeamGuy] Jesse Teinaki – “Youngblood” by 5 Seconds of Summer

Avalie a performance:

Luana: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA MINHA MÚSICA, PORRA! Claramente, Jesse já começou apelando quando chegou todo lindinho com um timbre lindo cantando minha música. Houveram partes ali no refrão que não me agradaram muito, mas só pela maneira que ele entrou na canção, todo o estilo dele em si, e o timbre que entra nos ouvidos feito algodão doce: ícone merecedor! Eu vinha aguardando essa audição desde que um pedaço dela foi mostrando em um dos previews da temporada, e agora que ela chegou eu estou feliz demais! Jesse, você quer o mundo?

Lindo: Minha miga Luana deve ta surtando porque ela tava só esperando essa performance para surtar. E o surto tem certa razão já que Jesse mandou muito bem! Essa música tem muito espaço para erro variando entre algo mais calmo e simples para um refrão cheio de energia, rápido e forte. Jesse lidou bem com tudo isso, arrasou nos vocais e colocou a energia necessária para impressionar. AMEI que ele escolheu Guy porque o #TeamDelta já tem uns boy do pop e isso poderia complicar o seu caminho.

Erik: Putz meu deus que boy é esse jesus. Essa música é perfeita pra esses boy do pop mas recentemente só tá vindo chorume como resultado. Mas esse menino ARRASOU! Ele tem um timbre muito bonito e não desafinou em nenhum momento numa música bem difícil como essa. Arrasou todo, pisa mais que tá pouco .

 

[#TeamKelly] Kristie Mercer – “Nothing Breaks Like a Heart” by Mark Ronson (ft. Miley Cyrus)

Avalie a performance:

Luana: Primeiro, essa música é histórica, meu sonho de princesa ter potência vocal pra cantar isso, haha. O timbre da Miley é totalmente incomparável, mas Kristie conseguiu se manter num nível bem interessante durante toda a performance! A música tem nuances bem complexas, e todo o fraseado é bem complicado também, mas a moça aí não teve nenhuma dificuldade com nada disso, ela tirou de letra demais! Inclusive, achei 2 cadeiras MUITO POUCO para o que Kristie nos entregou. E olha, que bom que ela foi com a Kelly, porque além de ser minha mentora preferida e meu time do coração, eu já estava tensa de não ter nenhum favorito por lá ainda! Kristie, pisou em todos os sentidos!

Lindo: Eu AMEIII essa audição em um nível que vocês não estão compreendendo. Kristie tem uma voz poderosa, levemente rouca e sabe controlar muito bem seus vocais. Além disso tudo ficou bem evidente que a mulher sabe segurar a marimba e ela conseguiu se conectar com a letra da música e passar uma mensagem. Feliz demais por ver Kristie entrando no show e espero que ela vá muito longe, de longe até agora minha favorita no #TeamKelly.

Erik: ARRASOU TODAAAAA Minha favorita do dia até então! Que voz, hein menina? Essa música é bem boa e da pra fazer bastante coisa com ela e a moça aqui arrasou. Gostei do timbre e ela arrasa na presença de palco. Pisou!

   

[#TeamDelta] The Koi Boys – “Shake Your Body (Down to The Ground)” by The Jackson 5

Avalie a performance:

Luana: Ah, pronto. Eu gostei da audição, não vou nem mentir, mas AAA GOD WHY. Eu não gostava dessa breguice dos Koi Boys nem da primeira vez, qual seria a possibilidade d’eu querer ver isso de novo, meu Deus?! Ai olha, até agora Diana única all star boa e interessante de verdade. Enfim, não vou questionar a qualidade da audição, porque realmente foi ótima e mereceu suas 4 cadeiras por todo dinamismo e desenvoltura. Bom, dessa vez eles estão com a Delta, acho que é quase uma garantia de que irão longe. É isto.

Lindo: Olha nem chegaram e já estou exausta deles. Mentira, os meninos mandaram muito bem comparando com sua audição na quinta temporada. As harmonias e a dançinha combinaram muito com a energia da música escolhida e eu não tenho dúvidas que esses três vão estar nos lives seja via coach ou wildcard caso percam nas Batalhas. A Austrália pirou quando eles foram eliminados da outra vez então vamos ver como será a recepção deles dessa vez.

Erik: O All-Star do dia e esse o pessoal tava reclamando bastante que tinha voltado. Mas bicho eu amei HAHA, sou suspeito pra falar porque amo/sou grupos/trios e etc. Apesar de não suportar eles no The Voice, o AU é a franquia que é mais diversa então eu fico ok (tendo em vista último campeão, né) os três arrasaram na performance, na dancinha, nos vocais, foi ótimo!

   

[#TeamKelly] Denzel – “Akuma” (Original Song)

Avalie a performance:

Luana: Eminem, sente o cheiro, meu filho. Eu tô sem ar até agora, meu deus do céu. Totalmente fora da minha zona? Sim, mas eu definitivamente teria virado, porque o talento desse rapaz merece reconhecimento! Além de toda a dificuldade e coragem de pisar naquele palco para entregar uma performance de rap, Denzel ainda trouxe uma original! Ou seja, more power to him! Eu adorei tudo aqui e fico chocada como a Kelly é meu time do coração demais, tudo que é diferente/ousado ela abraça de coração aberto, e é disso que eu mais gosto! Nesse sentido ela me lembra tanto o meu #TeamAdam de sempre, foi por sempre querer estar fora da caixinha que eles me conquistaram. Que dia maravilhoso para ser #TeamKelly, meus amores!

Lindo: QUE HINO DO CARALHO FOI ESSA AUDIÇÃOOOO! Denzel filho você pisou com essa original com referencias até ao Pantera Negra e provou que fazer rap é poder cantar SIM. O cara não respirou um segundo e sei lá como isso é possível, eu simplesmente AMEI a energia que ele criou em torno de si e além disso foi muito corajoso em apresentar sua original aqui, correu um risco e vai colher os frutos por isso.

Erik: AAAAAAAAAAAA PISOU PORRA! Que menino diferente, bicho. O cara meteu um rap e é uma música original ainda, arrasou só nesse ponto aí. Outra que o cara tem uma voz bonita e mantém a marimba de cantar rápido pra caramba disso sem perder a respiração. Eu amei a audição demais e já é um dos meus favoritos na competição!

   

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Que episódio, hein amigos? Eu adorei todas as escolhas frescas e apresentações inusitadas que tivemos hoje! Foi super revigorante de assistir isso tudo! E além do mais, que grande recuperada de fôlego do #TeamKelly, eu tô feliz demais! Bom, as audições ainda continuam amanhã e terça, então fiquem ligados! Mas antes, dá uma olhadinha em como estão as equipes:

#TeamDelta: Luke Zancanaro, Daniel Shaw, Natasha Stuart, Zack Fawor, The Koi Boys*.

Delta tem uma boa equipe, com nomes que podem vir a serem bem populares com a Austrália, ela sempre consegue essa gente nas audições, é incrível! Até aqui, eu diria que Natasha foi a melhor audição de sua equipe, mas Daniel (apesar de toda controvérsia com George) vira logo atrás! The Boi Boys também terão bastante força com o público, se ela investir neles. Já Luke e Zack vejo com menos chances, por serem mais “comuns”. No fim, é uma equipe bastante promissora e que sempre conquista grande simpatia do público.

#TeamGeorge: Diana Rouvas*, Dezi K, Sellma Soul, Madi K*, Lee Harding, Oliver Cuthbert.

O grande nome do time, e um dos maiores nomes da temporada até então, definitivamente é a Diana! Grande favorita ao título, George tem outro em mãos! Bom, só basta não fazer o mesmo que fez com a Madison na temporada passada, né. Eu adoro o George, mas como mentor não confio nem 5%, essa é a verdade. O resto do time não é tão brilhante, mas ele tem peças bem interessantes, como a drag queen Sellma e o roqueiro heavy metal Lee! O resto da equipe já é mais jovem e precisa ainda mostrar evolução, na minha opinião.

#TeamGuy: Tannah Zancanaro, Chynna Taylor, Lara Dabbagh, Akina Maria, Jesse Teinaki.

Eu acho que essa é minha equipe favorita até aqui, e grande parte disso se deve à presença da Chynna, que em minha opinião, segue sendo minha audição preferida da temporada! Além disso, Guy tem diamantes brutos com muito potencial, como Lara e Tannah. Akina também tem muito à oferecer, por ser uma performer mais experiente, talvez ela possa nos surpreender. E por fim, Jesse, que é um neném e totalmente meu tipo de act! Novato, por favor não faça merda daqui pra frente!

#TeamKelly: Zeek Power, Prinnie Stenvens*, Amanuel Visser, Dakota Striplin, Mack Moses, Kristie Mercer, Denzel.

Até ontem, o #TeamKelly era o que eu menos gostava, apesar de ser o mais povoado, haha. Kelly teve um início meio duro e acabou levando artistas bem comuns, tirando o Zeek que foi sua maior joia da semana de estreia. Mas hoje Kelly garantiu mais dois bons nomes! Kristie, para mim, é o destaque da equipe e quase chega junto da Chynna no meu ranking de audições até aqui. No entanto, Kelly excedeu as expectativas com o Sam na temporada passada e foi campeã, será que ela consegue fazer o mesmo com o rapper Denzel? Bom, no mínimo, eu sei que ela vai tentar nos entregar mais um trabalho super sólido, afinal… Melhor coach do TVAU faz assim.

*artistas retornantes “all stars”

Bom, amanhã voltamos com mais TVAU! Até lá!

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR/ASSISTIR O EPISÓDIO COMPLETO

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luana Medeiros

Imagine só que um dia me foi perguntado quem eu era, e juro, até hoje não sei responder. Mas os fatos são: tenho 21 anos; sou de escorpião; amo meu cachorro e meu gato mais que tudo; estudo Rádio/TV/Internet, ouço Maroon 5; piro no Adam Levine; consigo colocar os pés atrás da cabeça; e - contraditoriamente - por fim, nasci de 7 meses.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu